Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

Por Qual Motivo Ocorre A EletrizaO Ilustrada Na Tirinha?

Qual forma de eletrização está representada na tirinha a seguir?

A charge apresenta a eletrização por atrito, o que significa que ao atritar o pelo do gato na calça da pessoa, cargas se movimentam de um corpo para o outro (eletronegatividade).

Porque ocorre a eletrização?

Os processos de eletrização ocorrem na natureza constantemente e, muitas vezes, tais fenômenos passam despercebidos por nós. O fenômeno da eletrização consiste na transferência de cargas elétricas entre os corpos, e essa transferência pode ocorrer por três processos conhecidos: por atrito, por contato e por indução,

Eletrização por atrito Para entender como ocorre a eletrização por atrito, faça a seguinte experiência. Pegue uma caneta esferográfica e corte alguns pedaços de papel bem pequeno. Agora atrite a parte de trás da caneta em seu cabelo e depois aproxime a parte atritada aos pedaços de papel. Você irá observar os pequenos pedaços de papel sendo atraídos pela caneta.

Isso ocorre porque quando você atritou a caneta no seu cabelo, houve uma transferência de elétrons entre os dois corpos, o que deixou a caneta carregada eletricamente. Ao aproximar essa caneta dos pedaços de papel, que são neutros, eles serão atraídos.

Figura 1

É muito simples entender o funcionamento da série triboelétrica. Se atritarmos, por exemplo, lã com celuloide, a lã ficará carregada positivamente, enquanto que o celuloide ficará carregado negativamente. Isso quer dizer, que durante o atrito, a lã perdeu elétrons e o celuloide, por sua vez, ganhou elétrons.

Figura 2

Aproxima-se o condutor positivo do condutor neutro até que ocorra o contato entre eles. Quando isso acontece, haverá uma transferência de elétrons do corpo neutro para o corpo carregado positivamente. Essa transferência irá ocorrer de maneira bem rápida até que ambos os condutores fiquem com o mesmo potencial elétrico.

Figura 3

Separando-se os dois condutores, eles estarão com cargas de mesmo sinal.

Figura 4

É importante salientar também que está valendo o princípio da conservação das cargas elétricas, que diz que a quantidade de cargas elétricas antes do contato é igual à quantidade de cargas elétricas depois do contato. Se os dois corpos forem absolutamente idênticos, no final da experiência eles ficarão com a mesma quantidade de carga elétrica, que será determinada pela média aritmética da quantidade de cargas antes do contato.

Figura 5

Eletrização por indução Na eletrização por atrito e por contato, há obrigatoriamente a necessidade do contato físico entre os corpos. Na eletrização por indução isso já não é necessário e é por isso que esse processo recebe esse nome. Considere três condutores, um carregado eletricamente e ou outros dois neutros e encostados um no outro.

Figura 6

Aproxima-se o condutor carregado dos condutores neutros. O condutor carregado será o indutor e os condutores neutros, os induzidos. Durante essa aproximação, observa-se uma separação de cargas nos condutores neutros. Como o indutor é positivo, o induzido mais próximo do indutor ficará negativo e o induzido mais afastado ficará positivo.

Figura 7

Agora com o indutor ainda próximo, separam-se os dois condutores que estão juntos.

Figura 8

E por fim retira-se o indutor das proximidades dos outros dois corpos. Teremos como resultado os dois condutores que inicialmente eram neutros, agora carregados com cargas de sinais a opostos. Note que em momento algum houve o contato entre o condutor carregado e os condutores inicialmente neutros.

Figura 9

Um exemplo de uma consequência da eletrização por indução são os raios. Quando temos uma nuvem carregada eletricamente durante uma tempestade, ela irá induzir na superfície cargas de sinais opostos criando assim um campo elétrico entre a nuvem e a superfície. Se esse campo elétrico for muito intenso teremos uma descarga elétrica violenta que nós conhecemos como raio.

Qual o tipo de eletrização ocorreu?

O que é eletrização? – Eletrização é o processo de tornar um corpo eletricamente neutro em um corpo eletricamente carregado. Corpos neutros são aqueles que apresentam a mesma quantidade de prótons e elétrons, uma vez que essas são as partículas subatômicas dotadas de carga elétrica.

