Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

Quem Foi Melhor No Debate?

Quem se saiu melhor no debate da SBT?

Na batalha contra o voto útil, Simone se saiu melhor que Ciro.

Quem foi o melhor no debate de ontem?

Segundo o instituto, a candidata Simone Tebet (MDB) foi a melhor avaliada.

Quanto o Lula foi eleito?

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o novo presidente da República. Ele venceu o atual presidente, Jair Messias Bolsonaro (PL), que pleiteava a reeleição no segundo turno das Eleições Gerais de 2022. Às 19h56 deste domingo (30), com 98,91% das urnas apuradas, Lula foi considerado eleito após receber 59.563.912 votos (50,83% dos votos válidos), contra 57.675.427 votos (49,17% dos votos válidos) de Bolsonaro.

  • O número de votos válidos, até aquele horário, foi de 117.305.567.
  • Foram registrados 1.751.415 votos brancos (1,43%) e 3.889.466 votos nulos (3,16%).
  • A abstenção chegou a 20,90%.
  • Perfil Luiz Inácio Lula da Silva, 77 anos, é natural de Garanhuns (PE) e concorreu pela coligação Brasil da Esperança (formada por FE Brasil (PT/PCdoB/PV)/Solidariedade/Federação PSOL-Rede/PSB/Agir/Avante/Pros).

Presidente da República entre 2003 e 2010, ele é casado com Rosângela Silva, Janja, e tem como vice-presidente o médico e ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin. DV, RS/LC, DM

Porque o Lula não foi para o debate?

Os candidatos à Presidência receberam convites para participar de ao menos cinco debates durante o segundo turno das eleições. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) tiveram o primeiro encontro no domingo (16), na TV Band. Leia mais: O próximo debate está previsto para esta sexta-feira (21), em consórcio promovido pelo jornal “O Estado de S.

Paulo”, as emissoras SBT, CNN, a revista “Veja”, o portal “Terra” e as rádios Nova Brasil e Eldorado. Lula, no entanto, alegou incompatibilidade de agendas para justificar sua ausência. Com a desistência, a organização do debate informou que fará uma entrevista com Bolsonaro, que confirmou presença. Há previsão que Lula cumpra, na sexta-feira e no sábado, agenda de campanha em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do país e onde Lula ganhou no primeiro turno, mas também onde Bolsonaro encontrou palanque com o apoio do governador Romeu Zema (Novo),

O vice dele, Paulo Brant (PSDB), declarou voto em Lula. Na largada do segundo turno, Lula já havia dito que pretendia participar de “um ou dois debates”, Disse que sua prioridade é viajar pelo país e fazer comícios em busca de votos. Estão previstos debates promovidos pela TV Record e pela TV Globo. Quem Foi Melhor No Debate Moraes puxa o freio

Quem foi melhor no debate da Globo para presidente?

Lula ou Bolsonaro, quem ganhou o debate da TV Globo? Colunistas do GLOBO analisam O último debate entre o ex-presidente Luiz Inácio da Silva (PT) e o presidente (PL), realizado pela TV Globo nesta sexta-feira, foi marcado por e corrupção, além de trocas de ataques e acusações.

Porém, quem ganhou e quem perdeu o debate? O confronto teve um vencedor claro? Segundo os colunistas do GLOBO, Lula teve um desempenho geral melhor do que o adversário. De acordo com os analistas, Bolsonaro não conseguiu reverter o debate, visto como uma das últimas chances de encostar no candidato do PT que lidera as pesquisas, a seu favor,

“Avaliação final: sacolejo da Band fez Lula ir treinar para o debate. Dominou o formato e melhorou no conteúdo. Já Bolsonaro demonstrou a perplexidade com a semana horrível. Não encaixou nada, demonstrou desespero. E fez um corte de cabelo que reforça estigma”. Quem Foi Melhor No Debate Quem Foi Melhor No Debate 1 de 11 Debate presidencial na Globo. — Foto: Reprodução Quem Foi Melhor No Debate 2 de 11 No segundo bloco, candidatos debatem temas escolhidos por eles. — Foto: Reprodução X de 11 Publicidade 11 fotos Quem Foi Melhor No Debate 3 de 11 Debate presidencial na TV Globo. Bolsonaro e Lula se enfrentam antes da eleição no domingo. — Foto: Reprodução Quem Foi Melhor No Debate 4 de 11 Bolsonaro durante debate na Globo — Foto: Reprodução X de 11 Publicidade Quem Foi Melhor No Debate 5 de 11 Os candidatos Bolsonaro (PL) e Lula (PT) posicionados antes do início do debate nos estúdios da TV Globo. — Foto: Alexandre Cassiano Quem Foi Melhor No Debate 6 de 11 Os candidatos Bolsonaro e Lula confrontam ideais para o Brasil em debate na Globo — Foto: Reprodução X de 11 Publicidade Quem Foi Melhor No Debate 7 de 11 O candidato Lula (PT) durante debate presidencial promovido pela TV Globo — Foto: Alexandre Cassiano 8 de 11 Bolsonaro acompanhado de assessores, entre eles o ex-juiz Sergio Moro. — Foto: Alexandre Cassiano X de 11 Publicidade 9 de 11 Lula e sua equipe durante debate.

