Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

O Que Artigo?

O que é um artigo exemplo?

Na gramática, o artigo é a classe de palavras que antecede o substantivo para determiná-lo de modo particular ou geral. Há dois tipos de artigos: Artigos definidos: o, os, a, as; Artigos indefinidos: um, uns, uma, umas.

O que seria um artigo?

Artigos – Português Os artigos figuram-se entre as dez classes gramaticais que compõem uma das partes relacionadas à gramática, ora denominada de Morfologia. Conceituam-se como sendo o termo que antecede o substantivo com a finalidade de determiná-lo ou indeterminá-lo. Outro aspecto notório que também se liga a esta flexibilidade é o caso de os artigos juntarem-se às preposições, resultando em novas formas, como por exemplo: a+o = ao; em+um= num; em +uma=numa. De acordo com as já citadas finalidades, classificam-se em definidos e indefinidos. Assim sendo, vejamo-los de modo particular:

  • Artigos definidos – São utilizados para indicar seres determinados, individualizando-os.
  • Jogo de Bola
  • A bela bola

Ex: Rola:

  1. A bela bola do Raul.
  2. A da Arabela.
  3. A do Raul,
  4. Rola a amarela

Bola amarela, Azul. E pula a azul. Cecília Meireles O que devemos nos atentar é para o fato de que nem sempre o artigo se encontrará justaposto ao substantivo, podendo haver entre eles uma palavra pertencente a outra classe gramatical, como é o caso da primeira estrofe, em que um adjetivo (bela) ocupou tal posição:

  • A bela bola Rola:
  • A bela bola do Raul.
  • Artigos indefinidos – Indicam seres não mais de uma forma específica, mas de modo generalizado, vago.

Ex: Projeto de prefácio Sábias agudezas. refinamentos. – não! Nada disso encontrarás aqui. Um poema não é para te distraíres como com essas imagens mutantes de caleidoscópios. Um poema não é quando te deténs para apreciar um detalhe Um poema não é também quando paras no fim, porque um verdadeiro poema continua sempre.

  1. Há algumas peculiaridades concernentes ao emprego da classe em questão dignas de nota. Para tanto, observemos:
  2. a) É facultativo o emprego do artigo antes de nomes próprios personativos quando há ideia de familiaridade ou afetividade.
  3. b) Recomenda-se o uso do artigo depois do numeral “ambos”.
  4. c) O artigo encontra-se presente antes de nomes próprios personativos, quando estes estiverem sob sua forma pluralizada.
  5. d) Emprega-se o artigo depois do pronome indefinido “todo” de modo a conferir a noção de totalidade.
  6. e) Prescindem-se do artigo alguns nomes próprios indicadores de lugar, outros não. Como é caso de:
  7. f) Estando no singular, o artigo definido pode designar toda uma espécie.
  8. Ex: A dignidade é uma virtude humana.

Exs: O Pedro é meu primo mais velho / Cristina é amiga para todos os momentos. Ex: Ambos os colegas estão pleiteando a vaga de monitoria. Exs: Os Fontes, Os Incas, Os Astecas. Ex: Por toda a cidade constatamos uma intensa poluição visual. A Bahia continua linda.

O que é artigo para que serve?

Artigo. Quais são as características do artigo?

  • O artigo integra as dez classes gramaticais que conhecemos, definindo-se como o termo que antepõe o substantivo para determiná-lo ou indeterminá-lo, indicando, também, o gênero (masculino/feminino) e o número (singular/plural).
  • Os artigos subdividem-se em definidos e indefinidos:
  • Artigos definidos – São aqueles usados para indicar seres determinados, expressos de forma individual, e são representados por: o, a, os, as,
  • Exemplos:

A funcionária se veste muito bem. As funcionárias se vestem muito bem. O diretor parabenizou a todos. Os diretores parabenizaram a todos. Artigos indefinidos – São aqueles usados para indicar seres de modo vago, impreciso, e são representados por um, uma, uns, umas,

Considera-se obrigatório o uso do artigo depois do numeral “ambos”:

See also:  Qual A Porcentagem?

Ambos os garotos decidiram participar das olimpíadas.

Nomes próprios indicativos de lugar admitem o uso do artigo, outros não:

São Paulo, O Rio de Janeiro, Veneza, A Bahia.

Quando indicado no singular, o artigo definido pode indicar toda uma espécie:

O trabalho dignifica o homem.

No caso de nomes próprios personativos, denotando a ideia de familiaridade ou afetividade, é facultativo o uso do artigo:

Cristina é a mais extrovertida das irmãs. O Pedro é o xodó da família. Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

No caso de os nomes próprios personativos estarem no plural, são determinados pelo uso do artigo:

Os Maias, os Incas, Os Astecas.

Usa-se o artigo depois do pronome indefinido todo (a) para conferir uma ideia de totalidade. Sem o uso dele (o artigo), o pronome assume a noção de qualquer.

Toda a classe parabenizou o professor. (a sala toda) Toda classe possui alunos interessados e desinteressados. (qualquer classe)

Antes de, o uso do artigo é facultativo:

Adoro o meu vestido longo. Adoro meu vestido longo.

