Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

Onde Ser A Copa De 2026?

Qual vai ser a próxima Copa do Mundo no Brasil?

Descubra quais países concorrem com o Brasil para ser sede do torneio; escolha será feita apenas em 2024. Estamos em contagem regressiva para a estreia da Copa do Mundo Feminina 2023, que vai de 20 de julho a 20 de agosto, na Austrália e Nova Zelândia.

Qual vai ser a próxima Copa América?

A identidade visual da CONMEBOL Copa América 2024™ é inspirada nos símbolos que representam o país anfitrião e pretende ser uma homenagem ao futebol, aos seus jogadores e aos fãs incondicionais que acompanham de perto a competição.

A CONMEBOL Copa América 2024™, que será disputada de 20 de junho a 14 de julho nos Estados Unidos, é o mais antigo e um dos mais prestigiados torneios de seleções do mundo.

A CONMEBOL revelou a imagem e o logotipo da nova edição da CONMEBOL Copa América 2024™. Em sua 48ª edição, a CONMEBOL Copa América™ refletirá a paixão do futebol do continente, os valores e as características da competição, bem como a conectividade que esse certame gera entre as nações do mundo todo.

Estamos muito emocionados com o novo começo do torneio de seleções mais antigo do mundo, onde os melhores jogadores, técnicos e torcedores estarão presentes. Vem aí uma nova edição que marcará a história e fará com que os corações de todo o continente batam mais forte”, afirmou o Presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez.

Com uma identidade de marca vibrante, a imagem da CONMEBOL Copa América 2024™ é inspirada nos símbolos dos Estados Unidos. Daí o uso de cores como azul, vermelho e branco, e elementos como as estrelas características da bandeira desse país, que, para esta ocasião, também simbolizam o céu e as grandes revelações desse esporte. Onde Ser A Copa De 2026 CONMEBOL Copa America ™ 2024 A CONMEBOL Copa América 2024™ será disputada nos Estados Unidos e incluirá as 10 equipes da CONMEBOL e seis equipes da CONCACAF como convidadas. Esse torneio tradicional será co-organizado por ambas as confederações. As seis equipes da CONCACAF se classificarão por meio da Liga das Nações CONCACAF 2023/24.

  • A fase de grupos e as quartas de final da terceira edição da competição serão disputadas durante as datas FIFA de setembro, outubro e novembro de 2023.
  • Esta será a 48ª edição de uma das competições mais importantes do continente, que contará com 16 participantes pela segunda vez em sua história, o mesmo número da edição de 2016, também realizada nos Estados Unidos.

Dez campeões sul-americanos da Copa do Mundo da FIFA™ e as maiores estrelas do futebol mundial estarão reunidos em campo para disputar as 32 partidas desta edição, em junho e julho de 2024. Vibra o Continente A CONMEBOL Copa América™ tem um poder incrível, faz com que tudo se mova, as emoções vibrarem e os corações dispararem.

Qual vai ser a próxima Copa do Mundo Feminina?

Como tem sido a campanha para o Brasil sediar a Copa do Mundo Feminina 2027? – A campanha realizada pela ministra Ana Moser para o Brasil sediar a Copa do Mundo Feminina 2027 consiste em justificar a importância desse evento para o desenvolvimento do futebol feminino na América do Sul e no Brasil, além de apresentar as vantagens que o nosso país tem para sediar o torneio.

Quem eliminou o Brasil na Copa de 2026?

Uruguaios vencem Brasil por 2 a 0 no Estádio Centenário; Time comandado por Fernando Diniz está em terceiro lugar na competição – Seleção Brasileira é derrotada pelo Uruguai nas Eliminatórias Créditos: Vitor Silva/CBF A Seleção Brasileira foi superada nesta terça-feira (17) pelo Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Com gols de Darwin Nuñez e De la Cruz, os donos da casa venceram por 2 a 0, no Estádio Centenário, palco da abertura do Mundial de 2030.

  • O Brasil está em terceiro lugar na competição, com sete pontos.
  • Os seis primeiros colocados se classificam de forma direta para a Copa do Mundo.
  • O sétimo lugar disputará repescagem.
  • GOLS URUGUAIOS Na única finalização ao gol no primeiro tempo, o Uruguai abriu o marcador.
  • Aos 41 minutos, Darwin Nuñez.
  • Ele aproveitou de cabeça o cruzamento de Maximiliano Araújo pela esquerda.

