Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

O Que Reciprocidade?

O que significa o que é reciprocidade?

Reciprocidade significa dar e receber, por isso, é uma condição essencial para a qualidade das relações entre as pessoas. A reciprocidade é uma particularidade de enorme valor na sociedade, porque de acordo com a psicologia social as relações mútuas contribuem para a conservação de normas sociais.

O que é recíproco no amor?

O que significa Recíproco: – Recíproco significa algo presente numa relação entre duas partes, quando existindo de um lado, existe de igual modo no outro. Ou seja, é algo mútuo. Por exemplo, a expressão “ódio recíproco” significa que “ódio” é o sentimento partilhado por ambas as partes, podendo ser duas pessoas ou dois grupos.

Se uma pessoa diz: “prezo muito a nossa amizade” e ouve a resposta “o recíproco é verdadeiro”, significa que essa última tem o mesmo sentimento. No caso da expressão ” amor recíproco “, o recíproco indica que o amor é correspondido. Um acordo recíproco tem o mesmo significado de bilateral, ou seja, é um acordo comum entre as duas partes envolvidas.

Neste caso, recíproco é sinônimo de mútuo e envolve as mesmas obrigações para as duas partes que compõem o acordo. Alguns sinônimos de recíproco são: mútuo, correspondente, bilateral, correspondido, mutual e retribuído.

O que é reciprocidade na vida?

O que é esse princípio? – Ser recíproco é devolver à outra pessoa, na mesma medida, aquilo que ela proporcionou a você. Isso vale tanto para coisas mais simples, como pequenos favores do dia a dia, quanto para situações mais específicas, como empréstimos e troca de presentes.

  1. A reciprocidade é, portanto, uma correspondência mútua entre as pessoas.
  2. Ela se baseia na ideia de tratar os outros com respeito para, assim, merecer ser respeitado da mesma maneira.
  3. De acordo com o sociólogo Alvin Gouldner, essa atitude se encontra nas mais diversas culturas e sociedades, sendo algo universal.

Com isso, você já deve ter ideia de como esse princípio é poderoso, certo? Mas como ele acontece exatamente?

Como agir com reciprocidade?

Quando duas pessoas decidem desenvolver um relacionamento saudável e recíproco, é importante que elas dediquem um tempo para falar sobre seus valores pessoais, objetivos e quais as suas expectativas. Outro princípio importante a ser desenvolvido para atingir a reciprocidade no relacionamento é o respeito.

Como ter reciprocidade no relacionamento?

Como funciona a reciprocidade em relacionamentos? – Qualquer relacionamento depende da reciprocidade para ser bom para todos os envolvidos. Isso vale para relações familiares, amorosas, profissionais e de amizade. Aquele que é recíproco garante uma relação justa, saudável e positiva para todos.

Para que fique mais claro, imagine um em que uma das partes ama muito e a outra não corresponde. Essa dinâmica não funciona porque não há reciprocidade, então, alguém dá mais do que recebe. Ser recíproco se baseia no respeito mútuo, afeto e consideração pelo outro. Ações reais precisam reforçar essa consideração para deixar a outra parte segura.

A partir do exemplo fica mais fácil entender o que é a reciprocidade no amor. Trata-se de ouvir o outro e ser ouvido por ele. Compreender e ser compreendido é crucial para que se estabeleça uma troca positiva. Estar em uma relação recíproca é algo que edifica o amor e o transforma em algo transcendente.

Quais os tipos de reciprocidade?

Quanto ao aspecto comportamental, a reciprocidade apresenta duas formas: uma positiva e outra negativa.

Quem ama é recíproco?

O que é amor recíproco e qual é a sua importância? – Portal O Que Reciprocidade O amor é um sentimento nobre e que floresce entre diferentes pessoas e de diferentes formas ao longo da vida. Ele é naturalmente positivo quando o amor sentido da pessoa A para a pessoa B é também sentido da pessoa B para a pessoa A, isto é, quando há reciprocidade.