— Foto: Alexandre Cassiano 10 de 11 O ex-presidente Lula chega aos estúdios Globo acompanhado da esposa, Janja, para o último debate presidencial. — Foto: João Miguel Jr / Globo X de 11 Publicidade 11 de 11 O presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro, chega aos estúdios da TV Globo no Rio para participar do debate presidencial.

— Foto: Stephanie Rodrigues/g1 Candidatos à Presidência têm último encontro para confrontar propostas para o país antes da eleição “Lula mostra conhecimento sobre o tema ao dizer que não se trata apenas de meio ambiente, mas de questão climática. Lula, no entanto, não conseguiu encurralar Bolsonaro com as decisões do governo para desmontar o sistema de fiscalização da Amazônia”.

“Bolsonaro entrou no debate como um Felipe Mello, mais preocupado em gerar confusão do que jogar bola”. “Lula pautou as principais questões, não mostrou nervosismo e foi para o ataque. Bolsonaro falou o de sempre, para a bolha. Os dois falharam em apresentar propostas. No balanço, Lula se saiu melhor “.

: Lula ou Bolsonaro, quem ganhou o debate da TV Globo? Colunistas do GLOBO analisam

Quem é o mais novo contratado do SBT?

Cleber Machado é o novo integrante do time de narradores do SBT.

Vai ser o debate hoje?

Debate na Globo: veja horário, como assistir e as principais regras para Lula e Bolsonaro A promove nesta sexta-feira, às 21h30, o antes da votação do segundo turno, que acontece dois dias depois, no domingo. O encontro, que terá a mediação do jornalista, será realizado nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.

Qual foi o presidente mais votado da história do mundo?

Lula é o presidente mais votado da história da humanidade Ex-presidente acumula mais de 193,6 milhões de votos se considerado apenas primeiros turnos para efeito de comparação com as eleições de outros países Eleito pela terceira vez presidente do Brasil, o ex-metalúrgico Luiz Inácio Lula da Silva é o presidente mais votado da história do mundo.

See also:  Quem Saiu Do Power Couple?

O segundo a figurar no ranking é o presidente russo com 191,3 milhões de votos em quatro eleições, de 2000 a 2018.Em terceiro está o ex-presidente norte-americano Barack Obama, eleito em 2008 e reeleito em 2012, com o total de 135,4 milhões de votos. Marcas históricas

Se levado em conta os segundos turnos das eleições presidenciais no Brasil, a votação de Lula chega à impressionante marca histórica de 396 milhões de votos. E isso apenas nas eleições para presidente da República. Em 1986, Lula entrou para a história do Brasil e das urnas quando foi eleito o deputado constituinte mais votado do país, com mais de 651 mil votos.

Quantos dedos o Lula perdeu?

Como Lula perdeu o dedo? Presidente eleito contou história em entrevista Eleito para seu terceiro mandato como presidente do Brasil, Lula perdeu o dedo mindinho trabalhando como torneiro mecânico quando tinha 19 anos. A mão com apenas quatro dedos, da qual sentiu vergonha por um período, tornou-se um de seus principais símbolos.

Como Lula saiu do governo?

Um operário que permaneceu dois mandatos à frente do governo do país. Esse fato inédito marca um período da história do Brasil como nunca se tinha visto antes. Alavancado pelo momento econômico mundial que, apesar da crise, impulsionou as economias emergentes, a Era Lula termina com a posse de sua sucessora política e com um índice recorde de aprovação de seu governo: 83,4%.

  • Mesmo que para os especialistas e a oposição, as conquistas do governo pudessem ser muito maiores, Lula passa para a história como um fenômeno de carisma e de popularidade.
  • Uma lista com as obras e realizações do Governo Lula, registrada em cartório.
  • Idéia do presidente, os seis volumes foram assinados por integrantes do governo nesta cerimônia.