Aos 31 minutos do segundo tempo, De la Cruz ampliou para o Uruguai. Na pequena área, ele recebeu passe de Darwin Nuñez e fez o segundo gol. Com o resultado, Brasil ocupa o terceiro lugar nas Eliminatórias Créditos: Vitor Silva/CBF NEYMAR SE MACHUCA Logo após o primeiro gol do Uruguai, o Brasil sofreu outro duro golpe. O atacante Neymar se contundiu ao tentar uma jogada individual próximo ao meio-campo e caiu no gramado alegando dores na perna esquerda. Richarlison entrou no lugar do jogador. Neymar foi substituído por lesão ainda no primeiro tempo Créditos: Vitor Silva/CBF AGENDA O próximo compromisso da Seleção será no próximo mês. No dia 16 de novembro, a equipe comandada por Fernando Diniz enfrenta a Colômbia, em Barranquilla, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. No dia 21 de novembro, o Brasil encerra o ano no clássico contra a Argentina, no Maracanã. Uruguai x Brasil – Eliminatórias para a Copa do Mundo 2026 – Estádio Centenário, em Montevidéu Créditos: Vitor Silva/CBF BRASIL: Ederson; Yan Couto (David Neres); Marquinhos, Gabriel Magalhães e Carlos Augusto (Guilherme Arana); Casemiro, Bruno Guimarães (Raphael Veiga) e Neymar (Richarlison); Rodrygo, Vinicius Junior (Matheus Cunha) e Gabriel Jesus. Técnico – Fernando Diniz.

Onde vai ser os jogos do Brasil na Copa de 2026?

Nesta sexta-feira (8), o Brasil abre sua participação nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026 diante da Bolívia, no estádio Mangueirão, em Belém, às 21h45 (horário de Brasília). O começo da caminhada é também o primeiro compromisso de Fernando Diniz como técnico interino da seleção desde que foi anunciado para o cargo, em julho. Anunciado pela CBF em julho, o técnico interino comandará pela primeira vez a seleção brasileira masculina à beira do campo na noite desta sexta (8), na estreia contra a Bolívia, pelas Eliminatórias Sul-Americanas. – Vitor Silva/CBF/Direitos Reservados Os 23 convocados pelo comandante do Fluminense começaram a se apresentar para os treinos em Belém na última segunda-feira (4).

O último a chegar foi o atacante Gabriel Jesus, do Arsenal, chamado após a desconvocação de Antony, do Manchester United, investigado por agressões à ex-namorada Gabriela Cavallin. A expectativa é que Diniz leve a campo a seguinte formação: Ederson, Danilo, Marquinhos, Gabriel Magalhães e Renan Lodi; Casemiro, Bruno Guimarães, Neymar e Rodrygo; Raphinha e Richarlison.

Fora das primeiras listas depois da Copa de 2022, feitas por Ramon Menezes, Neymar, agora atuando no Al-Hilal, da Arábia Saudita, tem a chance de fazer história no Mangueirão. Se marcar, chega a 78 gols pelo Brasil, ultrapassa Pelé e se torna de forma isolada o maior artilheiro da história da seleção, de acordo com as contas da FIFA.

Vale lembrar que, para a CBF, que contabiliza outros gols em amistosos, Pelé marcou 95 gols com a camisa verde e amarela. Já se sabe que Neymar, assim como Pelé, usará a 10 nesta sexta-feira (8). A CBF divulgou a numeração para os dois próximos jogos da seleção pelas Eliminatórias. Outro ponto de interesse é ver como o estilo de Diniz será colocado em prática na seleção.

See also:  Esc 10mg Quando ComeA A Fazer Efeito?

Contratado para fazer a ponte para o próximo técnico que deve assumir a partir de 2024 – especula-se o nome do italiano Carlo Ancelotti, do Real Madrid – Diniz, que tem um ano de contrato, é conhecido por ser adepto da manutenção da posse de bola desde o campo de defesa e pela preocupação com o lado estético do jogo, pensando em praticar um futebol vistoso.

