Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

Quanto Tempo Leva Para Normalizar A MenstruaO?

Quanto tempo leva para menstruação ficar regular?

O ciclo menstrual inicia no primeiro dia da menstruação e normalmente se apresenta como sangramento vermelho vivo, de intensidade variável. É contado pelo número de dias e, embora a definição do ciclo ‘normal’ seja de 28 dias, são considerados normais os ciclos com duração de 21 até 35 dias.

O que tomar para a menstruação normalizar?

Reposição Hormonal e Anticoncepcionais – Em alguns casos, a menstruação desregulada pode ser tratada com reposição hormonal. Esse tratamento visa reequilibrar os hormônios do corpo e normalizar o ciclo menstrual. Porém, é importante lembrar que a reposição hormonal deve ser sempre supervisionada por um médico, devido aos possíveis efeitos colaterais.

Quando devo me preocupar com a minha menstruação?

O fluxo menstrual intenso pode ser um verdadeiro pesadelo para muitas mulheres, no entanto, nem sempre esse fluxo pode ser considerado normal. Em muitos casos, o fluxo intenso pode ser um alerta, ou seja, um sinal de que algo no organismo não está funcionando corretamente.

  • De acordo com a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), é considerado uma menstruação normal quando o fluxo menstrual dura até 8 dias, onde o ciclo varia entre 24 e 38 dias,
  • A partir dessa informação, qualquer sangramento fora dessas características deve ser considerado anormal.

Tenha em mente que o fluxo menstrual difere de mulher para mulher — além de sofrer alterações ao longo da vida, principalmente por conta da idade. De todo modo, é importante que a mulher esteja atenta ao próprio corpo, conhecendo seu fluxo e ciclo menstrual.

Quem tem menstruação irregular têm dificuldade de engravidar?

Os ciclos irregulares têm alguma relação com a infertilidade? – Ter relações sexuais durante o aumenta as chances de engravidar. Para identificar o dia exato da ovulação, o período menstrual deve ser regular. Por isso, muitas mulheres com ciclo menstrual irregular têm dúvidas sobre esse assunto.

  • O ciclo menstrual irregular não é sinônimo de infertilidade.
  • A mulher pode ter mais dificuldade em engravidar por causa disso, porém não significa que ela é infértil.
  • Nos casos em que a irregularidade é causada pela anovulação, a mulher deve consultar um médico para analisar as possibilidades de tratamento.

Se ela for causada pela SOP e a paciente quiser engravidar, o tratamento é feito por indutores de ovulação. O ciclo menstrual irregular é caracterizado por não ter o mesmo número de dias em todos os períodos, variando entre 21 a 35 dias. Com isso, é mais difícil calcular o dia exato da ovulação e do período fértil.

O que não é normal a menstruação?

Fluxo menstrual intenso pode não ser normal. Conheça 5 causas possívei 16 de outubro de 2023 Primeiro ela chega como uma manchinha tímida na cor de borra de café, nos dias seguintes assume um tom vermelho vivo e por fim se torna amarronzada de novo até ir embora.

  1. Este é o processo menstrual normal que dura cerca de 3 a 7 dias.
  2. Entretanto, para pessoas que tem o fluxo muito intenso, este processo pode ser um verdadeiro pesadelo! Pois saiba que nem todo fluxo intenso é normal.
  3. Ele pode ser um sintoma do que os médicos chamam de menorragia, um problema que pode causar anemia, além de indicar que algo não está funcionando bem no seu organismo.

Mas como saber se o seu fluxo intenso é normal? Sua menstruação dura mais de uma semana? Você precisa trocar o absorvente o tempo todo, tipo a cada 1h? Você limita suas atividades diárias por causa do sangramento menstrual muito intenso? Você enche mais de 3 coletores menstruais durante a menstruação? Se a sua resposta foi sim para alguma dessas perguntas, pode ser que a intensidade do seu fluxo não esteja normal.

Fluxos muito intensos não apresentam riscos para todas as pessoas, mas em muitos casos ele pode causar anemia e deficiência de ferro. Os sintomas da anemia incluem fadiga, fraqueza, tontura, etc. Se você suspeita que algo pode não estar certo com o seu corpo procure ajuda médica. Mas o que ocasiona o fluxo intenso fora do normal em algumas pessoas? Nós separamos 5 causas possíveis: 1) Desequilíbrio hormonal O desequilíbrio hormonal pode ter causas diversas, mas é mais comum em adolescentes ou mulheres que estão chegando perto da menopausa.

