Početna – ThaiConsulate

Tips, Reviews, Recommendations

Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente?

Em qual competição o Chile Castro participa principalmente?

Bicampeã olímpica Sheilla Castro participa de minitorneio de vôlei promovido pela Betnacional – Games Magazine Brasil O objetivo foi apoiar e valorizar a prática esportiva neste período em que a capital pernambucana recebe o Campeonato Sul-Americano de Vôlei, no Ginásio Geraldão, com times do Brasil, Chile, Colômbia, Argentina e Peru. Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente Newton de Oliveira Neto, CMO do NSX Group, comemora o sucesso do minitorneio. ” Tivemos momentos muito especiais na Arena Boa Viagem. A presença da Sheilla Castro, nossa querida embaixadora, tornou o evento ainda mais marcante. Agora, é torcer para que que a nossa seleção de vôlei, tanto feminina quanto masculina, tenha um ótimo desempenho no Campeonato “, afirma. Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente Integrante da NSX Group, BetTech que revolucionou o mercado brasileiro de apostas esportivas a partir de um ecossistema único com soluções tecnológicas, marketing estratégico, conteúdos, serviços exclusivos e muitos cases de sucesso, a Betnacional segue o conceito de “bet dos brasileiros” com o serviço mais rápido do país ao realizar saques e depósitos por meio do PIX.

Atualmente o site de apostas esportivas patrocina os times do Náutico, Sport, Santa Cruz, Vitória, Remo e Paysandu e as organizações de eSports FURIA e O Plano. Tem como embaixadores os jogadores e ex-jogadores Vini Jr., Vagner Love, Hernanes, Donizete Pantera, Manoel Tobias, Jean Carlos, Givanildo Oliveira, Sheilla Castro e Natalia Guitler, além dos cantores Thiaguinho e Ludmilla.

Nos estádios, a Betnacional tem a marca exposta nas placas de publicidade de jogos de diferentes campeonatos estaduais e é patrocinadora do Futebol 2023 na Rede Globo, além de deter o naming rights do Estadual do Rio de 2023. Fonte: GMB : Bicampeã olímpica Sheilla Castro participa de minitorneio de vôlei promovido pela Betnacional – Games Magazine Brasil

Quem é a namorada de Gabi do vôlei?

Cantora Gabi Fernandes viaja para Copa na torcida pelo Brasil e por folga para rever namorada Tamires A cantora e compositora Gabi Fernandes, namorada da lateral-esquerda e capitã da seleção brasileira Tamires desde agosto do ano passado, viajou de Ribeirão Preto (SP) para a Austrália entre quinta-feira e esta sexta-feira par torcer pelo Brasil na Copa do Mundo.

  • Na bagagem, ela levou a expectativa de uma folga das jogadoras entre as partidas,, para poder rever a companheira, que embarcou com a delegação brasileira para o Mundial no início do mês.
  • Até converso com elas para saber se vai ter algum dia de folga, se vão poder sair do hotel, e elas mesmas não sabem.

Acho que depende muito de como o Brasil for na primeira fase. É um momento muito delas, de muita concentração, de muito trabalho, até porque são quatro anos trabalhando para esse momento. Se eu conseguir vê-la pessoalmente ótimo, se não vou estar sempre nos estádios torcendo – contou.1 de 3 Gabi Fernandes e Tamires, lateral da seleção feminina — Foto: Reprodução/Instagram Gabi Fernandes e Tamires, lateral da seleção feminina — Foto: Reprodução/Instagram Apesar da saudade, amenizada por conversas pelo telefone com a diferença de fuso horário de mais de 13 horas para o Brasil, o fato de saber que a namorada representa o país no Mundial ameniza a distância. Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente Conheça as jogadoras brasileiras que vão disputar a Copa do Mundo feminina de futebol A relação de Gabi Fernandes com a seleção feminina vai além de Tamires. A cantora tem amizade com outras jogadoras, como Gabi Nunes, Antônia, Rafaelle e até Marta, com quem troca mensagens via redes sociais.

O relacionamento se estreitou por conta de músicas compostas por Gabi em homenagem à seleção, como a que fez para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que contou com a participação da técnica Pia Sundhage no violão durante a gravação do clipe oficial da canção. – As meninas praticamente todas me conhecem e eu as conheço.

