Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

Quando Precisa Declarar Imposto De Renda?

Quando Precisa Declarar Imposto De Renda

Qual é o valor mínimo para declaração de imposto de renda?

A partir de qual valor precisa declarar IR? – De acordo com as regras da Receita Federal, estão obrigados a declarar todos os contribuintes que tiveram um rendimento anual superior ao teto de R$ 28.559,70. Esse valor representa uma média mensal de R$ 2.379,97, incluindo não só o salário, como eventuais rendas extras.

O que acontece com quem não declara o Imposto de Renda?

Como é calculada a multa por não declarar Imposto de Renda? – O valor da multa por não declarar Imposto de Renda é de 1% ao mês sobre o imposto devido, limitado a 20% e, caso não haja imposto devido, a multa será de R$165,74. É o que acontece com quem não teve rendimentos no ano anterior, mas foi obrigado a declarar, por exemplo, porque possui bens que somam mais de R$ 300 mil.

Qual a possibilidade de cair na malha fina?

Qual a probabilidade de cair na malha fina? É relativamente pequena. Das declarações entregues em 2022, cerca de 2,7% (pouco mais de um milhão) foram para a malha fiscal, enquanto em 2021 esse número foi de 2,4%.

Quem ganha mais de 5 mil paga quanto de Imposto de Renda?

Quem ganha até R$ 5 mil paga quanto de imposto? – Apesar da proposta do presidente Lula, pessoas que ganham até R$ 5 mil ainda têm imposto recolhido na fonte caso tenham rendimentos superiores a R$ 2.640 (para optantes da dedução automática). Para facilitar o cálculo, a Receita Federal divulga a tabela progressiva com mais uma coluna, onde descreve a “parcela a deduzir”.

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a Deduzir do IR (em R$)
Até 2.112,00 zero zero
De 2.112,01 até 2.826,65 7,5 158,4
De 2.826,66 até 3.751,05 15 370,4
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 651,73
Acima de 4.664,68 27,5 884,96

Fonte: Instrução Normativa da Receita Federal Brasileira nº 2141 Para saber quanto pagar de IR, basta aplicar a alíquota no total do salário e, posteriormente, subtrair a parcela a deduzir correspondente. É importante não confundir a parcela a deduzir indicada na tabela com as deduções legais, que o contribuinte pode incluir na declaração anual do IR (gastos com saúde, educação, etc.).

Saiba como declarar fundos de investimento no Imposto de Renda.

Como explica Juliana de Sousa, advogada tributarista do Cunha Ferraz Advogados, o salário, para fins desse cálculo, não deve incluir benefícios como o auxílio-alimentação ou o auxílio-transporte e nem a contribuição ao INSS, Ela destaca ainda a dedução mensal de R$ 189,59 por dependente, que pode ser informada aos empregadores.

A pedido do E-Investidor a especialista ajudou a calcular um cenário em que, descontados benefícios e contribuição, o salário do trabalhador seja de R$ 5 mil — e qual seria o IR retido na folha salarial desse contribuinte mensalmente. Deve-se aplicar a alíquota de 27,5% sobre o salário de R$ 5 mil (5.ooo x 0,275).

Do resultado, R$ 1.375, é subtraído o valor de R$ 884,96 (parcela a deduzir para essa faixa). O resultado da conta será R$ 490,04, e esse é o valor retido em imposto mensalmente. A alíquota efetiva, que seria cobrada do contribuinte, equivale, nesse cenário, a 9,8%.

Quem ganha 2200 paga quanto de Imposto de Renda?

A nova regra do IR impacta quem não está isento? – Sim. A mudança no limite da isenção terá impacto nas faixas de renda que não são isentas. Isso porque a isenção vai até R$ 2.112 e tudo que exceder esse valor é o que será tributado de fato. O que for além do montante de R$ 2.112 sem passar de R$ 2.826,65 (faixa 2 da tabela progressiva) será tributado em 7,5%.

See also:  Quem Escreveu O Livro De Genesis?

Saiba quem o Imposto de Renda.

Da mesma maneira, um empregado que tenha um salário de R$ 2.500 só será cobrado pela diferença entre esse valor e os R$ 2.112,01, já que os ganhos inferiores a esse são isentos. Seria descontado desse trabalhador o equivalente a 7,5% sobre a diferença de R$ 387,99 entre a faixa isenta e o seu salário.

Quem recebeu menos de 28 mil precisa declarar 2023?

Brasileiros que recebem um salário mensal bruto inferior a R$1.903,99 e não têm outras fontes de renda estão na faixa de isenção do IR – ou seja, não são tributados.

Quem ganha R$ 20.000 por mês paga quanto de Imposto de Renda?