“Reciprocidade” é uma palavra que representa muito bem a retribuição, o devolver o bem com o bem. Quando se trata de relações humanas, o amor recíproco se mostra como a base fundamental para a criação de laços poderosos, em que há cumplicidade, entrega, apoio e compartilhamento. Sem reciprocidade, os relacionamentos entram em desequilíbrio, pois é exatamente esse doar e receber que os torna equilibrados e sólidos.

Neste artigo, vamos compreender melhor:

  • O que é o amor recíproco;
  • Qual é a sua importância;
  • Quais são os sinais de uma relação em que não existe reciprocidade;
  • O que fazer se você estiver em uma relação assim;

Para saber mais sobre o tema, é só dar continuidade à leitura a seguir! O que é amor recíproco? O amor é um sentimento composto por diversas emoções de uma pessoa para outra: admiração, afeto, carinho, atenção, bem-querer, confiança, cumplicidade, harmonia, respeito etc.

Esse sentimento pode surgir entre diferentes pessoas e de formas completamente distintas: entre pais e filhos, entre irmãos, entre namorados, entre amigos, e por aí vai. O conceito de reciprocidade, por sua vez, consiste na correspondência e na mutualidade de sentimentos. Se você ama o seu namorado, e o seu namorado ama você, por exemplo, estamos diante de uma relação de amor recíproco.

Os relacionamentos prosperam quando as pessoas envolvidas se doam uma à outra, demonstrando o que sentem, oferecendo apoio, enfim, compartilhando tanto os momentos de alegria quanto os desafiadores. É esta a essência do amor recíproco: compartilhar, trocar, agregar.

  • Talvez você já tenha vivido um relacionamento sem reciprocidade, ou ao menos presenciado, com pessoas conhecidas, relacionamentos em que apenas uma parte está realmente disposta a fazer as coisas darem certo.
  • E isso não se aplica apenas a namoros ou casamentos, mas também às amizades.
  • Quando apenas uma pessoa se doa, sem receber qualquer retribuição, ela se frustra e sente como se estivesse vivendo o relacionamento sozinha, o que, de alguma forma, é verdade.

Mesmo que conte com uma companhia física, emocionalmente o indivíduo está só. E nenhum ser humano merece viver algo assim, dedicando-se a uma relação em que não há reciprocidade. John Lennon, que costumava falar muito sobre o amor nas suas composições, comparou o sentimento a uma planta preciosa, que não pode ser simplesmente deixada de lado, mas sim que precisa ser regada, cuidada, nutrida.

  1. E o amor é realmente isto: um sentimento vivo porque é humano e que, assim como nós, precisa de certos cuidados.
  2. Por que o amor recíproco é importante? Em uma relação amorosa, nem sempre os envolvidos têm a mesma opinião ou as mesmas vontades no momento.
  3. Dessa forma, às vezes a pessoa A tem que ceder em favor da pessoa B, e, em outras vezes, é a pessoa B quem tem que ceder em favor da pessoa A.

Esse equilíbrio só existe por conta da reciprocidade. Se os dois se amam, conseguem conduzir a relação de forma harmônica. No entanto, se o relacionamento não é recíproco, apenas a pessoa A ama a pessoa B, mas a pessoa B não ama a pessoa A, ao menos não da mesma maneira.

See also:  Quanto Mais Branco Mais Sujo Fica?

Isso gera um desequilíbrio grave, em que apenas a pessoa A cederá, mas nunca a pessoa B. Em longo prazo, ou talvez não tão longo assim, começam a surgir os conflitos, as cobranças e um sofrimento intenso da parte de quem ama e não é correspondido. Por isso, o ideal é sempre procurar um amor recíproco.

Não vale a pena dedicar-se com tanto fervor a alguém que não responde da mesma maneira aos seus sentimentos. Como identificar um amor recíproco? O amor recíproco pode ser difícil de explicar racionalmente, mas é fácil de perceber emocionalmente. Ele surge quando você percebe que os seus sentimentos são correspondidos pela outra pessoa.