  1. Todos os processos de eletrização consistem em retirar ou fornecer elétrons a um corpo,
  2. O mesmo não pode ser dito dos prótons, que, por estarem presos no núcleo atômico, não podem ser conduzidos entre um átomo e outro.
  3. Desse modo, quando um corpo neutro recebe elétrons, sua carga torna-se negativa, reciprocamente, ao perder elétrons, sua carga torna-se positiva.

Existem três formas distintas de eletrização : por atrito, por contato e por indução. Neste artigo, discutiremos detalhadamente cada uma delas, começando pela primeira. Por Qual Motivo Ocorre A EletrizaO Ilustrada Na Tirinha Na figura, o balão foi eletrizado por atrito e então atrai pequenos pedaços de papel.

Como ocorre cada tipo de eletrização?

Resumo sobre processos de eletrização –

  • Os processos de eletrização podem ocorrer por contato, por atrito ou por indução
  • Na eletrização por contato, tocamos um corpo qualquer com um corpo carregado.
  • Na eletrização por atrito, atritamos dois corpos neutros de diferentes materiais e os transformarmos em dois corpos carregados de mesma carga elétrica e sinais opostos.
  • Na eletrização por indução, aproximamos um corpo carregado de um corpo neutro e depois ligamos este a um fio terra.
  • Os condutores e isolantes são materiais ou substâncias que facilitam ou dificultam, respectivamente, a passagem de corrente elétrica em seu interior.

Quais são as três formas de eletrização?

O que é eletrização? – Eletrização é o processo de tornar um corpo eletricamente neutro em um corpo eletricamente carregado. Corpos neutros são aqueles que apresentam a mesma quantidade de prótons e elétrons, uma vez que essas são as partículas subatômicas dotadas de carga elétrica.

  1. Todos os processos de eletrização consistem em retirar ou fornecer elétrons a um corpo,
  2. O mesmo não pode ser dito dos prótons, que, por estarem presos no núcleo atômico, não podem ser conduzidos entre um átomo e outro.
  3. Desse modo, quando um corpo neutro recebe elétrons, sua carga torna-se negativa, reciprocamente, ao perder elétrons, sua carga torna-se positiva.

Existem três formas distintas de eletrização : por atrito, por contato e por indução. Neste artigo, discutiremos detalhadamente cada uma delas, começando pela primeira. Por Qual Motivo Ocorre A EletrizaO Ilustrada Na Tirinha Na figura, o balão foi eletrizado por atrito e então atrai pequenos pedaços de papel.

See also:  Quem A Abelha Rainha Do The Masked Singer?

Como ocorre o processo de eletrização por contato Cite dois exemplos?

A eletrização por contato – Mundo Educação Considere duas esferas condutoras A e B, uma eletrizada (A) e outra neutra (B). Ao colocarmos a esfera A, positivamente carregada, em contato com a esfera B, aquela atrai parte dos elétrons de B. Assim, A continua eletrizada positivamente, mas com uma carga menor, e B, que estava neutra, fica eletrizada com carga positiva. Se o primeiro corpo estivesse carregado positivamente (com falta de elétrons), ele retiraria elétrons do corpo neutro, de maneira que ambos ficariam com falta de elétrons e, portanto, eletrizados positivamente. De acordo com o princípio da conservação das cargas elétricas, a soma algébrica das cargas elétricas negativas e das cargas positivas, supondo estar o sistema eletricamente isolado, é constante. Por exemplo: Suponhamos que dois corpos A e B, isolados de qualquer influência externa, possuam inicialmente as cargas QA e QB, respectivamente. e, De acordo com o princípio da conservação das cargas, podemos escrever: Na eletrização por contato, a troca das cargas depende das dimensões dos condutores. Se considerarmos que os corpos têm as mesmas dimensões e a mesma forma, sendo, por exemplo, esferas de mesmo raio, após o contato apresentarão cargas iguais. A equação matemática que representa o equilíbrio de cargas, em condutores idênticos, é: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 Onde Q é a carga do equilíbrio eletrostático, ou seja, a carga comum aos dois corpos, após o contato. : A eletrização por contato – Mundo Educação

O que e eletrizar um objeto?

Eletrizar um objeto por indução significa atribuir-lhe carga elétrica utilizando outro corpo eletrizado sem que haja contato entre eles. Esse processo de eletrização baseia-se no conceito da atração e repulsão de cargas elétricas. Veja no esquema a seguir como se eletriza um corpo por indução:

Inicialmente, há a esfera A neutra e a esfera B com carga positiva. O corpo eletrizado (esfera B) recebe o nome de indutor, e o corpo neutro (esfera A) é denominado induzido.