Em oito anos, mais altos do que baixos no caminho de Lula: da posse em 2002, depois de perder três vezes na eleição para presidente, Lula passou pela crise política do mensalão em 2005 e pelo apagão aéreo em 2006, mas mesmo assim se reelegeu no mesmo ano.

  • Em 2007, usa o apoio político e a popularidade para lançar o PAC, o Programa de Aceleração do Crescimento, que até hoje tem problemas de execução.
  • E enfrenta a crise econômica mundial, da qual o Brasil saiu com perdas bem menores que os países desenvolvidos.
  • Em 2010, elege sua sucessora, Dilma Rousseff, e atinge índices absolutos de apoio popular.

O carisma reconhecido até por quem faz oposição a ele. Os programas sociais foram a bandeira da Era Lula. A transferência de renda para brasileiros em extrema miséria tirou milhões de pessoas da pobreza e fez surgir uma nova classe média. Mas a busca por apoio político para os projetos do governo foi alvo de críticas.

Os escândalos políticos mancharam a trajetória do PT, partido de esquerda que teve em Lula seu maior líder. As denúncias de caixa dois nas campanhas e de um esquema de compra de apoio político, o mensalão, derrubaram o chefe da Casa Civil. Outras denúncias surgiram e fizeram cair ministros. Mesmo assim, Lula passa para a história com um presidente que conseguiu se descolar dos escândalos e manter altos índices de popularidade.

No plano internacional, o Brasil da Era Lula ocupou posição de destaque inédita. Mas a política externa viveu momentos críticos no caso Zelaya, em Honduras, e no apoio ao programa nuclear do Irã. Já no Congresso Nacional, houve grandes embates sobre o marco regulatório do pré-sal, a aprovação da lei ficha limpa e do cadastro positivo para alavancar o crédito pessoal.

Qual é a data de aniversário do Lula?

Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva Foto oficial em 2023
39.º Presidente do Brasil
Período 1.º de janeiro de 2023 até a atualidade
Vice-presidente Geraldo Alckmin
Antecessor(a) Jair Bolsonaro
35.º Presidente do Brasil
Período 1.º de janeiro de 2003 a 1.º de janeiro de 2011
Vice-presidente José Alencar
Antecessor(a) Fernando Henrique Cardoso
Sucessor(a) Dilma Rousseff
Ministro-chefe da Casa Civil do Brasil
Período 17 de março de 2016 a 18 de março de 2016
Presidente Dilma Rousseff
Antecessor(a) Jaques Wagner
Sucessor(a) Eva Chiavon (interina)
Presidente do Partido dos Trabalhadores
Período 15 de julho de 1990 a 24 de janeiro de 1994
Antecessor(a) Luiz Gushiken
Sucessor(a) Rui Falcão
Período 9 de agosto de 1980 a 17 de janeiro de 1988
Antecessor(a) cargo criado
Sucessor(a) Olívio Dutra
Deputado Federal por São Paulo
Período 27 de março de 1989 a 1.º de fevereiro de 1991
Período 1.º de fevereiro de 1987 a 25 de fevereiro de 1989
Dados pessoais
Nascimento 27 de outubro de 1945 (78 anos) Garanhuns, Pernambuco, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Eurídice Ferreira de Melo Pai: Aristides Inácio da Silva
Prêmio(s) ver lista
Cônjuge Maria de Lourdes ( c.1969; v.1971) Marisa Letícia ( c.1974; v.2017) Rosângela Silva ( c.2022)
Filhos(as) Marcos Cláudio ( n.1971) Lurian da Silva ( n.1974) Fábio Luís ( n.1975) Sandro Luís ( n.1979) Luís Cláudio ( n.1985)
Partido PT (1980–presente)
Profissão
  • metalúrgico
  • sindicalista
Residência Palácio da Alvorada
Assinatura
Website lula,com,br

Luiz Inácio Lula da Silva, nascido Luiz Inácio da Silva ( Garanhuns, 27 de outubro de 1945 ), mais conhecido como Lula, é um ex-metalúrgico, ex-sindicalista e político brasileiro, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). É o 39.º presidente do Brasil desde 2023, além de ter sido o 35.º presidente da República entre 2003 e 2011.

