Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

O Que HéRnia De Disco?

O que leva a hérnia de disco?

O Que HéRnia De Disco A coluna vertebral é composta por vértebras, em cujo interior existe um canal por onde passa a medula espinhal ou nervosa. Entre as vértebras estão os discos intervertebrais, estruturas em forma de anel, constituídas por tecido cartilaginoso e elástico cuja função é evitar o atrito entre uma vértebra e outra e amortecer o impacto.

Os discos intervertebrais desgastam-se com o tempo e o uso repetitivo, o que facilita a formação de hérnias de disco, ou seja, parte deles sai da posição normal e comprime as raízes nervosas que emergem da coluna. O problema é mais frequente nas regiões lombar e cervical, por serem áreas mais expostas ao movimento e que suportam mais carga.

Causas: Predisposição genética é a causa de maior importância para a formação de hérnias discais, seguida do envelhecimento, da pouca atividade física e do tabagismo. Carregar ou levantar muito peso também pode comprometer a integridade do sistema muscular que dá sustentação à coluna vertebral e favorecer o aparecimento de hérnias discais.

Sintomas: A hérnia de disco pode não ter sintomas ou, então, provocar dor de intensidade leve, moderada ou tão forte que chega a ser incapacitante. Os sintomas são diversos e estão associados à área em que foi comprimida a raiz nervosa. Os mais comuns são: formigamento com ou sem dor; dor na coluna; na coluna e na perna (e/ou coxa); apenas na perna ou na coxa; na coluna e no braço; apenas no braço.

Diagnóstico: O diagnóstico pode ser feito clinicamente, levando em conta as características dos sintomas e o resultado do exame neurológico. Exames como RX, tomografia e ressonância magnética ajudam a determinar o tamanho da lesão e a região da coluna onde está localizada a hérnia.

  • Tratamento: As hérnias de disco localizadas na coluna lombar, em geral, respondem bem ao tratamento clínico conservador.
  • O quadro reverte com o uso de analgésicos e antiinflamatórios, se a pessoa fizer um pouco de repouso e sessões de fisioterapia e acupuntura.
  • Em geral, em apenas um mês, 90% dos portadores dessas hérnias estão aptos para reassumir suas atividades rotineiras.

Hérnias de disco na coluna cervical podem surgir diretamente nessa região ou serem provocadas por alteração na curvatura e posicionamento da coluna vertebral durante a crise da hérnia lombar. A escolha do tratamento, se cirúrgico ou não cirúrgico, considera a gravidade dos sintomas e o déficit motor.

  1. A cirurgia só é indicada quando o paciente não responde ao tratamento conservador e nos casos de compressão do nervo exercida por parte do disco que extravasou, pois corrigido esse defeito a dor desaparece completamente.
  2. Prevenção: Desenvolver hábitos saudáveis de vida, tais como: prática regular de atividade física, realização de exercícios de alongamento e de exercícios para fortalecer a musculatura abdominal e paravertebral, e postura corporal correta são medidas importantes para prevenir as doenças da coluna.

IMPORTANTE: Somente médicos e cirurgiões-dentistas devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As informações disponíveis em Dicas em Saúde possuem apenas caráter educativo. Dica elaborada em março de 2.015.

Como é a dor de quem tem hérnia de disco?

Definição – Os tecidos entre os ossos da coluna são denominados discos intervertebrais. Estes discos são compostos de um centro macio, semelhante a um gel, e um revestimento externo rígido. O disco intervertebral cria uma junta entre cada um dos ossos da coluna que os permite se moverem.

  1. Quando o revestimento externo de um disco se rompe, seu centro pode passar pela abertura, criando uma hérnia de disco.
  2. À medida que envelhecemos, os discos em nossas colunas podem perder sua flexibilidade e elasticidade.
  3. Os ligamentos em torno dos discos se tornam frágeis e rompem com maior facilidade.

Quando ocorre uma hérnia de disco, a mesma pode pressionar nervos espinhais próximos (radiculopatia) ou pressionar a medula espinhal (mielopatia), causando dolorosos sintomas. Uma hérnia de disco pode causar dores no pescoço, dor irradiante nos braços, dores nos ombros e dormência ou formigamento nos braços ou mãos.