Inicialmente a esfera A está neutra e a esfera B está carregada positivamente

A esfera A é aproximada da esfera B. A carga positiva da esfera B atrai as cargas negativas da esfera A e repele as positivas, causando uma separação de cargas;

As esferas A e B são aproximadas e ocorre uma separação de cargas na esfera A

A esfera A é conectada a terra por um condutor de forma que os elétrons da terra sobem e neutralizam as cargas positivas dessa esfera. Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

A esfera A é conectada a terra de forma que os elétrons sobem e neutralizam as cargas positivas

A esfera A, agora carregada negativamente, é desligada da terra e separada da esfera.

A esfera A é desligada da terra e afastada da esfera B No processo de eletrização por indução, a carga elétrica final do condutor que estava neutro sempre possui sinal oposto à do indutor. O mesmo processo pode ser repetido para eletrizar positivamente um objeto neutro, porém deve ser usado um indutor de carga negativa.

Porque o papel gruda na caneta?

Alexandre Henderson visitou a Febrace, na USP, uma das maiores do país – 1ª Experiência : Você vai precisar de:

  • – Um caderno com espiral – Um lápis – Uma caneta – Uma folha do caderno
  • – Uma tesoura

Como fazer? Primeiro a gente encaixa o lápis na espiral do caderno, com a ponta pra cima. Depois, corta um retangulozinho dessa folha de caderno, dobra ao meio e equilibra na ponta do lápis. Agora o desafio: Fazer esta folha se mexer sem encostar nela e sem soprar! Uma dica: pode usar a caneta.

  1. 2ª Experiência :
  2. Você vai precisar de: – 1/2 limão espremido em um copo – Pincel – Ferro de passar
  3. – 1 folha de papel
  4. Como fazer?

Você molha o pincel no suco do limão e escreve sua mensagem secreta no papel. Espere secar bem e mande a sua mensagem invisível! Quando a pessoa receber a mensagem, basta pegar um ferro de passar roupa, esquentar um pouquinho e passar sobre a folha. A mensagem aparece! Como será que isso acontece? O suco do limão tem ácido cítrico e escurece com o calor. Aí aparece na folha de papel!

  • 3ª Experiência :
  • Vamos fazer a experiência do ‘Exercite seu Cérebro’?
  • Você vai precisar de:
  • – 1 Ccopo D’água – 1 Litro de Óleo
  • – 1 Vidro Transparente com Tampa Hermética
  • Como fazer?

Coloca a água no vidro e depois o óleo. Repara só o que acontece: a água é mais densa e fica embaixo, na base do vidro. O óleo fica em cima porque é menos denso e os dois não se misturam. Por isso, quando um navio derrama óleo no mar fica aquela poluição toda boiando na água. : Saiba como fazer em casa as experiências mostradas no programa

O que deve ocorrer para que um objeto fique eletrizado positivamente?

Um corpo fica eletrizado com carga negativa quando ele ganha elétrons. Um corpo fica eletrizado com carga positiva quando ele perde elétrons.

Como se dá a eletrização por contato?

A eletrização por contato acontece quando um corpo carregado transfere uma parte de seu excesso de cargas para um corpo neutro através de um contato direto.

Quais são os processos de eletrização dê exemplos?

Os processos de eletrização dos corpos podem ocorrer de três formas: por contato, por atrito ou por indução. Nesses processos, os corpos podem receber ou doar elétrons. Raios são a principal consequência do processo de eletrização por indução.

Porque acontece a eletrização por contato?

Os processos de eletrização ocorrem na natureza constantemente e, muitas vezes, tais fenômenos passam despercebidos por nós. O fenômeno da eletrização consiste na transferência de cargas elétricas entre os corpos, e essa transferência pode ocorrer por três processos conhecidos: por atrito, por contato e por indução,

  • Eletrização por atrito Para entender como ocorre a eletrização por atrito, faça a seguinte experiência.
  • Pegue uma caneta esferográfica e corte alguns pedaços de papel bem pequeno.
  • Agora atrite a parte de trás da caneta em seu cabelo e depois aproxime a parte atritada aos pedaços de papel.
  • Você irá observar os pequenos pedaços de papel sendo atraídos pela caneta.
See also:  Vendi 20 Dias De FRias Quanto Vou Receber Quando Voltar?