  1. Nove atletas do grupo atual já foram treinados por ele em algum momento da carreira.
  2. Outros ainda estão sendo apresentados aos conceitos do treinador, como o volante Casemiro, que foi o capitão da seleção nos últimos jogos.
  3. Nós sabemos que cada treinador tem sua filosofia, suas qualidades, sua forma de jogar.

O Fernando Diniz está nos mostrando vídeos, está nos dizendo como gosta de ver o time jogar. Já temos uma base que veio da Copa do Mundo. Não vai ser problema essa adaptação”, acredita Casemiro. Depois da Bolívia, o Brasil enfrentará o Peru, em Lima, na próxima terça-feira (12), às 23h de Brasília.

  • Com o aumento do número de participantes para 48 seleções na próxima Copa, agora as Eliminatórias Sul-Americanas fornecem seis vagas diretas e a possibilidade de mais uma na repescagem.
  • Como de costume, são dez países na disputa (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela) que se enfrentam em turno e returno, totalizando 18 partidas para cada equipe.

A última rodada está prevista para acontecer em 9 de setembro de 2025. As seis primeiras rodadas serão disputadas ainda em 2023.

Tem chance do Brasil voltar a Copa do Mundo?

A seleção brasileira de futebol tem 63% de chances de conquistar o hexacampeonato na Copa do Qatar, que começa neste domingo (20. mov.2022), caso vá à final do torneio.

Pode ter outra Copa do Mundo no Brasil?

Criado em 06/07/14 11h09 e atualizado em 02/01/15 15h05 Por Renata Martins Fonte: Portal EBC Foram 64 anos de espera para que o Brasil voltasse a sediar um dos maiores eventos esportivos do planeta. A primeira Copa do Mundo no país aconteceu em 1950 e também foi cercada de críticas e polêmicas sobre os gastos públicos com o evento.

Saiba mais sobre a Copa do Mundo de 1950 Acompanhe a cobertura completa da Copa 2014 A edição de 2014 começou desacreditada: o processo foi marcado por protestos contra a realização do mundial e por atraso nas obras, especialmente as relacionadas à mobilidade urbana. A imprensa nacional e internacional questionou o sucesso do evento.

Mas foi só a Copa do Mundo no Brasil começar, que já tem quem queira saber quando o país pode sediar novamente o Mundial. Assista: “Jornalistas estrangeiros consideram a Copa no Brasil a melhor da história” Creative Commons – CC BY 3.0 – Mas será que os brasileiros terão que esperar tanto tempo para ver de novo uma Copa do Mundo no país? Quais as chances e em quanto tempo o Brasil poderá sediar uma terceira Copa? As sedes de 2018, na Rússia (UEFA), e de 2022, Catar (AFC), já estão definidas,

  1. A expectativa agora é sobre quem poderá sediar a Copa do Mundo de 2026.
  2. A favor pesam até agora o sucesso do evento no país e a declaração do Secretário-Geral da Fifa, Jérôme Valcke.
  3. Dia 27 de junho, ao fazer o balanço da primeira fase da competição, Valcke sinalizou para as vagas de 2026 e 2030.
  4. Essa Copa do Mundo provou que, sim, podemos voltar a ter uma Copa na América.

Só não poderá ser em 2018 e 2022, mas para 2026 e 2030 já podem se candidatar”, disse o dirigente da Fifa. Pelo menos dois fatores pesam contra uma nova edição no Brasil já em 2026: o de que nenhum país sediou mais de duas Copas até o momento e o curto espaço de realização entre as edições.

  1. Além do Brasil, França, Itália, México e Alemanha (a primeira vez, antes da reunificação, aconteceu do lado ocidental) já receberam a competição duas vezes.
  2. Já os 16 anos que separaram a realização dos Mundiais de 1970 e 1986, no México – menor espaço de tempo em que um país demorou para voltar a sediar uma Copa -, só aconteceu em decorrência da desistência da Colômbia.

O intervalo dos demais países foi bem maior: 32 anos na Alemanha, 56 anos na Itália, 60 anos na França e o Brasil, que passou 64 anos para receber novamente a Copa. Histórico A Copa do Mundo da Fifa está na 20ª edição. Destas, dez foram realizadas no continente Europeu.