A qualidade e tipo de dor pode ser enfadonho, contínua e difícil de localizar. Ela também pode ser aguda, com ardência e de fácil identificação. Dores nos braços e no pescoço geralmente são o primeiro sinal de que suas raízes nervosas estão irritadas por conta de um problema no pescoço. Sintomas como dormência, formigamento e fraqueza nos músculos podem indicar um problema mais sério.

A principal reclamação relacionada a uma hérnia de disco nas costas geralmente é uma dor cortante, pronunciada. Em alguns casos, pode haver um histórico de episódios prévios de dor localizada, que se apresenta nas costas e continua pela perna em que está o nervo afetado.

  • Normalmente, a dor é descrita como profunda e pronunciada, muitas vezes piorando ao passo em que percorre a perna afetada.
  • A dor de uma hérnia de disco pode ocorrer de forma súbita ou ser anunciada por uma sensação de rasgo ou estalo na coluna.
  • Processos de envelhecimento e o desgaste generalizado da coluna podem aumentar as chances de se desenvolver uma hérnia de disco, que também pode ser causada por atividades repetitivas ou algum ferimento causado à coluna.
See also:  O Que Fazer Quando O Celular Reconhece O Carregador Mas NO Carrega?

O diagnóstico de uma hérnia de disco começa com um exame físico completo da coluna vertebral, braços e extremidades inferiores. O médico examinará a flexibilidade e a amplitude dos movimentos de sua coluna vertebral, além de sinais que sugiram que sua raízes nervosas ou medula espinhal estejam sendo afetadas por uma hérnia de disco.

Quando a hérnia de disco é grave?

Quando a hérnia de disco cervical é grave? – É considerada preocupante quando a hérnia de disco comprime a medula espinhal, devido ao deslocamento do material do disco. Essa condição pode resultar em complicações graves, sendo a tetraplegia um exemplo, caracterizada pela perda dos movimentos das pernas, braços e tronco.

É perigoso hérnia de disco na coluna?

A hérnia de disco na coluna pode ser perigosa devido a: Dor crônica e limitação de movimentos. Possibilidade de desenvolver a síndrome da cauda equina em casos severos. Impacto significativo na qualidade de vida.

O que não pode fazer com hérnia de disco?

Mas dá para continuar com a atividade física? – Para quem ainda não está em tratamento, o indicado é não praticar exercícios de alto impacto (corrida, saltos) e/ou que gerem sobrecarga na coluna (como agachamento, stiff, abdomnais) até que se obtenha um diagnóstico preciso e liberação médica.

Qual a melhor posição para dormir quem tem hérnia de disco?

Algumas dicas que evitarão a hérnia de disco e a dor lombar – Seguirão, a seguir, algumas importantes dicas que evitarão a sobrecarga da coluna lombar: Em primeiro lugar: não dormir de bruços, A melhor posição para dormir é de lado e com um travesseiro entre os joelhos; ou de barriga para cima, com um travesseiro atrás do joelho. postura correta ao dormir O tipo de colchão não deve ser muito duro, nem mole demais. Em geral, devem ser semiortopédicos, porém não há regra. É uma escolha individual. Como levantar objetos do chão e não sobrecarregar a coluna lombar

Qual o exame para saber se tem hérnia de disco?

Como é o diagnóstico da hérnia de disco? – O diagnóstico da hérnia de disco é realizado a partir de exame físico em que o médico realiza testes de função neurológica, avalia sensibilidade, reflexos e força motora. Além disso, a investigação conta com exames de imagem como a ressonância magnética, indicada quando há suspeita clínica da hérnia de disco.

Quem tem hérnia de disco pode trabalhar?

Tempo de afastamento por Hérnia De Disco – O tempo de afastamento por hérnia de disco vai depender da recuperação do paciente. Muitas vezes, as dores sentidas pelo paciente devido à hérnia de disco são muito grandes e, dependendo do seu trabalho, a atividade laboral em virtude das dores agudas se torna inviável.

Quando o trabalhador tem contrato de trabalho baseado na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), um afastamento por até 15 dias do trabalho pode ser concedido, sem prejuízo ao seu salário. Assim, se o trabalhador está sentindo dores severas e limitação de movimentação, não conseguindo trabalhar, deverá buscar o diagnóstico e tratamento de um especialista.