Isso ocorre porque quando você atritou a caneta no seu cabelo, houve uma transferência de elétrons entre os dois corpos, o que deixou a caneta carregada eletricamente. Ao aproximar essa caneta dos pedaços de papel, que são neutros, eles serão atraídos.

Figura 1

É muito simples entender o funcionamento da série triboelétrica. Se atritarmos, por exemplo, lã com celuloide, a lã ficará carregada positivamente, enquanto que o celuloide ficará carregado negativamente. Isso quer dizer, que durante o atrito, a lã perdeu elétrons e o celuloide, por sua vez, ganhou elétrons.

Figura 2

Aproxima-se o condutor positivo do condutor neutro até que ocorra o contato entre eles. Quando isso acontece, haverá uma transferência de elétrons do corpo neutro para o corpo carregado positivamente. Essa transferência irá ocorrer de maneira bem rápida até que ambos os condutores fiquem com o mesmo potencial elétrico.

Figura 3

Separando-se os dois condutores, eles estarão com cargas de mesmo sinal.

Figura 4

É importante salientar também que está valendo o princípio da conservação das cargas elétricas, que diz que a quantidade de cargas elétricas antes do contato é igual à quantidade de cargas elétricas depois do contato. Se os dois corpos forem absolutamente idênticos, no final da experiência eles ficarão com a mesma quantidade de carga elétrica, que será determinada pela média aritmética da quantidade de cargas antes do contato.

Figura 5

Eletrização por indução Na eletrização por atrito e por contato, há obrigatoriamente a necessidade do contato físico entre os corpos. Na eletrização por indução isso já não é necessário e é por isso que esse processo recebe esse nome. Considere três condutores, um carregado eletricamente e ou outros dois neutros e encostados um no outro.

Figura 6

Aproxima-se o condutor carregado dos condutores neutros. O condutor carregado será o indutor e os condutores neutros, os induzidos. Durante essa aproximação, observa-se uma separação de cargas nos condutores neutros. Como o indutor é positivo, o induzido mais próximo do indutor ficará negativo e o induzido mais afastado ficará positivo.

Figura 7

Agora com o indutor ainda próximo, separam-se os dois condutores que estão juntos.

Figura 8

E por fim retira-se o indutor das proximidades dos outros dois corpos. Teremos como resultado os dois condutores que inicialmente eram neutros, agora carregados com cargas de sinais a opostos. Note que em momento algum houve o contato entre o condutor carregado e os condutores inicialmente neutros.

Figura 9

Um exemplo de uma consequência da eletrização por indução são os raios. Quando temos uma nuvem carregada eletricamente durante uma tempestade, ela irá induzir na superfície cargas de sinais opostos criando assim um campo elétrico entre a nuvem e a superfície. Se esse campo elétrico for muito intenso teremos uma descarga elétrica violenta que nós conhecemos como raio.

O que e eletrização por atrito exemplo?

Por exemplo, ao se atritar uma barra de vidro num pano de lã, elétrons passam do vidro para a lã. Em consequência, a barra de vidro adquire carga elétrica positiva (perde elétrons) e o pano de lã adquire carga elétrica negativa (recebe elétrons). a) o pente se eletrizou por atrito.

Quais as características dos processos de eletrização?

Os processos de eletrização dos corpos podem ocorrer de três formas: por contato, por atrito ou por indução. Nesses processos, os corpos podem receber ou doar elétrons. Raios são a principal consequência do processo de eletrização por indução.

Onde podemos observar os processos de eletrização em nosso cotidiano?

Um corpo pode ser eletrizado de três formas: por atrito, por indução ou por contato, esses processos ocorrem a todo momento no cotidiano, quando sentimos um ‘choque elétrico’, quando observamos um raio numa noite de tempestade, vamos explorar esses efeitos nesta aula.

Como ocorre a eletrização por condução?

Eletrização por Contato – Este tipo de eletrização ocorre quando um corpo condutor está carregado e entra em contato com um outro corpo. Parte da carga irá ser transferida para o outro corpo.