Quando começou em 1930, um acordo previa o revezamento entre Europa e as Américas. Assim, a primeira edição aconteceu no Uruguai, e em 1934, o evento foi realizado na Itália. Mas já na terceira edição, em 1938, a competição, que deveria ser sediado na América, aconteceu na França. A decisão fez com que a Argentina – provável sede daquele ano, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, México, Guiana Holandesa, Uruguai e os Estados Unidos desistissem de participar do mundial.

Confira o mapa das Copas: Em 1954 e 1958, na Suíça e Suécia, a Europa voltou a sediar seguidamente duas Copas. Com vantagem para o continente europeu, até 1998 todas as copas foram realizadas no eixo Europa-Américas. A situação começou a mudar em 1996, quando Japão e Coreia do Sul uniram-se e conseguiram sediar a Copa seis anos depois.

  1. Foi a primeira vez que uma Copa do Mundo foi realizada na Ásia.
  2. O mundial de 2002 também foi o único, até agora, a acontecer em dois países.
  3. A mudança se deu por decisão da Fifa, que instituia que o revezamento seria feito não mais entre Américas e Europa, e sim entre as seis confederações de futebol: Confederação Asiática de Futebol (AFC), Confederação Africana de Futebol (CAF), Confederation of North, Central American and Caribbean Association Football (Concacaf), Union of European Football Associations (Uefa), Oceania Football Confederation e Confederação Sulamericana de Futebol (Conmebol).

Por essa nova lógica de rodízio, dificilmente o Brasil sediará novamente uma Copa, pelo menos não nas próximas três edições. E, mesmo que o Mundial venha novamente para um país da Conmebol, dificilmente membros com grande tradição no futebol, como Argentina e Uruguai, não entrem na briga pela sede.

Os Estados Unidos, da Concacaf, que perderam a disputa para o Catar também podem voltar a se candidatar para receber o Mundial pela segunda vez. Quando o Mundial no Brasil acabar, no próximo dia 13 de julho, será a hora de analisar os resultados do megaevento para o Brasil, porque, além da festa e do futebol, a Copa do Mundo é um grande negócio.

Creative Commons – CC BY 3.0

See also:  O Que EspaçO GeográFico?

Onde será a próxima Copa 2034?

Anúncio foi feito pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino; país era o único candidato depois da desistência da Austrália Onde Ser A Copa De 2026 Com a decisão, as próximas 3 edições da competição serão realizadas em 5 continentes e em 10 países diferentes PODER360 31.out.2023 (terça-feira) – 18h33 A Arábia Saudita será o país-sede da Copa do Mundo de 2034. A informação foi confirmada pelo presidente da Fifa (Federação Internacional de Futebol), Gianni Infantino, em publicação em seu perfil no Instagram nesta 3ª feira (31.out.2023).

No texto, Infantino comemorou a decisão e destacou que nas próximas edições da competição o evento será realizado em 5 continentes e em 10 países diferentes. A decisão só será oficializada em maio de 2024, no próximo Congresso da Fifa, na Tailândia. “O maior show da Terra será organizado por Canadá, México e Estados Unidos em 2026 – na América do Norte.

As próximas duas edições da Copa do Mundo FIFA serão sediadas na África (Marrocos) e na Europa (Portugal e Espanha) – com 3 partidas comemorativas disputadas na América do Sul (Argentina, Paraguai e Uruguai) – em 2030 e na Ásia (Arábia Saudita) em 2034″, disse.

Já era esperado que o país árabe sediasse a competição. No começo de outubro, a Arábia Saudita confirmou a intenção e recebeu o apoio de vizinhos asiáticos. Além do país árabe, a única nação que havia manifestado interesse havia sido a Austrália, que desistiu de concorrer na manhã desta 3ª (31.out). Com o novo formato, assim como nas edições de 2026 e 2030, a competição será disputada por 48 seleções e terá 104 partidas,

Pelas regras da Fifa, o país-sede da competição recebe vaga direta no torneio. Com isso, a Arábia Saudita já está garantida na edição de 2034. Com isso, estão definidas as sedes das 3 próximas edições:

2026 – Estados Unidos, México e Canadá; 2030 – Espanha, Portugal e Marrocos -Uruguai, Argentina e Paraguai terão só os 3 jogos de abertura ; 2034 – Arábia Saudita.