A utilização do artigo indefinido pode indicar uma ideia de aproximação numérica:

O máximo que ele deve ter é uns vinte anos.

O artigo também é usado para substantivar palavras oriundas de outras classes gramaticais:

  1. Não sei o porquê de tudo isso.
  2. Por Vânia Duarte
  3. Graduada em Letras

: Artigo. Quais são as características do artigo?

Como se usa o artigo?

Uso dos artigos – Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 O artigo costuma anteceder o substantivo para fazer referência a ele, podendo indicar que se trata de um ser já conhecido do interlocutor (no caso dos artigos definidos) ou que se trata de um representante não específico da espécie (no caso dos artigos indefinidos).

Quais os 2 tipos de artigo?

Assim, os artigos podem ser classificados como definidos ou indefinidos, variando em gênero (masculino ou feminino) e em número (singular ou plural) de acordo com o termo que acompanham.

Quando uma é artigo?

Artigo indefinido – Os artigos indefinidos (um, uma, uns, umas) determinam de maneira vaga, indeterminada ou imprecisa, uma pessoa, objeto ou lugar ao qual não se fez menção anterior no texto.

Artigo Indefinido Gênero Número
um masculino singular
uma feminino singular
uns masculino plural
umas feminino plural

Exemplos:

Um dia iremos nos encontrar. Uma certa tarde, saímos para caminhar.Joana convidou para a festa uns amigos estrangeiros.Comprei umas camisas para seu aniversário.

Note que em todos os exemplos acima, não está definindo qual objeto, pessoa ou lugar. Nos dois primeiros exemplos, não está identificado “qual o dia” ou “qual a tarde” em que o evento ocorre. Da mesma maneira, Joana não especifica “quais amigos” ela convidará para a festa.

O que tem que ter um artigo?

Qual a estrutura de um artigo científico? – Todo artigo científico precisa atender exigências estruturais e seguir o formato com: introdução, material e métodos, resultados, discussão, conclusões e referências bibliográficas, Claro que antes é preciso um título que chame atenção para o tema escolhido.

Como saber se o texto é um artigo?

Artigo. Quais são as características do artigo?

  • O artigo integra as dez classes gramaticais que conhecemos, definindo-se como o termo que antepõe o substantivo para determiná-lo ou indeterminá-lo, indicando, também, o gênero (masculino/feminino) e o número (singular/plural).
  • Os artigos subdividem-se em definidos e indefinidos:
  • Artigos definidos – São aqueles usados para indicar seres determinados, expressos de forma individual, e são representados por: o, a, os, as,
  • Exemplos:

A funcionária se veste muito bem. As funcionárias se vestem muito bem. O diretor parabenizou a todos. Os diretores parabenizaram a todos. Artigos indefinidos – São aqueles usados para indicar seres de modo vago, impreciso, e são representados por um, uma, uns, umas,

Considera-se obrigatório o uso do artigo depois do numeral “ambos”:

Ambos os garotos decidiram participar das olimpíadas.

Nomes próprios indicativos de lugar admitem o uso do artigo, outros não:

São Paulo, O Rio de Janeiro, Veneza, A Bahia.

Quando indicado no singular, o artigo definido pode indicar toda uma espécie:

O trabalho dignifica o homem.

No caso de nomes próprios personativos, denotando a ideia de familiaridade ou afetividade, é facultativo o uso do artigo:

Cristina é a mais extrovertida das irmãs. O Pedro é o xodó da família. Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

No caso de os nomes próprios personativos estarem no plural, são determinados pelo uso do artigo:

Os Maias, os Incas, Os Astecas.

Usa-se o artigo depois do pronome indefinido todo (a) para conferir uma ideia de totalidade. Sem o uso dele (o artigo), o pronome assume a noção de qualquer.

Toda a classe parabenizou o professor. (a sala toda) Toda classe possui alunos interessados e desinteressados. (qualquer classe)

Antes de, o uso do artigo é facultativo:

Adoro o meu vestido longo. Adoro meu vestido longo.

A utilização do artigo indefinido pode indicar uma ideia de aproximação numérica:

O máximo que ele deve ter é uns vinte anos.

O artigo também é usado para substantivar palavras oriundas de outras classes gramaticais:

  1. Não sei o porquê de tudo isso.
  2. Por Vânia Duarte
  3. Graduada em Letras

: Artigo. Quais são as características do artigo?

O que é um artigo acadêmico?

O que é um artigo científico? – Os artigos científicos são uma produção textual com os principais resultados de uma pesquisa acadêmica. Em geral, são publicados em revistas científicas, que são veículos que exigem um formato mais direto e conciso. O conteúdo costuma ser mais crítico em relação às ideias discutidas.

Como saber se é preposição ou artigo?