  • Neste processo, os corpos envolvidos ficam carregados com cargas de mesmo sinal e a carga do corpo que estava inicialmente eletrizado diminui.
  • Quando os corpos envolvidos na eletrização são condutores de mesmas dimensões e mesma forma, após o contato, terão cargas de mesmo valor.
  • Na figura abaixo, vemos que a menina ao encostar em uma esfera condutora eletrizada, também ficou carregada com cargas de mesmo sinal da esfera.

Prova disto, é observar que seu cabelo está “arrepiado”. Como neste tipo de eletrização as cargas possuem mesmo sinal, os fios passam a se repelirem. Por Qual Motivo Ocorre A EletrizaO Ilustrada Na Tirinha A menina também ficou eletrizada ao encostar na esfera condutora eletrizada

O que e eletrização por contato resumo?

A eletrização por contato acontece quando um corpo carregado transfere uma parte de seu excesso de cargas para um corpo neutro através de um contato direto.

Qual a diferença de eletrização por contato e atrito?

Resumo sobre cargas elétricas –

As cargas elétricas podem ser positivas, representadas como os prôtons, ou negativas, representadas pelos elétrons. A unidade de medida da carga elétrica é o Coulomb. A carga elétrica é uma propriedade conservada. A fórmula para a carga elétrica envolve o produto entre a quantidade de elétrons ou prótons, em falta ou em excesso, com o valor da carga elementar, \(\pm1,6\ \bullet ^ \ C\), Existem três tipos de eletrização: contato (quando um corpo carregado eletricamente toca em outro corpo); atrito (quando dois corpos eletricamente neutros se atritram); e indução (quando um corpo neutro se aproxima de um corpo carregado e depois o segundo se conecta a um fio terra). A carga do prótons é \(1,6\ \bullet ^ \ C\), a carga do elétrons é \(-1,6\ \bullet ^ \ C\) e a carga do nêutron é nula.

Como se chama o processo de passar o canudo no papel toalha?

O experimento se dá pelo processo de atritar o canudinho com papel higiênico ( eletrização por atrito ).

O que e eletrização por atrito exemplo?

Os processos de eletrização ocorrem na natureza constantemente e, muitas vezes, tais fenômenos passam despercebidos por nós. O fenômeno da eletrização consiste na transferência de cargas elétricas entre os corpos, e essa transferência pode ocorrer por três processos conhecidos: por atrito, por contato e por indução,

Eletrização por atrito Para entender como ocorre a eletrização por atrito, faça a seguinte experiência. Pegue uma caneta esferográfica e corte alguns pedaços de papel bem pequeno. Agora atrite a parte de trás da caneta em seu cabelo e depois aproxime a parte atritada aos pedaços de papel. Você irá observar os pequenos pedaços de papel sendo atraídos pela caneta.

Isso ocorre porque quando você atritou a caneta no seu cabelo, houve uma transferência de elétrons entre os dois corpos, o que deixou a caneta carregada eletricamente. Ao aproximar essa caneta dos pedaços de papel, que são neutros, eles serão atraídos.

See also:  Quando A Diarreia E Preocupante?

Figura 1

É muito simples entender o funcionamento da série triboelétrica. Se atritarmos, por exemplo, lã com celuloide, a lã ficará carregada positivamente, enquanto que o celuloide ficará carregado negativamente. Isso quer dizer, que durante o atrito, a lã perdeu elétrons e o celuloide, por sua vez, ganhou elétrons.

Figura 2

Aproxima-se o condutor positivo do condutor neutro até que ocorra o contato entre eles. Quando isso acontece, haverá uma transferência de elétrons do corpo neutro para o corpo carregado positivamente. Essa transferência irá ocorrer de maneira bem rápida até que ambos os condutores fiquem com o mesmo potencial elétrico.

Figura 3

Separando-se os dois condutores, eles estarão com cargas de mesmo sinal.

Figura 4

É importante salientar também que está valendo o princípio da conservação das cargas elétricas, que diz que a quantidade de cargas elétricas antes do contato é igual à quantidade de cargas elétricas depois do contato. Se os dois corpos forem absolutamente idênticos, no final da experiência eles ficarão com a mesma quantidade de carga elétrica, que será determinada pela média aritmética da quantidade de cargas antes do contato.

Figura 5

Eletrização por indução Na eletrização por atrito e por contato, há obrigatoriamente a necessidade do contato físico entre os corpos. Na eletrização por indução isso já não é necessário e é por isso que esse processo recebe esse nome. Considere três condutores, um carregado eletricamente e ou outros dois neutros e encostados um no outro.