  • Existe uma conexão equivalente, baseada na confiança e na admiração de uma pessoa pela outra, e vice-versa.
  • Esse amor é também mais tranquilo e harmônico, sem ser desenvolvido sobre uma relação de possessividade, ciúme, controle e agressividade.
  • O amor recíproco também dá sinais quando a pessoa sente que pode ser ela mesma na relação, sabendo que, mesmo tendo pontos de desenvolvimento, o outro não deixará de amá-la por conta deles.

Dessa maneira, é importante que os envolvidos em uma relação amorosa demonstrem esse amor com alguma constância, o que pode ser feito por meio de palavras, atitudes, entre outras linguagens do amor.5 perguntas sobre amor recíproco para fazer a si mesmo O autoquestionamento é uma ferramenta poderosa para se conhecer melhor e entender diversas áreas da vida, o que inclui verificar se há reciprocidade nos seus relacionamentos.

  1. Essa pessoa o apoia emocionalmente? Ela o ajuda a superar um momento delicado ou o encoraja a realizar algo que gostaria?
  2. Ela está ao seu lado nos momentos marcantes da sua vida?
  3. Você sente que pode ser totalmente honesto com essa pessoa, mesmo que o que disser possa gerar um conflito?
  4. Ela inspira você de alguma maneira, seja por palavras, seja por atitudes?
  5. Você sente que essa pessoa se preocupa contigo e deseja o seu bem?

Não há pontuação para as perguntas e nem um resultado padrão, uma vez que a intenção é apenas gerar reflexão. Também é preciso consultar a intuição, que é um importante termômetro quando se trata de sentimentos, afinal, costumamos sentir de alguma forma quando nos doamos, e a retribuição não vem.

  • Os diálogos são evitados;
  • Os encontros são desmarcados com alguma frequência, ou não transcorrem com alegria;
  • O ciúme de uma pessoa pela outra torna a relação sufocante, pois limita a liberdade do companheiro;
  • Chantagens emocionais são feitas para que a pessoa convença o companheiro sobre algo;
  • Discussões se tornam cada vez mais frequentes, muitas vezes com agressividade verbal, psicológica ou física;
  • Uma das partes não demonstra carinho ou atenção pela outra — ao menos não na mesma proporção;
  • Uma das partes ameaça encerrar a relação por motivos de pouca importância, fazendo com que a outra se sinta descartável;
  • Um dos envolvidos começa a sentir medo de expor o que sente ao outro, por receio de que a relação termine. Começa a existir um comportamento de submissão e passividade em relação à pessoa amada;
  • Apenas um dos envolvidos se esforça para que a relação tenha paixão, alegria, respeito e confiança;
  • Essa pessoa frequentemente precisa lembrar a si mesma do porquê de estar envolvida naquela relação.

O que fazer se eu estiver envolvido em um amor sem reciprocidade? O grande problema da questão da reciprocidade é que a ausência dela nunca se revela desde o início. O começo das relações sempre parece recíproco, havendo declarações de amor e um comportamento afetuoso.

  • Todavia, com o passar do tempo, os sinais acima começam a aparecer, dando indícios de que uma das partes está mais apaixonada do que a outra.
  • O fato de ser comum não torna a situação menos dolorosa, pois é sofrido não ser correspondido.
  • O sentimento de dói tanto que, em alguns casos, se torna uma dor física.

A boa notícia, porém, é que, como tudo na vida, isso passa, pois a vida é feita de ciclos, e nada permanece igual para sempre. Por mais que pareça que o sofrimento de um amor não correspondido nunca vai passar, ele vai. A dor se transforma e se torna um aprendizado que nos fortalece.

Entretanto, para que isso aconteça, é preciso reconhecer que você está em uma relação em que não há equilíbrio. Existem pessoas que mentem para si mesmas por medo de perderem quem ama, se submetendo a algo doloroso, por medo de sofrerem uma dor que consideram ainda maior. Se você perceber que não há reciprocidade no amor, não há o que fazer, é preciso terminar a relação (a não ser que seja um familiar, é claro).