Caso o tempo de afastamento seja maior, então o trabalhador deverá ser afastado pelo INSS. Nesse caso, um médico perito analisará o caso para concessão ou renovação do benefício denominado auxílio-doença. O trabalhador tem direito ao auxílio-doença, que é um benefício concedido pelo INSS ao trabalhador que está impossibilitado de trabalhar por mais de 15 dias consecutivos, seja por doença ou acidente. O Que HéRnia De Disco O tempo de afastamento do trabalho em portadores de hérnia de disco pode ser de até 15 dias ou mais que isso e, nesse último caso, o INSS deve ser acionado. Para ser concedido o auxílio-doença, o portador de hérnia de disco passará por perícia médica no INSS.

Onde dói a hérnia de disco lombar?

Hérnia de Disco Lombar: dor na parte inferior da coluna ; irradiação da dor para os glúteos, pernas e pé; formigamento ou perda da força nos membros inferiores.

Tem cura para hérnia de disco lombar?

Hérnia de disco tem cura? – Sim, é possível curar a hérnia de disco. Os tratamentos variam, podendo envolver cirurgia ou não. Porém, há fatores que contribuem para o surgimento da hérnia de disco e que não podem ser revertidos, como o envelhecimento.

Qual é o melhor antiinflamatório para hérnia de disco?

Remédios para hérnia de disco cervical – O uso de remédios é a primeira opção entre os tratamentos para hérnia de disco cervical. Normalmente, são prescritos anti inflamatórios (como Ibuprofeno e Cetoprofeno), analgésicos (desde os mais comuns, como a Dipirona, até os mais potentes, como a Codeína) e relaxantes musculares (como a Ciclobenzaprina).

Quanto tempo demora para curar a hérnia de disco?

Uma boa notícia é que a história natural da hérnia de disco mostra que a maioria dos casos cicatrizam e acabam sendo reabsorvidos (diminuem) com o tempo. Esse período para a reabsorção é muito variável de paciente para paciente, podendo ser de algumas semanas até alguns meses.

See also:  Qual A Cobra Mais Venenosa Do Mundo?

Quem tem hérnia de disco pode ficar sem andar?

Hérnia de disco pode deixar paraplégico? Já perdi as contas de quantos pacientes chegam ao consultório com medo de ficarem paraplégicos por conta de uma hérnia de disco. São casos RAROS, mas podem acontecer. Geralmente acontece com hérnias de disco CAUSADAS POR TRAUMAS, como quedas ou acidentes, que podem causar uma compressão importante da medula.

👉 E existem casos em que pacientes com uma hérnia “clássica” (que não foi causada por um trauma) ficaram paraplégicos? SIM! Embora extremamente raro, pode acontecer. Um exemplo é o relato de caso do estudo “Sudden Paraplegia Caused by Nontraumatic Cervical Disc Rupture: A Case Report”, em que uma paciente de 38 anos apresentou paraplegia “de repente”, assistindo televisão, sem ter sofrido nenhum trauma anterior.

Nesses casos, podem acontecer rupturas do disco cervical, torácica ou lombar. E essas rupturas podem comprimir a medula de forma aguda e importante, podendo deixar o paciente paraplégico. 👉 Mas vale ressaltar que a paraplegia de início súbito não traumático devido à hérnia de disco cervical é MUITO RARA.

  1. Para se ter uma noção, até a data em que este estudo foi publicado, apenas 10 casos tinham sido relatados na literatura.
  2. 📌 Referências: “Sudden Paraplegia Caused by Nontraumatic Cervical Disc Rupture: A Case Report”.
  3. Publicado em: Korean Journal of Spine.
  4. Autores: Sung Min Kim, Byeong Sam Choi, and Sungjoon Lee.

Fonte: US US National Library of Medicine National Institutes of Health | National Center for Biotechnology Information (NCBI). : Hérnia de disco pode deixar paraplégico?

Quantos dias dura uma hérnia de disco?

Uma crise de hérnia de disco dura de cerca de 2 meses em 80% dos casos, com ou sem tratamento, os 20% restantes se tornam crônica, um quadro clínico onde o paciente terá a patologia por toda a vida. Para diagnosticar uma crise de hérnia de disco crônica ou aguda, o paciente deve ser submetido a uma avaliação médica.

O que é bom para aliviar a dor de hérnia de disco?

Como aliviar a dor? – Há várias formas de aliviar a dor de hérnia de disco. Lembre-se que sempre é importante buscar, primeiramente, diagnóstico profissional e seguir o tratamento proposto. Aqui estão algumas dicas do que fazer ou não em casa: 1 – A automedicação não é recomendada, ela pode levar a uma série de problemas.