Figura 6

Aproxima-se o condutor carregado dos condutores neutros. O condutor carregado será o indutor e os condutores neutros, os induzidos. Durante essa aproximação, observa-se uma separação de cargas nos condutores neutros. Como o indutor é positivo, o induzido mais próximo do indutor ficará negativo e o induzido mais afastado ficará positivo.

Figura 7

Agora com o indutor ainda próximo, separam-se os dois condutores que estão juntos.

Figura 8

E por fim retira-se o indutor das proximidades dos outros dois corpos. Teremos como resultado os dois condutores que inicialmente eram neutros, agora carregados com cargas de sinais a opostos. Note que em momento algum houve o contato entre o condutor carregado e os condutores inicialmente neutros.

Figura 9

Um exemplo de uma consequência da eletrização por indução são os raios. Quando temos uma nuvem carregada eletricamente durante uma tempestade, ela irá induzir na superfície cargas de sinais opostos criando assim um campo elétrico entre a nuvem e a superfície. Se esse campo elétrico for muito intenso teremos uma descarga elétrica violenta que nós conhecemos como raio.

Que tipo de eletrização está relacionada à geração de faíscas?

Como ocorre a eletricidade estática? – A eletricidade estática ocorre pela transferência de cargas elétricas entre dois corpos constituídos de materiais e quantidades de cargas elétricas diferentes, gerando uma faísca de eletricidade estática, um choque.

A faísca elétrica estática acontece quando o corpo que possui excesso de cargas elétricas negativas (com força de ligação mais forte) se aproxima de um corpo que possui menos cargas elétricas negativas (com força de ligação mais fraca). Esse excesso acaba fazendo com que os elétrons saltem do material menos carregado para o mais carregado, mantendo-se em sua superfície até serem descarregados no próximo corpo eletricamente neutro que alguém tocar.

Caso isso não ocorra, esses elétrons continuarão se acumulando na superfície até atingirem um ponto crítico e descarregarem na forma de um minirraio. Se, por acaso, alguém encostar nessa superfície carregada, esses elétrons fluirão para a pessoa, ocasionando um pequeno choque que pode ser escutado como um pequeno estalo e sentido como uma pequena dor.

O que e eletrização resposta?

O que é eletrização? – Eletrização é o processo de tornar um corpo eletricamente neutro em um corpo eletricamente carregado. Corpos neutros são aqueles que apresentam a mesma quantidade de prótons e elétrons, uma vez que essas são as partículas subatômicas dotadas de carga elétrica.

  1. Todos os processos de eletrização consistem em retirar ou fornecer elétrons a um corpo,
  2. O mesmo não pode ser dito dos prótons, que, por estarem presos no núcleo atômico, não podem ser conduzidos entre um átomo e outro.
  3. Desse modo, quando um corpo neutro recebe elétrons, sua carga torna-se negativa, reciprocamente, ao perder elétrons, sua carga torna-se positiva.

Existem três formas distintas de eletrização : por atrito, por contato e por indução. Neste artigo, discutiremos detalhadamente cada uma delas, começando pela primeira. Por Qual Motivo Ocorre A EletrizaO Ilustrada Na Tirinha Na figura, o balão foi eletrizado por atrito e então atrai pequenos pedaços de papel.

Qual a diferença entre eletrização por atrito e por contato?

Resumo sobre cargas elétricas –

As cargas elétricas podem ser positivas, representadas como os prôtons, ou negativas, representadas pelos elétrons. A unidade de medida da carga elétrica é o Coulomb. A carga elétrica é uma propriedade conservada. A fórmula para a carga elétrica envolve o produto entre a quantidade de elétrons ou prótons, em falta ou em excesso, com o valor da carga elementar, \(\pm1,6\ \bullet ^ \ C\), Existem três tipos de eletrização: contato (quando um corpo carregado eletricamente toca em outro corpo); atrito (quando dois corpos eletricamente neutros se atritram); e indução (quando um corpo neutro se aproxima de um corpo carregado e depois o segundo se conecta a um fio terra). A carga do prótons é \(1,6\ \bullet ^ \ C\), a carga do elétrons é \(-1,6\ \bullet ^ \ C\) e a carga do nêutron é nula.