  • De origem pobre, migrou ainda criança de Pernambuco para São Paulo com sua família.
  • Foi metalúrgico e sindicalista, época em que recebeu a alcunha “Lula”, forma hipocorística de “Luís”.
  • Durante a ditadura militar, liderou grandes greves de operários no ABC Paulista e ajudou a fundar o PT em 1980, durante o processo de abertura política,

Lula foi uma das principais lideranças do movimento Diretas Já, no período da redemocratização, quando iniciou sua carreira política. Elegeu-se em 1986 deputado federal pelo estado de São Paulo com votação recorde. Em 1989 concorreu pela primeira vez à presidência da República, perdendo no segundo turno para Fernando Collor de Mello,

Foi candidato a presidente por outras duas vezes, em 1994 e em 1998, perdendo ambas as eleições no primeiro turno para Fernando Henrique Cardoso, Venceu a eleição presidencial de 2002, derrotando José Serra no segundo turno. Na eleição de 2006, foi reeleito ao superar Geraldo Alckmin no segundo turno.

O governo Lula teve como marco a consolidação de programas sociais como o Bolsa Família e o Fome Zero, ambos reconhecidos pela Organização das Nações Unidas como iniciativas que possibilitaram a saída do país do mapa da fome. Durante seus dois mandatos, empreendeu reformas e mudanças radicais que produziram transformações sociais e econômicas no Brasil, que acumulou substanciais reservas internacionais, triplicou seu PIB per capita e alcançou o grau de investimento,

  • Os índices de pobreza, desigualdade, analfabetismo, desemprego, mortalidade infantil e trabalho infantil caíram significativamente, enquanto o salário mínimo e a renda média do trabalhador tiveram ganhos reais e o acesso à escola, à universidade e ao atendimento de saúde se expandiram.
  • Na política externa, desempenhou um papel de destaque, incluindo atividades relacionadas ao programa nuclear do Irã, ao aquecimento global, ao Mercosul e aos BRICS,
See also:  Depois De Aprovado O EmprStimo AuxíLio Brasil Quanto Tempo Para Receber?

Lula foi considerado um dos políticos mais populares da história do Brasil e, enquanto presidente, foi um dos mais populares do mundo. Foi sucedido no cargo pela chefe da Casa Civil no seu governo, Dilma Rousseff, eleita em 2010 e reeleita em 2014, Após a presidência, Lula manteve-se ativo no cenário político e passou a ministrar palestras no Brasil e no exterior.

  1. Candidatou-se à presidência nas eleições de 2018, mas teve indeferida a sua candidatura por ter sido condenado à prisão no âmbito da Operação Lava Jato, em um julgamento controverso.
  2. Em 2019, foi libertado com base em decisão do Supremo Tribunal Federal, que anulou paulatinamente suas condenações.

Com seus direitos políticos restituídos, candidatou-se à presidência pela sexta vez nas eleições de 2022 e, ao vencer Jair Bolsonaro, tornou-se a primeira pessoa a derrotar um presidente brasileiro candidato à reeleição.

Quem foi a nocaute no último debate entre Lula e Bolsonaro?

Esperteza, quando é muita, engole o dono, repetia inúmeras vezes Tancredo Neves, A frase resume bem o debate da Rede Globo, que colocou frente a frente Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva a poucas horas da eleição mais violenta desde a redemocratização.

  • Quando o líder da extrema-direita escolhe perguntar sobre “respeito à Constituição” e o petista resolve mudar o tema para “legalização do aborto” é porque a esperteza engoliu os donos.
  • No caso, os dois.
  • Mas isso foi depois, quando o primeiro e mais importante bloco já havia passado.
  • Nele, Bolsonaro chamou Lula de mentiroso, ou insinuou que ele estava mentindo, mais de 20 vezes.

Foi o momento em que o atual presidente confirmou a informação dada pela coluna mais cedo, de que a provocação daria o tom do debate – que mais parecia luta de boxe, com um dos dois indo a knockdown, Continua após a publicidade Jair Bolsonaro começou tentando desmentir que não vai achatar o salário mínimo e a aposentadoria dos idosos, enquanto Lula começou agradecendo a Deus, as mulheres e o povo negro, além de exaltar a democracia.

Tentou – no desespero – anunciar um aumento no salário mínimo que não é factível, por não estar previsto no orçamento do ano que vem. Mas o embate ficou mesmo em torno do eleitor que ganha até dois salários mínimos. Nisso Lula sabe e tem mais o que falar e, por isso, levou o debate para o Bolsa Família, a memória dos brasileiros que tanto aprovaram seu governo.

Bolsonaro, por outro lado, perdeu as estribeiras e disse logo uma mega teoria conspiratória, que só fala à sua bolha bolsonarista mais radical: a de que o sistema está todo contra ele. Continua após a publicidade Lula ainda conseguiu se esquivar quando tratou de política externa, na qual o petista deita e rola.