O “a” como artigo ou preposição Qual é a diferença do “a” como artigo e “a” como preposição? Qual a função que cada um exerce dentro de uma frase? Desde já, agradeço. Susana Kaster Brasil 219K O a, como artigo, é uma palavra variável em género e número que, posta antes de um substantivo, o determina; como preposição, o a é uma palavra invariável que liga dois termos de uma frase e mostra a dependência existente entre ambos. Os conteúdos disponibilizados neste sítio estão licenciados pela Creative Commons.

Como que começa um artigo?

Introdução com tese –

Os parágrafos iniciais de um artigo de opinião costumam ser reservados para apresentar o assunto abordado e, além disso, o ponto de vista defendido pelo autor. Chamamos esse ponto de vista de tese, No caso das redações escolares e propostas de vestibulares, é comum que somente o primeiro parágrafo da composição seja destinado para essa função, pois, nesse tipo de produção textual, o número de linhas é restrito,

  • Veja, a seguir, a introdução de um artigo de opinião produzido por Débora Diniz e Giselle Carino, publicado no jornal El País Brasil: Violência obstétrica, uma forma de desumanização das mulheres A expressão ‘violência obstétrica’ ofende médicos.
  • Dizem não existir o fenômeno, mas casos isolados de imperícia ou negligência médicas.

O que aconteceu com a brasileira Adelir Gomes, grávida e forçada pela equipe de saúde a realizar uma cesárea contra sua vontade, dizem ser um caso extremo, escandalizado pelas feministas como de violência obstétrica. Não é verdade. A violência obstétrica manifesta-se de várias formas no ciclo de vida reprodutiva das mulheres.

  • Em cada mulher insultada verbalmente porque sente dor no momento do parto ou quando não lhe oferecem analgesia.
  • Na violência sexual sofrida em atendimento pré-natal ou em clínicas de reprodução assistida.
  • No uso de fórceps, na proibição de doulas ou pessoas de confiança na sala de parto.
  • Na cesárea como indicação médica para o parto seguro.

A verdade é que a violência obstétrica é uma forma de desumanização das mulheres. Jornal El País Brasil, 20 de março de 2019. É notável, nesse trecho inicial do texto, a presença das duas partes fundamentais da introdução de um artigo de opinião: a apresentação do tema — “violência obstetrícia” — e a defesa de uma tese ou ponto de vista — “A verdade é que a violência obstétrica é uma forma de desumanização das mulheres”.

    Quais são os três pronomes?

    Pronomes Pessoais (nele se incluem os pronomes de tratamento) Pronomes Possessivos. Pronomes Demonstrativos.

    Como substituir artigos?

    2 editorial, escrita, escrito, matéria, reportagem, resenha, texto.3 cláusula, disposição, item, parágrafo. Assunto: 4 assunto, tema, tópico.

    O que é um artigo 4 ano?

    O artigo é a classe gramatical que geralmente antecede um substantivo, sendo variável em gênero e em número, Pode ser contraído com algumas preposições e, às vezes, ter outras funções nos enunciados conforme aprenderemos a seguir. Leia também: Quais são os casos em que não se usa o artigo?

    Como ensinar artigos definidos e indefinidos?

    2ª Etapa: Sistematizando – Na lousa, sistematize os conteúdos e as definições que você discutiu com os alunos. Anote que artigo definido, como o próprio nome diz, define um substantivo, determina gênero (masculino e feminino) e o número (singular ou plural).

    Artigos definidos Artigos indefinidos
    Singular Plural Singular Plural
    Masculino o os um uns
    Feminino a as uma umas

    Explique aos alunos que a determinação é o valor do artigo. Assim, o artigo definido restringe a extensão do significado dos substantivos, individualiza-os e os define; o que pode significar conhecimento prévio por parte dos interlocutores a respeito do termo em questão.

    Como diferenciar um artigo de um numeral?

    Artigos, como ‘o’ e ‘um,’ indicam se um substantivo é definido ou indefinido. Numerais, como ‘dois’ e ‘terceiro,’ representam quantidades, ordens ou posições. Conhecer a diferença entre eles é crucial para uma comunicação precisa e clara.

    O que o artigo modifica?

    O que é artigo? – Os artigos são definidos, de modo simples, como palavrinhas que são utilizadas para “modificar” um substantivo. É como se eles fossem adjetivos que dão característica a uma determinada palavra. A diferença é que aqui não são oferecidas qualidades ou defeitos a esse termo.

    Como identificar que o texto é um artigo?

    Uso dos artigos – Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 O artigo costuma anteceder o substantivo para fazer referência a ele, podendo indicar que se trata de um ser já conhecido do interlocutor (no caso dos artigos definidos) ou que se trata de um representante não específico da espécie (no caso dos artigos indefinidos).

    O que compõem um artigo?

    Conteúdo (Introdução, desenvolvimento textual e conclusão), Referências.

    O que é um artigo acadêmico?

    O que é um artigo científico? – Os artigos científicos são uma produção textual com os principais resultados de uma pesquisa acadêmica. Em geral, são publicados em revistas científicas, que são veículos que exigem um formato mais direto e conciso. O conteúdo costuma ser mais crítico em relação às ideias discutidas.