Para quem tem abaixo de 65 anos

Rendimentos Tabela antiga Tabela nova
20.000,00 4.630,64 4.469,84
21.000,00 4.905,64 4.744,84
22.000,00 5.180,64 5.019,84
23.000,00 5.455,64 5.294,84

Quem ganha R$ 4.500 paga quanto de Imposto de Renda?

Qual é a tabela do IRRF em 2023?

Base de cálculo anual Alíquota Dedução
Até R $ 21.453,24 isento R $ 0,00
De R $ 21.453,24 a R $ 32.151,48 7,00% R $ 1.608,99
De R $ 32.151,49 a R $ 42.869,16 15,00% R $ 4.020,35
De R $ 42.869,17 a R $ 53.565,72 22,5% R $ 7235,54

Quem ganha um salário mínimo vai pagar Imposto de Renda em 2023?

Lei retoma a política de valorização do salário mínimo e reajusta tabela do IRPF Da Agência Senado | 29/08/2023, 10h34 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta segunda-feira (28) a, que muda a política de reajuste do salário mínimo e reajusta a tabela do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF).

  • A norma teve origem no Projeto de Lei de Conversão (PLV) 15/2023, oriundo da, aprovado no Senado em 24 de agosto.
  • A medida provisória originalmente aumentou o salário mínimo para R$ 1.320 e, na comissão mista, o relatório do deputado Merlong Solano (PT-PI) incluiu no texto uma política permanente de correção do mínimo com base no PIB e na inflação.

Também acrescentou a correção da tabela do IR. Relator do texto no Senado, o líder do Governo, senador Jaques Wagner (PT-BA), lembrou que a política de reajuste foi adotada em mandatos anteriores do presidente Lula. — foi aplicada durante vários anos e teve consequências benéficas para as famílias e a economia brasileira, na medida em que o aumento do salário mínimo com o ganho real implica em um volume maior no bolso do trabalhador e, portanto, movimenta mais o comércio, trazendo prosperidade para todas as famílias.

  1. A lei estabelece uma política de valorização permanente do salário mínimo, que entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2024.
  2. Isso significa que o mínimo será reajustado anualmente, de forma a acompanhar a inflação e garantir ganhos reais aos trabalhadores.
  3. A isenção do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) foi ampliada durante a tramitação da MP no Congresso Nacional.

Agora, quem ganha até R$ 2.640 ao mês está isento de pagar o imposto. Anteriormente, a isenção era para quem recebia até R$ 1.903,98 mensais. A norma visa beneficiar os contribuintes de menor renda, aliviando o peso dos impostos sobre seus salários. Também foi estabelecida a possibilidade de os contribuintes não isentos optarem por um desconto de R$ 528 em relação ao imposto devido, sem necessidade de comprovar despesas à Receita.

  1. Isso quer dizer que as pessoas físicas que recebem mensalmente até R$ 2.640, se decidirem pela dedução simplificada, também não terão de pagar IRPF.
  2. Não foram alteradas as alíquotas para as demais faixas de rendimentos mensais, que, porém, também serão beneficiadas com o aumento da faixa de isenção, já que pagam o IRPF com base no que excede a esse valor.
See also:  Onde Fica O Beto Carrero?

A mudança da faixa de isenção tem efeitos no Imposto de Renda do ano que vem, mas quem tem desconto na fonte já deverá observar a mudança no valor retido no salário do próximo mês. Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado) : Lei retoma a política de valorização do salário mínimo e reajusta tabela do IRPF

Tem que pagar Imposto de Renda todo mês?

O Imposto de Renda é descontado todo mês do salário pago com base em outros rendimentos dos indivíduos. Além do mais, todo ano é obrigatório realizar uma declaração junto a Receita. Essa é uma maneira de saber se o cidadão está pagando mais ou menos imposto.

Quem nunca declarou Imposto de Renda paga multa?

Conselheiro do Conselho Federal de Contabilidade explica consequências da não declaração do imposto de renda no prazo Quando Precisa Declarar Imposto De Renda Por Deividi Lira/ Agência Apex Comunicação CFC Até o dia 31 de maio, quem tiver recebido mais que R$28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2022 – ou então se enquadrar em algum dos outros critérios estabelecidos pela Receita Federal (confira no fim do texto) – precisa transmitir a declaração de imposto de renda para a Receita, seja por meio do programa, do aplicativo ou do site.

Aqueles que estiverem obrigados a enviar a declaração, mas não o fizerem podem, a partir do cruzamento de dados pela Receita Federal, ser identificados e penalizados por isso. “Os empregadores pessoa jurídica, as sociedades cooperativas de trabalho, as instituições de previdência privada e complementar, e as empresas em relação aos sócios e autônomos, encaminham à Receita Federal a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte”, explica o conselheiro do Conselho Federal de Contabilidade, Adriano Marrocos, sobre como a identificação de quem descumprir a obrigatoriedade.