Ainda não conheci a Marta pessoalmente, mas a Marta já trocou muita ideia comigo até pela internet, por conta da música que eu fiz nas Olímpiadas. Muitas delas acompanham minha carreira, isso é bem legal, e muitas eu tive a oportunidade de conhecer pessoalmente. Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente Veja: Gabi Fernandes, jogadoras e elenco da Globo em propaganda do sportv para a Copa Enquanto a torcida brasileira aguarda vários shows das jogadoras na Copa, o primeiro deles já contra o Panamá na segunda-feira, às 8h (de Brasília), Gabi Fernandes está com agenda cheia para apresentações durante a passagem dela para a Austrália. Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente Cantora Gabi Fernandes conversa com Pia sobre importância da música na Seleção A cantora já garantiu shows nos dias das partidas da seleção. A programação tem apresentações nos dias 24 e 29 de julho, em Adelaide e Brisbane, respectivamente,e 2 de agosto em Melbourne.

Segundo Gabi, a preparação para uma viagem distante, como para a Austrália, exigiu planejamento e esforços financeiros. – Eu sabia muito que eu queria acompanhar essa Copa inteira, porque eu estou muito esperançosa que o Brasil passe e vá passando até as fases finais. Então eu queria viver isso, viver esse momento, ver a Tamires jogando provavelmente a sua última Copa do Mundo.

Há mais ou menos um ano eu venho me preparando financeiramente pra isso, fazendo as minhas reservas especificamente pra isso, que não é uma viagem barata, é um preço de um carro. É uma viagem muito longa, muito cara, a hospedagem é cara, eu tive que me planejar.

Porque Mari e Sheila terminaram?

Bruno Voloch 10/07/2012 16:56 O aspecto técnico pode ter tido peso, mas não foi decisivo no corte de Mari. Quem acompanha o dia a dia da seleção, sabe que o relacionamento da jogadora com Sheilla não é dos melhores. A relação estava desgastada desde a Copa do Mundo do Japão no ano passado.

Na ocasião, a seleção fracassou e precisou do classificatório da América do Sul para garantir a vaga nos jogos olímpicos. Resumo. Mari está fora da olimpíada. Não dá para discutir o talento de Mari, campeã olímpica em 2008. É preciso respeitar o ser humano e suas predileções. Fato é que o ambiente estava pesado entre as jogadoras.

Grupo dividido. José Roberto Guimarães agiu com a razão e não com a emoção. Perfeito. Quem vive no meio do esporte, sabe do carinho do treinador pela jogadora. Mas o técnico optou em ter ou tentar manter o grupo nas mãos. É o caminho. A decisão de jogar no Rio de Janeiro também contribuiu para o declínio técnico da atleta.

See also:  Ddd 31 Qual Cidade?

Mari e Bernardinho não se entenderam. Mari ‘não jogou’ e rendeu abaixo do esperado. Os envolvidos, até por questões pessoais, podem não admitir abertamente, mas o corte de Mari aconteceu especialmente pela relação ruim com Sheilla. Vale ressaltar que os aproveitadores de plantão não devem e não podem ser covardes com Sheilla, profissional íntegra dentro e fora de quadra.

A decisão foi exclusivamente do treinador. Sheilla tem executado com brilhantismo seu trabalho. Quem me acompanha sabe que defendo faz tempo o vôlei de Mari. Mas agora não tem defesa. Mari está mal em todos os sentidos. Zé Roberto tinha inteira razão quando disse aqui mesmo ao blog que a jogadora precisava de ajuda.

    Quem é o pai da filha da Sheila Castro?

    Vida Pessoal – Em 20 de Abril de 2013 casou-se com Brenno Blassioli, um ex-jogador e técnico de basquete do Esporte Clube Pinheiros, No dia 05 de novembro de 2018, nasceram suas filhas gêmeas Liz e Ninna. Em 2021, o casal se separou.

    Quantos Mundiais têm o Chile?

    Campanhas

    Seleção Principal
    Torneio Campeão Terceiro
    Copa do Mundo FIFA 1 (1962)
    Copa das Confederações FIFA
    Copa América 2 (2015, 2016) 5 (1926, 1941, 1945, 1967, 1991)

    Quais jogadoras de vôlei do Brasil são LGBT?