Quem tem síndrome do ovário policístico ou endometriose também precisa ficar atento às taxas de hormônios.2) Problemas ginecológicos Miomas, pólipos, doença inflamatória pélvica e outras condições na região reprodutora também podem ser a causa de um fluxo menstrual mais intenso.

  1. Às vezes esses problemas não apresentam sintomas aparentes, por isso é muito importante manter os exames preventivos em dia.3) DIU e alguns medicamentos Quem usa o DIU de cobre, que é o modelo sem hormônio, pode apresentar um sangramento mais intenso.
  2. Também é importante ficar atenta ao uso de alguns medicamentos como anticoagulantes e anti-inflamatórios, que podem alterar o seu fluxo menstrual.

Em uma consulta médica, não esqueça de informar se estiver utilizando algum medicamento.4) Complicações na gravidez Quem passou por um aborto espontâneo somado ao estresse que vem com ele, pode sofrer com o aumento de fluxo. Outra complicação é a gravidez ectópica, que é quando o embrião se desenvolve fora do útero.

  • Isso também pode levar à sangramentos intensos.5) Outras condições de saúde Alterações na menstruação podem dizer muito sobre a sua saúde! O aumento da intensidade do fluxo menstrual pode até mesmo estar associado à problemas renais, na tireóide ou no fígado.
  • Conheça algumas dicas que podem te ajudar a entender melhor o seu fluxo menstrual: Dica 01: Conheça seu fluxo! Essa dica parece boba, mas você pode achar que tem fluxo intenso quando na verdade possui um fluxo menstrual normal.

O uso de absorventes descartáveis as vezes nos dá a falsa impressão de que perdemos uma quantidade de sangue muito maior do que realmente é. Muitas pessoas costumam conhecer melhor o próprio fluxo depois que começam a usar o coletor menstrual. Elas passam a se dar conta de que o volume de sangue perdido é na verdade muito diferente daquela impressão de mar vermelho que os absorventes descartáveis nos passam! Dica 02: Meça o seu volume! Cada mulher sabe quando seu fluxo aumenta ou diminui, então o conceito de fluxo intenso pode ser muito relativo.

  1. Cientificamente falando, os médicos afirmam que um volume normal de menstruação é de aproximadamente até 80ml por ciclo menstrual.
  2. O coletor menstrual também pode te ajudar bastante a descobrir se o seu volume menstrual está dentro da média.
  3. Dica 03: Fique atenta aos sinais e não se desespere! Esta dica é bem simples.
See also:  Onde Fica A Data De EmissO Do Rg?

Se você está se sentindo incomodada com seu fluxo, marque uma consulta com seu médico. Por meio de exames ele vai poder te explicar direitinho as causas do seu fluxo menstrual intenso e indicar o tratamento mais recomendado para o seu caso. Então já sabe! Se a sua menstruação resolveu vir com força total e isso está te incomodando, vale a pena uma visitinha ao ginecologista! Dica 04: Ajude as manas! Você já experimentou algum desconforto com o aumento do fluxo menstrual? Então conta pra gente nos comentários! Ou compartilha esse post com aquela amiga que vive reclamando de fluxo intenso.

O que altera o ciclo menstrual?

Possíveis causas da menstruação irregular – Existem diversas causas associadas a menstruação irregular. Dentre as mais comuns podemos citar os fatores hormonais, caracterizados pela disfunção da tireoide, prolactina, ovário policístico com ciclos anovulatórios, uso de contraceptivos, falência ovariana entre outros. Fatores anatômicos, como mioma, pólipo, adenomiose, também causam a irregularidade.

Como o emocional pode afetar a menstruação?

Saúde e bem estar – A primeira suspeita do atraso de uma menstruação é a gravidez, mas não obrigatoriamente a única causa. O ciclo menstrual pode ser afetado por diversos fatores físicos e emocionais que podem tanto levar ao atraso, como até mesmo, à ausência temporária de menstruação.