Além disso, conta o conselheiro, os Cartórios de Ofício de Notas, Registro de Imóveis e de Títulos e Documentos encaminham a Declaração sobre Operações Imobiliárias, enquanto bancos, planos de saúde, seguradoras, corretoras de valores, distribuidoras de títulos e valores mobiliários, administradoras de consórcios e entidades de previdência complementar encaminham a e-Financeira com a movimentação em contas-correntes e contas poupança em valores superiores a R$ 2 mil para pessoas físicas e R$ 6 mil para pessoas jurídicas.

  1. Assim, o que não falta para a Receita Federal são dados para identificar os contribuintes que deveriam ter entregue a declaração e não o fizeram”, diz.
  2. Penalidades O contribuinte que não declarar o imposto fica sujeito a uma multa de, no mínimo, R$165,74.
  3. O valor é aplicado para aqueles que não têm imposto a pagar.

Caso o contribuinte não declare e tenha algo a pagar, a multa varia de 1% a 20% do valor devido por mês. Além disso, a Receita Federal toma providências administrativas, com a inclusão no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais (Cadin).

“Ou seja, a pessoa fica com o CPF irregular (pendente de regularização) e, portanto, impedido de contratar empréstimos e financiamentos, viajar para o exterior, obter cartão de crédito e o passaporte, além de cair em uma “lista” que leva a exame mais minucioso das movimentações financeiras. Nos casos mais extremos, há a previsão do cancelamento do CPF e ação penal por sonegação fiscal”, enumera Marrocos.

O conselheiro explica ainda que quem não declarar, mas quiser corrigir a situação pode enviar a declaração a qualquer tempo, mas estará sempre sujeito à multa pelo atraso. Quem precisa declarar?

See also:  Qual A FunO Da Uretra?

Aqueles que receberam rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70 em 2022. Os que ganharam mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos, não tributáveis ou retidos na fonte. Pessoas que tiveram ganho de capital na venda de bens ou direito. Aqueles que realizaram operações na Bolsa de Valores acima de R$ 40 mil. Os que tiveram mais de R$142.798,50 em atividades rurais. Pessoas que são dono de bens que valem mais de R$ 300 mil. Aqueles que passaram a morar no Brasil em qualquer mês de 2022.

A reprodução deste material é permitida desde que a fonte seja citada.

Como a Receita avisa que caiu na malha fina?

Como resolver? – Resolver uma pequena pendência costuma ser simples. “Se o contribuinte percebe que errou ou esqueceu alguma informação ou observa o problema no e-Cac o erro, ele pode corrigir as inconsistências por meio do envio da, que é feita no próprio programa da declaração original”, aponta Edemir Marques, advogado tributário do Marques de Oliveira Advogados.

  • a) se passar a ter imposto a pagar após as correções; ou
  • b) tiver um aumento do imposto a pagar depois das correções, a Receita cobra uma multa de 0,33% por dia de atraso, limitada a 20% do valor do IR devido, e juros.

Além disso, não é permitido, de simples para completa e vice-e-versa, após esse prazo final. No caso dos contribuintes que não resolverem a pendência com a retificado ou os que possuem uma declaração correta, mas que precisam apresentar documentos que comprovem o que foi informado o procedimeto é outro, segundo Valdir Amorim, coordenador tributário do IOB.

  1. XP Investimentos
  2. Cartão de crédito XP oferece 15% de Investback nesta Black Friday
  3. Abra a sua conta gratuita na XP para solicitar o seu agora

Essa notificação pode chegar de duas maneiras: via correspondência direto na residência do contribuinte; ou via mensagem na caixa postal direto no e-Cac, se o contribuinte tiver optado pelo domicílio eletrônico no próprio sistema de atendimento. Leia também:

Quem tem cartão de crédito tem que declarar Imposto de Renda?

Os gastos no cartão de crédito – Toda por mês para contribuinte pessoa física (CPF), e acima de R$ 6.000,00 para pessoas jurídicas (CNPJ), são informados à Receita Federal do Brasil (RFB) por meio da Declaração de Movimentações de Cartões de Credito e Dinheiro-DECRED mensalmente pelas instituições financeiras.

Como verificar a situação do Imposto de Renda?

Você pode consultar, a qualquer momento, a situação da sua declaração no extrato de processamento, disponível no sistema Meu Imposto de Renda, no e-CAC; ou de forma simplificado no sistema de consulta de restituição.

Quem trabalha como autônomo tem que declarar Imposto de Renda?

Quem é autônomo precisa declarar Imposto de Renda? – Isso significa que se você é autônomo precisa declarar Imposto de Renda se o seu rendimento atender um ou mais dos critérios que acabamos de citar. Caso tenha atingido, é preciso se atentar a alguns pontos bem importantes antes de começar a preencher a declaração.