Você não pode forçar a outra pessoa a amá-la, já que ninguém manda nos sentimentos de ninguém. Por mais que no passado existam memórias felizes, com amor e união, é preciso aceitar a realidade do momento presente, que indica que a paixão terminou para a outra pessoa.

Quando a paixão é recíproca?

O que é paixão? – A paixão costuma ser um sentimento separado do amor. Isso quer dizer que a paixão precisa do amor, mas o amor funciona necessariamente apenas quando há paixão, Ela é definida como a vontade intensa de estar com a pessoa querida a qualquer momento.

  1. Esse tipo de amor normalmente está presente durante os primeiros estágios de uma relação.
  2. Duas pessoas apaixonadas costumam ter sentimentos fortes entre si, sempre querendo estar próximo, pensando nessa pessoa a todo momento e experienciando estresse ao estarem separados.
  3. Existem dois tipos de paixão, a recíproca e a não recíproca.

Quando há paixão recíproca, duas pessoas sentem uma atração mútua e decidem se unir em uma relação e expressar seus sentimentos. Já na paixão não recíproca, uma das pessoas não sente a mesma coisa, ou os dois são impedidos de estar juntos. Isso pode causar desespero, ansiedade e solidão.

O que é a falta de reciprocidade?

Desestímulo do parceiro – O desânimo pode vir de várias formas – sexual, interesse na conversa, falta de motivação para discutir a relação, dentre outras coisas. Nem sempre um namoro sem correspondência é só quando você quer casar e o outro não. Há mais sinais.

Quando você percebe que não há reciprocidade para conversar o que deve ser mudado no envolvimento é um forte sinal de que a relação só se sustenta por causa de você. Relacionamento sem reciprocidade é quando seu parceiro não vibra por você. A pessoa que você ama não se alegra com suas conquistas, te inferioriza, e não quer evoluir com você.

Não há elogios sinceros, críticas construtivas e vontade de estar em sua companhia. Só há uma presença apática como se o relacionamento ocupasse eternamente a zona de conforto. É muito comum parceiros inseguros que tentam minimizar o outro para se sentirem superiores.

See also:  Qual O Significado Da Tatuagem Da Medusa?

Como saber se a pessoa é recíproca?

Mas, como saber se a recíproca é verdadeira? – Como ficou claro até esse ponto do artigo, a reciprocidade é algo essencial para ter uma vida saudável e feliz. No entanto, nem sempre conseguimos identificar com clareza se ela é ou não verdadeira. Mas, e se dissermos que é mais fácil do que parece identificar se é ou não de verdade? O segredo está em observar se a pessoa em questão age conforme aquilo que ela diz.

As ações têm muito mais valor do que as palavras. Reciprocidade verdadeira é demonstrada através de ações e não de palavras. Atitudes verdadeiramente recíprocas são aquelas que acontecem através de uma forma afirmativa e saudável. Quando a outra parte não mede esforços para corresponder, é sinal de que está sendo reciprocamente verdadeiro.

Tem ainda o ponto de que ninguém consegue sustentar um personagem por muito tempo. Com certeza você já percebeu alguém que parecia ter um posicionamento, mas na prática agia de outra forma. Em algum momento, os indivíduos acabam se entregando. A dica é basicamente ficar atento às atitudes do outro para identificar se existe uma reciprocidade verdadeira.

Como posso ser recíproco?

Como funciona a reciprocidade em relacionamentos? – Qualquer relacionamento depende da reciprocidade para ser bom para todos os envolvidos. Isso vale para relações familiares, amorosas, profissionais e de amizade. Aquele que é recíproco garante uma relação justa, saudável e positiva para todos.

Para que fique mais claro, imagine um em que uma das partes ama muito e a outra não corresponde. Essa dinâmica não funciona porque não há reciprocidade, então, alguém dá mais do que recebe. Ser recíproco se baseia no respeito mútuo, afeto e consideração pelo outro. Ações reais precisam reforçar essa consideração para deixar a outra parte segura.