  1. Entre os fatores emocionais que podem interferir na irregularidade menstrual, estão o estresse e a ansiedade, fazendo com que a mulher não ovule em determinado ciclo, provocando a ausência de menstruação no mês.
  2. O próprio atraso da menstruação e a hipótese de uma possível gravidez não planejada, na maioria das vezes, gera mais ansiedade e nervosismo, atrasando ainda mais o ciclo.

Isso ocorre, porque o estresse provoca alteração na região do cérebro responsável pelo controle dos hormônios que regulam os ciclos menstruais. Mas existem outros motivos fisiológicos que devem ser investigados nos casos da amenorreia e é por isso, que é muito importante que todas a mulheres façam exames ginecológicos regulares, para certificar-se de que não há nenhum problema mais grave.

Desde a primeira menstruação até a fase adulta, a mulher passa por várias transformações físicas e psicológicas, que podem, por si só, resultarem em ciclos menstruais irregulares. A adolescência, o uso de anticoncepcionais, dietas restritivas, o excesso ou a falta de exercícios, a obesidade, qualidade do sono, problemas de tireoide, ovários policísticos, menopausa, infecções e outras doenças mais graves, são algumas das inúmeras possibilidades que podem comprometer a pontualidade da menstruação e sinalizar que algo não vai bem no organismo.

Toda mulher já passou por um atraso no ciclo menstrual, que pode ser encarado natural, desde que de forma pontual e sempre associado a um fator externo, como o estresse e ansiedade. Por isso, atenção! Nenhuma irregularidade persistente, por mais de três meses, pode ser considerada normal e é necessário procurar a ajuda de um médico ginecologista para que ele faça o correto diagnóstico e tratamento.

O que pode ser quando o sangue da menstruação sai marrom?

Corrimento marrom antes da menstruação: o que pode ser? – Geralmente, o corrimento marrom é algo comum do corpo humano e significa sangue em uma quantidade pequena. Porém, em alguns casos, pode ser sinal de doenças ginecológicas, hormonais e até mesmo hematológicas (do sangue e coagulação) e por isso deve ser investigada.

Porque o estresse faz a menstruação descer?

Relação biológica entre estresse e sistema reprodutivo – O estresse ativa uma via hormonal no corpo chamada eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HPA) (10). A ativação do eixo HPA está associada ao aumento dos níveis de *cortisol* e do hormônio liberador de corticotrofina (CRH) (10).

  • O eixo HPA, o cortisol e o CRH ajudam a controlar a resposta ao estresse no corpo (10).
  • A liberação de CRH e de cortisol pode suprimir os níveis normais de hormônios reprodutivos, levando potencialmente a uma ovulação anormal, anovulação (ou seja, ausência de ) ou amenorreia (ausência de menstruação) (11–13).

Além disso, níveis anormais de CRH no tecido reprodutivo têm sido associados a problemas na gravidez, como o nascimento prematuro (11).

Como saber que a menstruação está saudável?

Você só sangra durante os dias em que menstrua? – Um período saudável começa com 3-7 dias de fluxo sólido, seguido por alguns dias de sangramento mais leve. Não deve haver sangramento em nenhum outro momento do ciclo. Sangramento prolongado ou intenso, um período muito leve ou manchas em outros momentos durante o ciclo pode indicar baixa progesterona, deficiência de ferro e outros desequilíbrios internos.

Como saber se tem algo de errado com a menstruação?

Cólicas frequentes – Durante o ciclo menstrual, é comum que a mulher sinta cólicas em consequência da liberação de prostaglandina, uma substância que prova contrações no útero que vão liberar o endométrio durante a menstruação. No entanto, quando a cólica é muito intensa, chegando a ponto de se tornar incapacitante, merece atenção.

Como saber se minha menstruação está anormal?

Conhecido como SUA, o sangramento uterino anormal é quando você sente que a sua menstruação é muito mais intensa do que o normal, ou está irregular de alguma forma, seja no volume do fluxo ou na quantidade de dias que você passa menstruada.

É possível ovular com a menstruação desregulada?

Sinais da ovulação no ciclo irregular – A irregularidade menstrual pode ou não ser acompanhada de ovulação. O período ovulatório, quando presente, não pode ser estimado com precisão de data em função da variabilidade do ciclo. Portanto, vale prestar atenção aos sinais de ovulação. São eles:

See also:  Quais Meus Direitos Quando PeO DemissãO 2022?