    A Copa do Mundo Feminina de 2023 mal começou, mas já bateu um recorde: nunca na história houve tantas jogadoras assumidamente LGBTQIA+ como neste Mundial, que acontece na Nova Zelândia e Austrália. São 87 jogadoras assumidas, mais do que o dobro das 38 da última edição do torneio. O levantamento é da agência Reuters, que aponta o Brasil como recordista entre as seleções. Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente Copa do Mundo 2023 terá maior número de mulheres treinadoras A Reuters aponta nove atletas na lista para o Brasil, mas o ge apurou que são mais jogadoras assumidamente homossexuais no grupo. O grande expoente de aceitação é Marta, que tem um relacionamento sério com uma mulher há anos.

    A veterana Tamires é outra da lista, cuja namorada também é famosa: a cantora Gabi Fernandes. Estão ainda nessa lista Andressa Alves, Letícia, Lauren, Kathellen, Debinha, Geyse e Adriana. Cortada por uma entorse no tornozelo esquerdo, Nycole seria mais uma da lista, mas, por lesão, não participará da Copa do Mundo na Austrália e Nova Zelândia.

    Tamires, com a bandeira LGBTQIAPN+: uma das jogadoras do Brasil assumidamente homossexual — Foto: Thais Magalhães/CBF Logo na sequência do Brasil, aparecem Austrália e Irlanda, com oito atletas LGBTQI+ em cada delegação. Porém, a grande voz na luta contra o preconceito, homofobia e pelos direitos iguais das mulheres é a capitã da seleção dos Estados Unidos, Megan Rapinoe.

    A bola de ouro em 2019 e principal líder do futebol feminino mundial vai disputar sua última Copa do Mundo na Austrália e Nova Zelândia e pretende encerrar a carreira no fim do ano. Rapinoe, conhecida por declarações fortes e contundentes em prol das mulheres, já chegou a dizer que seria egoísmo de sua parte não lutar por igualdade e respeito tendo tantos holofotes à disposição.

    Fica evidente, portanto, que há no ambiente do futebol feminino uma maior aceitação do que na mesma modalidade masculina e que o espaço para que se promova o respeito e não haja medo cresceu em relação ao último mundial. No geral, de acordo com levantamento da Reuters, as modalidades femininas têm mais atletas assumidas do que as masculinas.

    Quem é a namorada de Pri Daroit?

    Uma polêmica envolvendo o ponteiro da Seleção Brasileira de Vôlei, Henrique Honorato, a ponteira Priscila Daroit, também da Seleção, e a ginasta Alice Gomes, namorada de Honorato e atleta da equipe brasileira, movimentou as redes sociais neste fim de semana.

    Quais são as jogadoras de volei que são casadas?

    As jogadoras de vôlei Ana Carolina e Anne Buijs se casaram ontem em Uberlândia, Minas Gerais. A brasileira e a holandesa estão juntas desde 2016 e jogam no Praia Clube (MG) — além do clube, Ana é central da seleção brasileira, enquanto Anne é capitã da seleção holandesa.

    Quanto tempo Sheila Mello ficou com Xuxa?

    Modelo Sheila Mello abriu o coração nas redes sociais Por lá, a dançarina relembrou sua separação de Fernando Scherer, o Xuxa. Os dois ficaram juntos por oito anos e são pais de Brenda, de 10 anos.

    Quem é namorado da Mari?

    Nesta quarta-feira (15), Mari Matarazzo assumiu o romance com Yuri Martins. A influenciadora postou uma foto em clima de romance com o DJ. Na web, já havia surgido boatos de um possível romance entre os dois, mas eles ainda não tinham aparecido juntos oficialmente. Mari se declarou ao novo namorado no Instagram.

    Quem é a namorada de Sheila Castro?

    Vida Pessoal – Em 20 de Abril de 2013 casou-se com Brenno Blassioli, um ex-jogador e técnico de basquete do Esporte Clube Pinheiros, No dia 05 de novembro de 2018, nasceram suas filhas gêmeas Liz e Ninna. Em 2021, o casal se separou.

    Quantos filhos tem a caminhoneira Sheila?

    Mãe de 5 filhos e caminhoneira.

    Qual é o maior clube do Chile?

    O Colo-Colo também é o maior campeão do campeonato nacional, com 29 títulos. Os clubes que se seguem em número de títulos são a Universidad de Chile com 13 títulos, a Universidad Católica com dez, o Cobreloa com oito, a Unión Española com seis, além de outros nove clubes já campeões chilenos pelo menos uma vez.