Remédios podem “mascarar” o quadro do paciente, aliviando sintomas momentaneamente, sem, contudo, resolvê-los.2 – O uso de compressas quentes ou bolsa de água quente na região da dor ajuda a aliviar o quadro. Isso porque o calor ajuda no relaxamento muscular, fazendo com que haja maior circulação sanguínea na região.

Colocar compressas quentes ou uma bolsa de água quente na região com dor por pelo menos 20 minutos ajuda a aliviar bastante o processo de dor.3 – Uma das grandes associações que se fazem com hérnia de disco é o fato de o indivíduo ser sedentário e acima do peso.

Quem tem hérnia de disco fica bom?

Cerca de 90% dos casos de hérnia de disco melhoram efetivamente com o tratamento clínico/ conservador, ou seja, sem cirurgia. Resolvem-se com uma boa orientação do médico especialista em coluna.

Qual o tipo de hérnia de disco que mais perigosa?

Dores na coluna, acompanhados de formigamento, queimação, câimbras e rigidez nas pernas ou braços, podem ser sintomas da hérnia de disco extrusa, que pode ser tratado de forma eficaz, em poucas sessões, sem remédio ou cirurgia. O Que HéRnia De Disco O que é hérnia de disco Extrusa? A hérnia de disco extrusa é uma das manifestações de desgaste mais grave de coluna, que afeta o disco vertebral, uma espécie de amortecedor localizado entre as vértebras. Quando não tratado a tempo pode provocar dores persistentes, aguda e incapacidade dos movimentos.

A hérnia de disco extrusa é uma condição ainda pior do que a hérnia de disco que se conhece habitualmente ocorre de forma silenciosa e em alguns casos é indicada a cirurgia. O disco é formado por duas estruturas, o anel fibroso e o núcleo pulposo que dão condições para haja movimento, estabilidade e distribuição de carga em seu interior.

O anel fibroso (parte externa do disco) é formado por um tecido cartilaginoso e a substância gelatinosa (parte interna do disco) é um tecido viscoso rico em proteínas e outros micronutrientes. Pela manhã os discos estão hidratados podendo a pessoa atingir até dois centímetros de altura, perdendo essa altura durante e no final do dia.

  • Quando dormimos recuperamos a altura hidratando novamente os discos.
  • É muito importante o repouso e o movimento para que o disco fique sempre nutrido e realizando as suas funções.
  • Quando ocorre o desgaste no anel fibroso, rompem-se as suas fibras cartilaginosas provocando o deslocamento da substância gelatinosa, sem que haja extravasamento do conteúdo.
See also:  Como E Quando Ocorreu A FormaO Do Bloco Mercosul?

Essa condição se dá o nome de hérnia de disco. Quando ocorre o desgaste ainda maior do anel fibroso e ao mesmo tempo o rompimento da última fibra do anel fibroso, ocorre o extravasamento de parte da substância gelatinosa denominamos essa manifestação de hérnia de disco extrusa. Uma definição ilustrativa da hérnia de disco extrusa Pense num chiclete babaloo, com o conteúdo interno viscoso e gostoso (substância gelatinosa) e a parte externa a goma (anel cartilaginoso). Logo que mordemos com força essa goma ocorre uma fissura que provoca o extravasamento da substância viscosa do seu interior para fora.

E o que ocorre de forma ilustrativa com o disco levando a hérnia de disco extrusa. A maioria das dores musculoesqueléticas, em especial as dores na coluna é de origem “mecânica”, ou seja, é provocada por uma posição ou um movimento aplicado nos músculos e articulações. A hérnia de disco extrusa quando bem diagnosticada pode ser tratada em poucas sessões de fisioterapia especializada em coluna, sem remédio ou cirurgia.

Anti-inflamatórios e analgésicos não são o tratamento em si, fazem parte do tratamento. Medicamentos anti-infamatórios e analgésicos somente aliviam as dores e não resolve o problema mecânico responsável por causar a maioria das dores nas costas, em especial, à hérnia de disco e hérnia de disco extrusa.

Ninguém tem que viver com dores nas costas muito menos com as hérnias de disco extrusa. É muito importante ter no tratamento da hérnia de disco extrusa um profissional fisioterapeuta experiente em coluna para a melhor abordagem de tratamento. O que a ciência diz sobre as hérnias de discos, em especial, a hérnia de disco extrusa? Muitas hérnias de disco e hérnia de disco extrusa melhoram pela sua história natural, ou se tratado pela forma conservadora, a fisioterapia especializada.