A partir do exemplo fica mais fácil entender o que é a reciprocidade no amor. Trata-se de ouvir o outro e ser ouvido por ele. Compreender e ser compreendido é crucial para que se estabeleça uma troca positiva. Estar em uma relação recíproca é algo que edifica o amor e o transforma em algo transcendente.

Qual é o sinônimo de reciprocidade?

Característica do que é recíproco: 1 reciprocação, recíproca, mutualidade, correspondência, correlação, proporção, interdependência, solidariedade.

Por que a reciprocidade é importante?

Os psicólogos afirmam: a reciprocidade não é apenas importante no relacionamento. Ela é um princípio valioso para a vida. A reciprocidade e a cooperação são valiosas para a nossa vida pois todos temos pontos fortes e fracos. E é importante trabalhar junto com outras pessoas para atingirmos felicidade e bem-estar.

É possível amar sem reciprocidade?

Não é possível amar sem esperar nada em troca, algumas vezes usamos termos como amor incondicional para tornar maior do que realmente é, mas não existe isso, por ninguém. Mesmo quando amamos quem não nos ama, esse sentimento só existe enquanto há esperança de um mínimo de reciprocidade.

Qual é a diferença entre empatia e reciprocidade?

Mas, qual é a diferença entre empatia e reciprocidade? – Há alguns pontos diferenciais entre empatia e reciprocidade. O primeiro deles é que a empatia não precisa de nenhum estímulo, isto é, não é necessário que o outro aja dessa ou daquela forma para sermos empáticos.

  • A pessoa que é empática o será independentemente da forma como a outra parte agir.
  • Já a reciprocidade é uma resposta de acordo com o estímulo dado pela outra parte.
  • Se uma pessoa é simpática conosco, a tendência é sermos simpáticas com ela de volta.
  • O segundo ponto que diferencia a empatia da reciprocidade é a compreensão do outro.

A empatia se baseia no entendimento do outro, em entender o seu ponto de vista e respeitar a sua visão de mundo. Por sua vez, a reciprocidade significa agir em reflexo ao que recebemos do outro sem necessariamente precisar compreender aquilo que nos está sendo dado.

Em suma, as diferenças centrais entre empatia e reciprocidade são a motivação e o nível de compreensão do outro que cada uma oferece. Ser empático não demanda receber nada de antemão, apenas colocar em prática uma característica interna. Para ser recíproco, no entanto, é preciso receber uma primeira ação do outro.

Além disso, a empatia precisa da compreensão da outra pessoa enquanto a reciprocidade é uma resposta quase automática. Gostou de entender mais profundamente a empatia e a reciprocidade? Comente abaixo!

O que é reciprocidade entre um casal?

Afinal, o que é reciprocidade? – A reciprocidade pode ser definida como uma troca realizada entre duas ou mais pessoas. Ser recíproco nas suas relações é determinante para viver de forma equilibrada. A e a tranquilidade dependem de trocas saudáveis em diferentes relações.

O que significa reciprocidade entre um casal?

O que é Reciprocidade: – Reciprocidade é um substantivo feminino que significa mutualidade, representando a característica do que é recíproco, Reciprocidade significa dar e receber, por isso, é uma condição essencial para a qualidade das relações entre as pessoas.

A reciprocidade é uma particularidade de enorme valor na sociedade, porque de acordo com a psicologia social as relações mútuas contribuem para a conservação de normas sociais. O conceito de reciprocidade está presente em várias culturas e religiões e é apresentada como uma norma imprescindível para uma convivência saudável.

A reciprocidade é essencial para a definição das normas morais que orientam as ações. O princípio da reciprocidade é o que determina a chamada Regra de Ouro: “não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você”. A reciprocidade é uma característica essencial na amizade e nos relacionamentos amorosos.