  • Foram os três minutos fatais nos quais o ex-presidente mostrou-se presidenciável e ainda conseguiu um direito de resposta, com o “coup de grâce” (golpe de misericórdia) de William Bonner que, citado por Bolsonaro, inocentou Lula, de novo, de qualquer condenação por corrupção.
  • BANDIDO E PISTOLEIRO A briga era tão feia que, enquanto Bolsonaro chamava Lula de bandido – e perguntava onde estavam Palocci e José Dirceu -, Lula lembrava do caso que parou o Brasil e atingiu em cheio a campanha do atual presidente nesta semana – a do pistoleiro delinquente Roberto Jefferson, que deu tiros e jogou granadas contra a Polícia Federal,

Continua após a publicidade Bolsonaro, chamando Lula de Luiz Inácio, pedia para ele ficar perto porque queria exorcizá-lo. O petista afirmava: “não quero ficar perto de você”! Era a deixa que o petista precisava para dizer que Bolsonaro isolou tanto o Brasil no exterior – o que é uma verdade absoluta – que nós estamos piores que Cuba.

Que diferença de 2018 – quando o “medo do comunismo” venceu a eleição -, não é mesmo? Bem, tinham se passado 67 minutos em que os dois candidatos estavam debatendo quando Lula tirou da cartola um dos seus golpes mais fortes: a compra milionária de Viagra pelas forças armadas. “Essa eu quero ver você responder, explica, explica”, disse Lula a Bolsonaro que, desnorteado, dizia: “já expliquei, já expliquei”, dizendo que o remédio era usado para tratamento de próstata.

“E só as Forças Armadas usam? Por que não distribui para o povo?”, completou o ex-presidente. Continua após a publicidade Outro momento ruim para o atual presidente foi quando Lula o levou o debate para o tema pandemia. Pressionado pela desumanidade que revelou ao mundo, mas aparentemente não a parte do povo brasileiro que o apóia, o líder da extrema-direita pegou um papel e começou a ler sem parar para poder tentar explicar o inexplicável.

  1. GOLPE BAIXO Bolsonaro deu golpe abaixo da linha de cintura ao dizer que Lula foi encontrar os “chefões do narcotráfico” no complexo do alemão e Lula, ao ressuscitar uma fala do atual presidente – de aproximadamente 30 anos atrás – sobre aborto.
  2. Desceu ao nível de Bolsonaro e a um terreno ardiloso, que é a ridícula pauta de costumes que o presidente impõe ao país há anos enquanto temos 30 milhões de miseráveis passando fome.

Continua após a publicidade No mais, é aquela velha frase de Tancredo que lembrei no início da coluna, caro leitor. Sobre esperteza demais engolir o dono: é impressionante que Bolsonaro consiga ter a coragem de escolher o tema “respeito à constituição” após quatro anos pisando em nossa carta magna (é ou não é?).

E ainda mentir descaradamente sobre o desmatamento que assolou a Amazônia entre 2019 e 2022, no seu governo. Por justiça divina, Bolsonaro acabou cometendo a grande gafe do debate: pediu um novo mandato de deputado quando fazia suas considerações finais para a busca da reeleição à presidência. Reeleição essa que está ainda mais comprometida após o nocaute de hoje.

Verá de casa Lula ser presidente nos próximos quatro anos. Isso, se as pesquisas estiverem certas, o que cada vez mais parecem estar. PS – Como adiantado pela coluna, Lula veio preparado para evitar as muitas provocações. E evitou, evitou, evitou

See also:  Quanto Custa Uma Viagem Para Maldivas?

O que o Lula já fez de bom pelo Brasil?

Lula anuncia volta do Bolsa Família com valor de R$ 600 (Foto: Ricardo Stuckert) O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) completa 100 dias nesta segunda-feira (10) tendo como marca a retomada de programas sociais, tal qual nas últimas gestões petistas.

  1. Porém, desta vez, não houve o anúncio de uma nova política pública com grande impacto social.
  2. Entre os programas reciclados estão Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Mais Médicos,
  3. Todos têm apenas incrementos em relação às versões anteriores.
  4. O Bolsa Família, por exemplo, pagava, em média, R$ 187 em 2021.

Atualmente, o benefício é de R$ 600. A retomada de políticas públicas, no entanto, não foi suficiente para preencher as expectativas da população, mostra o Datafolha, Segundo a pesquisa, a maioria dos brasileiros (51%) considera que o governo fez menos que o esperado nesses três meses.