Dor no baixo ventre semelhante à uma leve pontada;Muco cervical com aspecto semelhante à clara de ovo;Aumento da libido;Elevação da temperatura corporal.

Para confirmar a ocorrência, pode ser feito o teste de ovulação.

O que fazer para regular a menstruação para engravidar?

Como saber o período fértil – Quanto Tempo Leva Para Normalizar A MenstruaO As mulheres com ciclos menstruais regulares podem facilmente identificar o seu período fértil. Considerando a duração média de 28 dias, a data provável da ovulação será o 14º dia após o início da menstruação – exatamente na metade do ciclo. É recomendado pensar no período fértil como o intervalo três dias antes e três dias depois da ovulação, portanto deve-se intensificar a prática de relações sexuais do 11º ao 17º dia do ciclo.

  1. No entanto, quando a mulher tem ciclos irregulares, é mais difícil fazer essa conta, uma vez que não se sabe quando ocorrerá a ovulação.
  2. Se tiver a intenção de engravidar, a mulher com ciclo menstrual irregular pode ficar atenta a alguns sinais do corpo que comumente indicam que a ovulação está ocorrendo.

Alguns deles são: dor em um dos lados no baixo ventre (próximo aos ovários), sensibilidade nos seios, aumento da libido e muco cervical transparente e espesso, semelhante à clara de ovo. É importante ressaltar que nem todas as mulheres percebem esses sintomas, mas observar os sinais do próprio corpo podem ajudar a identificar o período em que as chances de concepção são maiores.

Como saber se a pessoa é infértil?

Exames para o diagnóstico da infertilidade – Avaliação da ovulação : mulheres com ciclos regulares normalmente ovulam. Quando a menstruação é irregular e ocorrem atrasos, pode ser um indício de anovulação. Em tratamentos para infertilidade, a ovulação é acompanhada por meio de ultrassonografia transvaginal onde o diagnóstico é muito mais preciso.

  1. Dosagens hormonais : os principais hormônios envolvidos no ciclo menstrual são FSH, Estradiol, LH, e Progesterona.
  2. Com os dois primeiros, podemos medir indiretamente a reserva ovariana, ou seja, a quantidade dos óvulos, além de avaliar se houve ovulação com a dosagem da progesterona.
  3. Outras alterações hormonais podem interferir no ciclo, como da prolactina e dos hormônios da tireoide.

O exame que mede o hormônio anti-mülleriano (AMH) também é de extrema importância, ele tem a função de medir a reserva ovariana de uma maneira mais específica. Ele é produzido pelos folículos pré-antrais e antrais nos ovários: quanto maior o nível, maior a reserva.

  1. Histerossalpingogra f ia : é uma radiografia com contraste que permite avaliar a cavidade uterina (endométrio) e das tubas uterinas.
  2. Envolve a injeção de um contraste hidrossolúvel através do colo uterino e radiografias sequenciais para avaliar a passagem do líquido pela cavidade uterina e tubas.
  3. É o principal exame para detectar alterações tubárias, como obstruções e malformações.

Espermograma : trata-se da análise do sêmen, habitualmente colhido por masturbação. Mostra o número de espermatozoides por mililitro, a motilidade e o formato desses espermatozoides. É o principal exame para o homem. Outros exames também que excepcionalmente são solicitados: Alerações genéticas e cromossômicas do casal, rastreamentos para doenças infecciosas e estudo de trombofilias.

É normal a menstruação descer só um pouquinho?

Fluxo menstrual: estou sangrando demais? – O fluxo menstrual pode ser leve ou intenso, mas em muitos casos é difícil identificar se o volume está fora do padrão. Em geral, a quantidade varia muito de pessoa para pessoa: o normal é menstruar até 80ml por ciclo, mas algumas menstruam apenas 5ml.

Quem faz o uso do coletor vai conseguir identificar esse volume com facilidade, já que o copinho tem as medidas em ml. Além disso, se o dispositivo precisa ser esvaziado em menos de 4 horas, é um sinal de alerta. Quem utiliza absorvente precisa se atentar a quantidade de trocar: em geral, uma pessoa com fluxo intenso vai precisar realizar a troca em até 3 horas.