Em que local vai ser a Copa América de 2024?

A Confederação Sul-Americana de Futebol apresentou nesta segunda-feira (17) a nova identidade visual da CONMEBOL Copa América 2024™, em um evento celebrado na sede da instituição, em Luque – Paraguai, com um show de mapping e de fogos de artifício. ‘Hoje damos início ao torneio de seleções mais antigo do mundo.

Onde será a Copa América 2028?

Copa América de 2024

XLVIII Copa América
Estados Unidos 2024
Anfitrião Estados Unidos
Período 20 de junho – 14 de julho
◄◄ 2021 2028 ►►

Onde vai ser a final da Copa América 2024?

A identidade visual da CONMEBOL Copa América 2024™ é inspirada nos símbolos que representam o país anfitrião e pretende ser uma homenagem ao futebol, aos seus jogadores e aos fãs incondicionais que acompanham de perto a competição.

A CONMEBOL Copa América 2024™, que será disputada de 20 de junho a 14 de julho nos Estados Unidos, é o mais antigo e um dos mais prestigiados torneios de seleções do mundo.

A CONMEBOL revelou a imagem e o logotipo da nova edição da CONMEBOL Copa América 2024™. Em sua 48ª edição, a CONMEBOL Copa América™ refletirá a paixão do futebol do continente, os valores e as características da competição, bem como a conectividade que esse certame gera entre as nações do mundo todo.

“Estamos muito emocionados com o novo começo do torneio de seleções mais antigo do mundo, onde os melhores jogadores, técnicos e torcedores estarão presentes. Vem aí uma nova edição que marcará a história e fará com que os corações de todo o continente batam mais forte”, afirmou o Presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez.

Com uma identidade de marca vibrante, a imagem da CONMEBOL Copa América 2024™ é inspirada nos símbolos dos Estados Unidos. Daí o uso de cores como azul, vermelho e branco, e elementos como as estrelas características da bandeira desse país, que, para esta ocasião, também simbolizam o céu e as grandes revelações desse esporte. Onde Ser A Copa De 2026 CONMEBOL Copa America ™ 2024 A CONMEBOL Copa América 2024™ será disputada nos Estados Unidos e incluirá as 10 equipes da CONMEBOL e seis equipes da CONCACAF como convidadas. Esse torneio tradicional será co-organizado por ambas as confederações. As seis equipes da CONCACAF se classificarão por meio da Liga das Nações CONCACAF 2023/24.

A fase de grupos e as quartas de final da terceira edição da competição serão disputadas durante as datas FIFA de setembro, outubro e novembro de 2023. Esta será a 48ª edição de uma das competições mais importantes do continente, que contará com 16 participantes pela segunda vez em sua história, o mesmo número da edição de 2016, também realizada nos Estados Unidos.

Dez campeões sul-americanos da Copa do Mundo da FIFA™ e as maiores estrelas do futebol mundial estarão reunidos em campo para disputar as 32 partidas desta edição, em junho e julho de 2024. Vibra o Continente A CONMEBOL Copa América™ tem um poder incrível, faz com que tudo se mova, as emoções vibrarem e os corações dispararem.

Onde será a próxima Copa do Mundo masculino?

Onde a próxima Copa será disputada? – A próxima Copa do Mundo em 2026 será realizada nos Estados Unidos, Canadá e México, marcando a primeira vez que o torneio será compartilhado por três países diferentes. Os jogos serão realizados em 16 cidades-sedes da América do Norte, anunciadas pela Fifa em junho de 2022. Confira a distribuição:

os Estados Unidos sediarão jogos em Seattle, São Francisco, Los Angeles, Kansas City, Dallas, Atlanta, Houston, Boston, Filadélfia, Miami e Nova York/Nova Jersey;o México sediará partidas na Cidade do México, Guadalajara e Monterrey;o Canadá sediará jogos em Vancouver e Toronto.

Onde vai ser a próxima Copa do Mundo Feminina 2026?