O que mais tem pesado contra Lula é a situação econômica do país, na qual 15% da população considera que é a pior área de atuação do governo. Na sequência, aparecem saúde e segurança pública, com 12% cada, ainda segundo a mesma pesquisa. Os 100 dias do terceiro mandato de Lula também é marcado por uma popularidade inferior às outras duas passagens do presidente pelo Palácio do Planalto,

Segundo o Datafolha, 38% da população avalia o governo Lula como bom ou ótimo, enquanto 29% consideram ruim ou péssimo e 30%, regular. No mesmo período de 2003, ele era aprovado por 43%. Em 2007, a marca foi de 48%.

O que o Lula fez de melhor pro Brasil?

Por meio de políticas de distribuição de renda, do estímulo ao crédito, do aumento real do salário mínimo, da criação de empregos e também da ampliação do acesso à educação, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva promoveu algo inédito na história do Brasil: crescimento econômico com inclusão social.

Quem é o presidente da República Lula ou Bolsonaro?

Em disputa apertada, Lula derrota Bolsonaro e é eleito presidente da República Eleições 2022 Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito presidente do Brasil com mais de 60 milhões, trezentos e quarenta mil votos. No dia 1º de janeiro de 2023, ele assume o terceiro mandato à frente do Palácio do Planalto e se torna o político mais vezes levado ao comando do Poder Executivo pelo voto direto na história da República. Quem Foi Melhor No Debate Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil Transcrição LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA É ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA COM MAIS DE 60 MILHÕES DE VOTOS EM DISPUTA APERTADA, CANDIDATO DO PT SUPERA JAIR BOLSONARO NAS URNAS E VOLTARÁ AO PALÁCIO DO PLANALTO DEPOIS DE 12 ANOS Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito presidente do Brasil com mais de 60 milhões, trezentos e quarenta mil votos, 50,90% dos válidos.

  • No dia 1º de janeiro de 2023, ele assume o terceiro mandato à frente do Palácio do Planalto e se torna o político mais vezes levado ao comando do Poder Executivo pelo voto direto na história da República.
  • O atual presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição, obteve mais de 58 milhões, duzentos e cinco mil votos, 49,10% dos válidos,

No primeiro turno, em 2 de outubro, Lula havia obtido 48,4% dos votos, contra 43,2% de Bolsonaro. Lula nasceu em Garanhuns, em Pernabuco, no dia 27 de outubro de 1945. Aos sete anos, migrou com a família para Santos. Trabalhou em indústrias de metalurgia e foi presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema.

Liderou greves na região do ABC Paulista durante a ditadura militar e, em 1980, participou da fundação do Partido dos Trabalhadores. Lula foi deputado federal por São Paulo em 1987 e, em 1989 tentou, pela primeira vez, chegar à presidência. Conquistou o cargo 13 anos depois, em 2002, e foi reeleito em 2006.

É considerado o presidente com maior aprovação popular da história do país. Os mandatos do petista foram marcados por crescimento econômico e ascensão social de boa parte da população, compromisso que ele definiu como prioridade no seu novo mandato Nosso compromisso mais urgente é acabar outra vez com a fome.

Se somos o terceiro maior produtor mundial de alimentos e o primeiro de proteína animal, se temos tecnologia e uma imensidão de terras agricultáveis, se somos capazes de exportar para o mundo inteiro, temos o dever de garantir que todo brasileiro possa tomar café da manhã, almoçar e jantar todos os dias.

Lula também disse que vai governar para 215 milhões de brasileiros e não para dois países A partir de 1º de janeiro de 2023 vou governar para 215 milhões de brasileiros, e não apenas para aqueles que votaram em mim. Não existem dois Brasis. Somo um único país, um único povo, uma grande nação Após a oficialização do resultado, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes, elogiou o sistema de apuração e disse que as eleições mostraram que os brasileiros confiam nas urnas eletrônicas e na justiça eleitoral.

Não existe país no mundo, 3h e meia, 3h e 40 depois do término das eleições, proclama o resultado com absoluta segurança, eficiencia e competência Segundo o ministro, a eleição se encerra sem o risco de o resultado das urnas ser contestado. Até o fechamento desta matéria, o presidente Jair Bolsonaro, que tentava a reeleição, não havia se manifestado.

Da Rádio Senado, Pedro Pincer : Em disputa apertada, Lula derrota Bolsonaro e é eleito presidente da República