Cada pessoa deve ser capaz de retribuir os sentimentos de amor e amizade em relação a outras pessoas, assim como deve ser capaz de demonstrar e retribuir essa amizade através de ações e não só de palavras. No amor, a condição de reciprocidade é imprescindível para que esse amor seja correspondido. Por exemplo, uma pessoa que sempre pede ajuda a um amigo, mas nunca está disponível para o ajudar quando ele precisa, não é um bom amigo.

Uma amizade assim não é dotada de reciprocidade. No contexto da linguística, mais concretamente na semântica, a reciprocidade é a correspondência existente entre duas palavras que têm sentidos opostos, mas apresentam uma relação de conformidade mútua, por exemplo, comprar-vender.

  • Na filosofia, Kant descreveu a reciprocidade como a capacidade intelectual através da qual se torna compreensível a relação entre dois ou mais elementos do mundo comum, mutuamente percebidos, de aspecto e forma integrantes.
  • Nesse caso, a definição de um, resulta necessariamente no outro, por exemplo, a reciprocidade entre liberdade e moralidade.
See also:  Corticoide Para Que Serve?

A reciprocidade também é um conceito importante no âmbito das relações internacionais e acontece quando um determinado país dá e recebe direitos ou vantagens para outro país. Veja também recíproco e vice-versa, O Significados conta com uma equipe de especialistas e entusiastas para produzir, organizar e revisar os conteúdos. Outros conteúdos que podem interessar

É preciso ter reciprocidade?

Os psicólogos afirmam: a reciprocidade não é apenas importante no relacionamento. Ela é um princípio valioso para a vida. A reciprocidade e a cooperação são valiosas para a nossa vida pois todos temos pontos fortes e fracos. E é importante trabalhar junto com outras pessoas para atingirmos felicidade e bem-estar.

O que a Bíblia fala sobre reciprocidade?

– AMOR RECÍPROCO É 100% BÍBLICO. – NINGUÉM ESTÁ OBRIGADO A UM AMOR SEM RECIPROCIDADE. – NINGUÉM DEVE NADA A UM IRMÃO QUE NÃO É RECÍPROCO.

Quando a pessoa retribui?

Aprenda como a reciprocidade se desenvolve, tipos de reciprocidade, como ela é usada e o impacto da reciprocidade em relacionamentos – A reciprocidade é um processo de troca de coisas com outras pessoas para obter um benefício mútuo. A norma da reciprocidade (às vezes chamada de regra da reciprocidade) é uma norma social em que, se alguém fizer algo por você, você se sentirá obrigado a retribuir o favor. Se alguém fala sobre algo ser uma via de mão dupla ou dar e receber, essas são outras palavras e frases para reciprocidade.

O que quer dizer a recíproca também é verdadeira?

Significado da expressão A recíproca é verdadeira (O que significa, Conceito e Definição) A expressão “a recíproca é verdadeira” é utilizada quando uma pessoa quer demonstrar que sente o mesmo em relação à outra, Por exemplo, quando um amigo diz a uma amiga “a nossa amizade é muito importante para mim”, e a amiga pensa o mesmo e quer retribuir as palavras, ela diz “a recíproca é verdadeira”.

A expressão tem como base a palavra recíproca, que vem de reciprocidade. Aquilo que é recíproco significa aquilo que é mútuo, que se apresenta como característica das relações entre duas ou mais partes, de forma a estabelecer e manter uma boa convivência. Veja também:, O reforço com o uso da palavra “verdadeira” confirma o sentimento recíproco, dizendo que é verdade, que isto é certo.

Ou seja, “a recíproca é verdadeira” quer dizer que existe reciprocidade. A frase é muito usada em momentos de demonstração de amizade ou de amor. Quando fala-se “a recíproca é verdadeira” nestes contextos, expressa-se em resposta à alguém que demonstrou seu sentimento em relação àquela pessoa ou grupo de pessoas.

  1. Também pode ser usada na afirmação de algo correspondente à duas coisas que não sejam sentimentos e nem relacionadas às pessoas.
  2. Um exemplo é a expressão usual “a arte imita a vida”, que em dado momento pode ser complementada desta forma: “a arte imita a vida, e a recíproca é verdadeira”.
  3. Ou seja, a relação recíproca, de troca, também acontece e a vida imita a arte.