Pacientes com um diagnóstico confirmado de hérnia de disco extrusa, geralmente respondem bem a um programa agressivo de reabilitação física durante 3 meses de acompanhamentos. Os resultados são satisfatórios na maioria dos casos. O autocuidado competente ensinado pelo profissional fisioterapeuta especializado em lesões musculoesquelética da coluna, associado aos exercícios específicos e atividade física ajudarão na manutenção da melhora dos movimentos da coluna bem como a prevenir de futuras crises.

Como obter um tratamento eficaz e ficar livre desse sofrimento? A Fisioterapia Avançada através do método McKenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica (em inglês Mechanical Diagnosis and Therapy MDT) mostra uma recuperação eficaz para dor na coluna e irradiada, buscando mapear toda a história da disfunção musculoesquelética, apresentando assim um caminho contrário o da lesão, para restabelecer o movimento normal da articulação da coluna, abolindo os sintomas.

O principal papel do profissional fisioterapeuta é restabelecer a função do sistema musculoesquelético e para que isso ocorra é utilizado o movimento como a mais importante ferramenta terapêutica. A experiência profissional e a técnica eficaz aliados ao trabalho humanizado são determinantes para um tratamento que possibilite identificar a disfunção e a origem dos sintomas na coluna e irradiada, possibilitando assim, um tratamento rápido, realizado em poucas sessões, sem medicamento ou cirurgia.

A maioria dos pacientes, quando dispõe do conhecimento adequado, pode se tratar com sucesso e os resultados aparecem rápidos, sem a utilização de remédios ou cirurgia. Dr. Abnel Alecrim, fisioterapeuta, Pós-graduação em Reabilitação Musculoesquelética e Esporte, Campinas, SP, Brasil. 🚨 AGENDE A SUA CONSULTA ON-LINE (POR VÍDEO | WHATSAPP) OU PRESENCIAL.

LIGUE JÁ NO TEL.: 19 3308-6330, ou pelo WhatsApp: https://wa.me/message/PW4QUVXGCCKOP1 – (+55 19 98601-1281). Fique livre das dores na Coluna e irradiada para as pernas e braços. Faça a Fisioterapia Avançada. MAIS INFORMAÇÕES: 👇👇👇,1 – YouTube: https://www.youtube.com/@PensandoSaudeBr/videos 2 – Instagram: https://www.instagram.com/drabnel.alecrim/ 3 – Facebook: https://www.facebook.com/PensandoSaude 4 – TikTok: https://www.tiktok.com/@user958546231352 5 – Twitter: https://twitter.com/drabnelalecrim 6 – Linkedin: https://www.linkedin.com/company/3113355/admin/feed/posts/ 7 – Site 1: https://abnelalecrim.com.br/ 8 – Site 2: https://dornacoluna.fst.br/fisioterapia-avancada/metodo-mckenzie.html 9 – Site 3: https://pensandosaude.com.br/fisioterapia-avancada/metodo-mckenzie.html

O que causa hérnia de disco em jovens?

O Que HéRnia De Disco O Que HéRnia De Disco A hérnia de disco é uma doença provocada pelo desgaste dos discos intervertebrais, estruturas que amortecem o contato entre as vértebras. Quando algum destes discos se rompe ou se desgasta acaba comprimindo terminações nervosas, causando dores, formigamento ou fraqueza nos braços, tronco ou pernas.

Qual é o melhor exercício para quem tem hérnia de disco?

Pilates e yoga Por meio do pilates e da yoga, o paciente com hérnia de disco tem sua coluna estabilizada e observa um melhor controle da dor.

Tem cura para hérnia de disco lombar?

Hérnia de disco tem cura? – Sim, é possível curar a hérnia de disco. Os tratamentos variam, podendo envolver cirurgia ou não. Porém, há fatores que contribuem para o surgimento da hérnia de disco e que não podem ser revertidos, como o envelhecimento.

Quanto tempo dura a crise de hérnia de disco?

Uma crise de hérnia de disco dura de cerca de 2 meses em 80% dos casos, com ou sem tratamento, os 20% restantes se tornam crônica, um quadro clínico onde o paciente terá a patologia por toda a vida. Para diagnosticar uma crise de hérnia de disco crônica ou aguda, o paciente deve ser submetido a uma avaliação médica.