“Notando que isso está acontecendo, é preciso ser investigado, pois existem algumas patologias que cursam com aumento do fluxo menstrual. Pode ser que você investigue e não encontre nada, seja algo fisiológico. Mas tem pacientes que sangram tanto que acabam desenvolvendo um quadro de anemia”, diz a especialista. Quanto Tempo Leva Para Normalizar A MenstruaO Além do fluxo em si, a duração padrão da menstruação pode variar de 3 a 7 dias. “É claro que existem pacientes que menstruam por mais dias. Quando isso é muito prolongado – a paciente menstrua por mais que uma semana – merece uma investigação. E mais uma vez você pode não encontrar nada, mas é importante descartar algum problema”.

Vale lembrar que o contrário também existe, ou seja, menstruar pouco. Segundo a médica, o fluxo muito leve pode ser normal. O mais importante é observar se a paciente está passando por uma alteração no padrão da menstruação, por exemplo, menstruar um número X de dias e esse número de repente começar a diminuir.

Esse tipo de alteração pode ser associado à síndrome dos ovários policísticos ou, em casos raros, a problemas de tiróide, Também pode ocorrer em pessoas que praticam mais atividade física ou estão no período de climatério (transição entre a fase reprodutiva e a menopausa).

É normal sair coágulo de sangue na menstruação?

Concluindo – Embora possam parecer alarmantes, pequenos coágulos menstruais são normais e geralmente acontecem no período de fluxo menstrual mais intenso. Eles geralmente surgem quando os anticoagulantes não têm tempo suficiente para agir sobre esses pedacinhos de sangue com o objetivo de tornarem o sangue mais líquido.

  1. No entanto, vale a pena se atentar aos sinais do seu corpo.
  2. Se você notar que seus coágulos estão maiores e mais frequentes e se você apresentar outros sintomas associados como dores e sangramento intenso, é importante buscar ajuda médica.
  3. Sua médica te ajudará a encontrar maneiras eficazes de controlar coágulos menstruais frequentes e de tratar os problemas relacionados a isso.

Se você está buscando formas de lidar com esses pedacinhos de sangue durante a menstruação, você pode substituir os absorventes descartáveis pelo coletor menstrual ou pelo disco menstrual, Com essas duas opções você fica livre daquela sensação incômoda de que tem um corpo estranho na sua região íntima.

See also:  Aposentadoria Por Idade Para Quem Nunca Contribuiu?

O que acontece se eu ficar muito tempo sem menstruar?

Ficar sem menstruar faz mal? O endométrio é o tecido que reveste o útero por dentro e é preparado a cada ciclo menstrual, pelo estímulo do estrogênio e da progesterona, para receber uma gestação. A cada mês, quando a gestação não ocorre, o nível destes hormônios cai, gerando a “morte” e descamação deste tecido, o que chamamos de menstruação.

Atualmente temos os diversos métodos contraceptivos hormonais que contém progesterona, com ou sem estrogênio. Ficar sem menstruar devido ao uso contínuo destes métodos não causa problemas à saúde, pois este processo de proliferação e morte do endométrio não ocorre. Ao contrário do que dizem nossas avós e os mitos populares, o sangue não fica preso no útero, nem sobe para a cabeça.

Cortar a menstruação pode inclusive ser benéfico, pois evita perda sanguínea, prevenindo anemia, diminui o risco e a progressão da endometriose, e é mais cômodo, higiênico e ecológico, pois não gasta absorventes. Por outro lado, quem não usa nenhum hormônio e não está menstruando precisa procurar assistência médica para descobrir a origem do problema, pois a falta da produção de estrogênio e/ou progesterona pelo organismo pode causar doenças, como câncer de endométrio e osteoporose.

Helena Proni é graduada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Fez Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e Aperfeiçoamento em Ginecologia Endócrina, Climatério e Anticoncepção; e Patologia do Trato Genital Inferior e Infecção pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

É mestre em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. : Ficar sem menstruar faz mal?

Que tipo de infecção pode atrasar a menstruação?