A negação da frase pode ser “a recíproca não é verdadeira”, ou “a recíproca nem sempre é verdadeira”, quando há divergências entre as duas partes relacionadas. Como em “Atitudes compensam palavras, mas a recíproca não é verdadeira” (Ulysses Franco). A tradução para o inglês seria a expressão the opposite is true, ou the reverse is true, assim como a palavra likewise, esta última no sentido de “da mesma forma”.

O que é a falta de reciprocidade?

Desestímulo do parceiro – O desânimo pode vir de várias formas – sexual, interesse na conversa, falta de motivação para discutir a relação, dentre outras coisas. Nem sempre um namoro sem correspondência é só quando você quer casar e o outro não. Há mais sinais.

  • Quando você percebe que não há reciprocidade para conversar o que deve ser mudado no envolvimento é um forte sinal de que a relação só se sustenta por causa de você.
  • Relacionamento sem reciprocidade é quando seu parceiro não vibra por você.
  • A pessoa que você ama não se alegra com suas conquistas, te inferioriza, e não quer evoluir com você.

Não há elogios sinceros, críticas construtivas e vontade de estar em sua companhia. Só há uma presença apática como se o relacionamento ocupasse eternamente a zona de conforto. É muito comum parceiros inseguros que tentam minimizar o outro para se sentirem superiores.

Qual é a importância da reciprocidade?

Os psicólogos afirmam: a reciprocidade não é apenas importante no relacionamento. Ela é um princípio valioso para a vida. A reciprocidade e a cooperação são valiosas para a nossa vida pois todos temos pontos fortes e fracos. E é importante trabalhar junto com outras pessoas para atingirmos felicidade e bem-estar.

Qual é o sinônimo de reciprocidade?

Característica do que é recíproco: 1 reciprocação, recíproca, mutualidade, correspondência, correlação, proporção, interdependência, solidariedade.

O que quer dizer a recíproca também é verdadeira?

Significado da expressão A recíproca é verdadeira (O que significa, Conceito e Definição) A expressão “a recíproca é verdadeira” é utilizada quando uma pessoa quer demonstrar que sente o mesmo em relação à outra, Por exemplo, quando um amigo diz a uma amiga “a nossa amizade é muito importante para mim”, e a amiga pensa o mesmo e quer retribuir as palavras, ela diz “a recíproca é verdadeira”.

  1. A expressão tem como base a palavra recíproca, que vem de reciprocidade.
  2. Aquilo que é recíproco significa aquilo que é mútuo, que se apresenta como característica das relações entre duas ou mais partes, de forma a estabelecer e manter uma boa convivência.
  3. Veja também:,
  4. O reforço com o uso da palavra “verdadeira” confirma o sentimento recíproco, dizendo que é verdade, que isto é certo.

Ou seja, “a recíproca é verdadeira” quer dizer que existe reciprocidade. A frase é muito usada em momentos de demonstração de amizade ou de amor. Quando fala-se “a recíproca é verdadeira” nestes contextos, expressa-se em resposta à alguém que demonstrou seu sentimento em relação àquela pessoa ou grupo de pessoas.

  • Também pode ser usada na afirmação de algo correspondente à duas coisas que não sejam sentimentos e nem relacionadas às pessoas.
  • Um exemplo é a expressão usual “a arte imita a vida”, que em dado momento pode ser complementada desta forma: “a arte imita a vida, e a recíproca é verdadeira”.
  • Ou seja, a relação recíproca, de troca, também acontece e a vida imita a arte.

A negação da frase pode ser “a recíproca não é verdadeira”, ou “a recíproca nem sempre é verdadeira”, quando há divergências entre as duas partes relacionadas. Como em “Atitudes compensam palavras, mas a recíproca não é verdadeira” (Ulysses Franco). A tradução para o inglês seria a expressão the opposite is true, ou the reverse is true, assim como a palavra likewise, esta última no sentido de “da mesma forma”.