Então, toda a parte de infraestrutura e maquinário desportivo já existe no Brasil. Temos candidatos fortes, é claro. A África do Sul sediou a Copa de 2010. Estados Unidos e México serão sedes em conjunto da edição de 2026.

Qual é o maior campeão da Copa do Mundo feminino?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino
Copa do Mundo Feminina
Troféu entregue à seleção campeã.
Dados gerais
Organização Federação Internacional de Futebol (FIFA)
Edições 9
Outros nomes Mundial Feminino Copa do Mundo Feminina
Local de disputa País escolhido durante congresso da FIFA
Número de equipes 32
Sistema Grupos e eliminatória
Dados históricos

/td>

Estatísticas

/td> Edição atual editar

A Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino (em inglês, FIFA Women’s World Cup ) é uma competição internacional de futebol disputada pelas seleções femininas associadas a Federação Internacional de Futebol (FIFA), o órgão regulador internacional do esporte.

  1. A competição é realizada a cada quatro anos – um ano após a Copa do Mundo FIFA masculina – desde 1991, quando a edição inaugural, foi realizada na China,
  2. No formato atual da competição, as seleções disputam 31 vagas em uma fase de qualificação de três anos.
  3. A seleção do país anfitrião é automaticamente classificada com a 32ª vaga.

As nove edições da Copa do Mundo Feminina foram vencidas por cinco seleções. Os Estados Unidos já venceram quatro vezes, seguidos da Alemanha, com dois títulos, e Japão, Noruega e Espanha com um título cada. Esta última é a atual campeã após vencer a edição de 2023 na Austrália e Nova Zelândia,

Seis países já sediaram a Copa do Mundo Feminina. China e Estados Unidos já sediaram o torneio duas vezes, enquanto Canadá, França, Alemanha e Suécia já sediaram uma vez. A Austrália e a Nova Zelândia sediaram a competição em 2023, tornando-a a primeira edição a ser realizada no Hemisfério sul, a primeira Copa do Mundo Feminina a ser sediada por dois países e a primeira competição da FIFA para homens ou mulheres a ser realizada em duas confederações.

Além disso, existem outras competições juvenis como a Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino Sub-20 e a Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino Sub-17, ambas organizadas pela FIFA.

Quantas seleções Sul-americanas se classificam para Copa do Mundo 2026?

De olho na Copa do Mundo de 2026, dez seleções sul-americanas se enfrentam nas Eliminatórias Sul-Americanas. São seis vagas diretas para o torneio e mais uma para a repescagem internacional. Ou seja, até sete seleções podem se classificar para o Mundial.

Quem está ganhando no jogo do Brasil?

Brasil x Gana: Seleção vence por 3×0 com dois de Richarlison ; veja os lances.

De quem foi o gol do Brasil de hoje?

Brasil vence com gol de Casemiro e garante classificação na Copa.

Quando começam as eliminatórias Sul-americanas para a Copa de 2026?

Dez times sul-americanos brigam por seis vagas diretas para a competição. Confira todos os resultados e a classificação atualizada (Vitor Silva/CBF) A partir do dia 7 de setembro de 2023 até 2025, serão realizadas as Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo de 2026, Ao longo de dois anos de competição, dez seleções brigarão por seis vagas diretas maior competição de futebol do planeta.

Vale lembrar que esta será a primeira vez que o Mundial de futebol masculino terá 48 seleções participantes. Desta forma, estarão em jogo também duas agas a mais nas Eliminatórias Sul-americanas, uma vez que, nas edições anteriores, as quatro melhores equipes se classificavam diretamente e a quinta disputava uma repescagem.

MAIS | Seleção Brasileira: lista com todos os convocados da Era Fernando Diniz

Quando o Brasil vai jogar as eliminatórias da Copa do Mundo?

Como chegam as duas seleções? – Argentina e Brasil largaram com folga na frente dos demais rivais nas Eliminatórias para a Copa de 2026. Enquanto a Argentina segue 100% na competição (três vitórias, três jogos e nove pontos), o Brasil vem logo atrás (três jogos, duas vitórias e sete pontos).