4. Problemas de saúde – Disfunções na tireoide ( hipo ou hipertireoidismo ) podem gerar atrasos na menstruação. O mesmo ocorre em mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP), um distúrbio hormonal muito comum. Além disso, uma série de infecções (de cistite a gripes e viroses) pode alterar os ciclos menstruais.

É normal o ciclo menstrual variar a cada mês?

​​​​O ciclo menstrual de uma mulher dura em média 28 dias, podendo variar de 25 a 35 dias e ainda ser considerado normal. Ele é dividido em três fases: fase folicular, que se inicia no primeiro dia da menstruação e dura aproximadamente 12 dias; fase ovulatória, quando ocorre a ovulação; e fase lútea, que se inicia após a fase ovulatória, e quando não há fertilização do óvulo o útero se prepara para a próxima menstruação. É muito comum que as mulheres pensem que têm a menstruação irregular quando, na verdade, acabaram por fazer as contas erradas quanto ao período real do ciclo. Por isso, os ginecologistas recomendam que nestes casos a paciente faça um “Calendário Menstrual” com as datas do início e término de cada menstruação, por idealmente 2 ou 3 ciclos, e levem para o médico em consulta para uma avaliação mais precisa.

Recomendamos que a paciente faça um calendário Menstrual com as datas do início e término de cada menstruação e levem para o médico para uma avaliação mais precisa. Caso seja constatado de fato um ciclo irregular é preciso identificar a causa. São causas comuns de irregularidades no ciclo menstrual doenças como Síndrome do Ovário Policístico, disfunções na tireoide, obesidade, desnutrição (anorexia/bulimia), síndrome adrenal, endometriose, doenças do útero como pólipos e miomas ou até mesmo câncer do endométrio e menopausa precoce.

Além dessas causas, podemos citar o estresse, má alimentação, exercício físico em excesso e sono inadequado. A avaliação correta de cada caso só pode ser feita por um médico. Ovário Policístico Estima-se que a Síndrome dos Ovários Policísticos pode afetar até 20% das mulheres! Trata-se de um conjunto de sintomas como irregularidade menstrual, presença de acne e aumento de pelos no corpo, associados a alterações ultrassonográficas, pela presença de múltiplos folículos nos ovários.

Está frequentemente associada a sobrepeso/obesidade, quadros de pré-diabetes e até mesmo diabetes. Além do tratamento medicamentoso principal, que é o uso de anticoncepcionais hormonais, pacientes com sobrepeso/obesidade são aconselhadas também a mudar os hábitos de vida com o objetivo de perder peso, e muitas vezes devem fazer uso de metformina, medicação comumente usada no tratamento da diabetes.

Menopausa precoce É definida Menopausa Precoce quando a mulher abaixo dos 40 anos para de menstruar por um período maior que um ano. É chamada de Menopausa Cedo quando as mulheres param de menstruar antes dos 45 anos. A medição de hormônios pode ser feita a partir do terceiro mês seguido em que não há menstruação, não sendo necessário aguardar 1 ano para iniciar a investigação do quadro e fazer o diagnóstico. Esse artigo foi originalmente publicado em 04/08/2016 e atualizado. LEIA MAIS: O que é menopausa precoce? Dor nas mamas: saiba quais são as causas

Quanto tempo de atraso da menstruação pode ser gravidez?

Até 15 dias, pode ser considerado um atraso menstrual normal, inclusive a irregularidade menstrual é comum para a maioria das mulheres. No entanto, para aquelas que apresentam um ciclo regular, um atraso de 5 a 7 dias, já pode significar o primeiro sinal de uma gravidez ou de algum problema.

  1. O ciclo menstrual normal varia de 21 a 35 dias, com uma média de 28 dias.
  2. Nos casos de atrasos frequentes ou com sintomas associados, é importante procurar um ginecologista, para uma investigação clínica.
  3. As causas mais comuns de atraso menstrual são a gravidez, estresse ou problemas endocrinológicos.

Conheça um pouco mais sobre as principais causas de menstruação atrasada:

Quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez ciclo irregular?

Uma menstruação pode ser considerada realmente atrasada quando ultrapassam 7 dias da data esperada da menstruação. Para as mulheres que estão passando por atraso menstrual e se questionam se menstruação atrasada pode ser gravidez, é possível realizar testes de farmácia ou exames de sangue para detectar a gestação.