  • Será o primeiro confronto entre Brasil e Argentina depois da Copa do Mundo de 2022,
  • Vale lembrar que o duelo entre brasileiros e argentinos era um dos mais aguardados do Mundial do Qatar, mas a seleção brasileira caiu nos pênaltis contra a Croácia nas quartas de final da competição.
  • Outro fator que cabe ressaltar é que Brasil e Argentina se enfrentaram apenas uma vez nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Em novembro de 2021, em San Juan, as equipes empataram sem gols. O jogo que seria realizado na Neo Química Arena foi adiado devido a pandemia da covid e nunca mais foi realizado. O duelo de novembro marcará o encontro de um Brasil em reconstrução, agora comandado pelo técnico Fernando Diniz, contra uma Argentina embalada pela conquista do tricampeonato mundial em 2022.

Qual vai ser o primeiro jogo do Brasil em 2026?

Brasil enfrenta Bolívia e Peru nos dias 8 e 12 de setembro; veja os confrontos – A Conmebol divulgou, nesta quarta-feira, as datas e os horários dos jogos das duas primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026, O Brasil enfrentará a Bolívia no dia 8 de setembro, às 21h45 (de Brasília), e encara o Peru no dia 12 de setembro, às 23h,

Paraguai x Peru – 07/09, 19h30 (de Brasília)Colômbia x Venezuela – 07/09, 20h (de Brasília)Argentina x Equador – 07/09, 21h (de Brasília)Uruguai x Chile – 08/09, 20h (de Brasília) Brasil x Bolívia – 08/09, 21h45 (de Brasília)

Bolívia x Argentina – 12/09, 17h (de Brasília)Equador x Uruguai – 12/09, 18h (de Brasília)Chile x Colômbia – 12/09, 21h30 (de Brasília) Peru x Brasil – 12/09, 23h (de Brasília) Venezuela x Paraguai – 12/09, 19h (de Brasília)

Fernando Diniz comandará o Brasil nas primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas — Foto: Ricardo Moraes/Reuters O jogo da Seleção contra a Bolívia, no dia 8, acontecerá no Mangueirão, em Belém. O jogo contra o Peru, quatro dias depois, será sediado no estádio Monumental de Lima. Onde Ser A Copa De 2026 Diniz fala sobre questão ética em assumir Seleção Brasileira e Fluminense: “É uma chance da gente mostrar que o futebol não está acima da ética”

Quantas seleções da América do Sul vai para copa-2026?

São seis vagas diretas para o torneio e mais uma para a repescagem internacional. Ou seja, até sete seleções podem se classificar para o Mundial. + Você quer trabalhar no seu clube do coração? Matricule-se no curso Gestor de Futebol e entenda como!

Porque Vinicius Junior não foi convocado?

Raphinha foi convocado no lugar de Vinicius Jr Créditos: Lucas Figueiredo/CBF O atacante Vinicius Jr, do Real Madrid, foi desconvocado da Seleção Brasileira Principal. O médico da Seleção, Dr. Rodrigo Lasmar, entrou em contato com o departamento médico do Real Madrid, que enviou o laudo dos exames.

Quando o Brasil vai jogar as eliminatórias da Copa do Mundo?

Como chegam as duas seleções? – Argentina e Brasil largaram com folga na frente dos demais rivais nas Eliminatórias para a Copa de 2026. Enquanto a Argentina segue 100% na competição (três vitórias, três jogos e nove pontos), o Brasil vem logo atrás (três jogos, duas vitórias e sete pontos).

Será o primeiro confronto entre Brasil e Argentina depois da Copa do Mundo de 2022, Vale lembrar que o duelo entre brasileiros e argentinos era um dos mais aguardados do Mundial do Qatar, mas a seleção brasileira caiu nos pênaltis contra a Croácia nas quartas de final da competição. Outro fator que cabe ressaltar é que Brasil e Argentina se enfrentaram apenas uma vez nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Em novembro de 2021, em San Juan, as equipes empataram sem gols. O jogo que seria realizado na Neo Química Arena foi adiado devido a pandemia da covid e nunca mais foi realizado. O duelo de novembro marcará o encontro de um Brasil em reconstrução, agora comandado pelo técnico Fernando Diniz, contra uma Argentina embalada pela conquista do tricampeonato mundial em 2022.