    Qual o time de maior torcida no Chile?

    Em pesquisa da empresa Gfk Adimark, divulgada em 2017, a torcida do Colo-Colo apareceu firme como a maior do Chile, com 42% de preferência. Universidad de Chile, com 21%, é a segunda. Em terceiro, vem a Universidad Católica. Apenas 19% da população diz não torcert para equipe alguma.

    Qual foi o melhor jogador do Chile?

    Santiago do Chile, 30 out (Prensa Latina) O futebolista chileno Arturo Vidal é hoje o jogador mais condecorado da história do futebol nacional, com um total de 25 títulos na sua longa carreira profissional dentro e fora do país sul-americano. Também conhecido como “Rei Arturo”, o atleta começou a sua viagem com a popular equipa Colo Colo, aliás também a mais bem sucedida nos torneios locais, com 33 troféus.

    Jogando por “El Cacique”, Vidal levantou três taças correspondentes aos campeonatos de abertura e encerramento em 2006 e o de abertura um ano mais tarde. De lá viajou para a Europa onde se juntou ao Bayer Leverkusen da Alemanha, o único com o qual não ganhou nenhum título, mas foi o preâmbulo de uma série de sucessos com sete campeonatos da Liga A, Copa e Supercopa da Itália com a Juventus.

    Com esse recorde, regressou à Alemanha para se juntar ao Bayern de Munique, onde ganhou a Bundesliga três vezes, a Supercopa duas vezes e a Copa uma vez com o clube da Baviera. Entretanto, foi coroado campeão com a equipa nacional chilena na Copa América de 2015 e na Copa América Centenário de 2016.

    A rota de sucesso continuou no Barcelona, com quem celebrou uma Supercopa em 2018 e o torneio espanhol La Liga no ano seguinte.2022 é um ano generoso para o Vidal com a Copa e Recopa da Itália e pelas mãos da Inter de Milão, a Copa do Brasil com o Flamengo e, finalmente, a Taça Libertadores com o Flamengo, que ganhou ontem ao vencer o Atlético Paranaense pela diferença mínima.

    Desta forma, “Rei Arturo” está à frente dos seus compatriotas Claudio Bravo, com 22 troféus, Aléxis Sánchez (19), Eduardo Vilches (18), e Jaime Pizarro (17). oda/car/eam

    Qual é a namorada da Carol Gattaz?

    Carol Gattaz sobre casamento com jogadora: “queremos viver a vida normal” Um tema delicado e cuja exposição exagerada poderia gerar mágoas. Esse foi um dos motivos pelos quais Carol Gattaz, ex-central da seleção brasileira feminina de vôlei, sempre evitou falar sobre o namoro com a também jogadora Ariele.

    Agora, o receio deu lugar a uma segurança maior após recepção positiva das pessoas, e Gattaz resolveu se abrir sobre o que vivenciou nos últimos dois anos e como tem ajudado outras pessoas.A relação com a companheira de profissão que joga no time de Zé Roberto Guimarães (ainda sem nome e patrocinador) se tornou uma união estável há um ano.

    Apesar de evitarem entrevistas sobre a união, as postagens em redes sociais sempre foram constantes. Gattaz admite que teve medo de que uma repercussão exagerada atrapalhasse também a vida pessoal e profissional da dupla. Mas não foi assim, e terem sido procuradas por outras pessoas em situação semelhante, de certa forma, até ajudou a decidir falar sobre o tema para deixa-lo mais natural entre as pessoas.

    • Queríamos preservar nossas famílias e não falar muito sobre o tema.
    • Não queria dar entrevistas e nem que isso atrapalhasse outras áreas da nossa carreira.
    • Por mais que todo mundo já soubesse faz tempo, não queríamos falar sobre.
    • Lógico, a gente não sabe o que falam por trás, existem as pessoas maldosas, invejosas e preconceituosas.

    Mas até hoje a gente só viu coisa positiva. Foi isso, mais por não querer prejudicar outras áreas da nossa carreira”, falou em entrevista ao UOL Esporte, “A gente assumindo, levando naturalmente o relacionamento, pode fazer com que mais pessoas assumam (relacionamentos homossexuais). Em Qual CompetiO A Sheilla Castro Participa Principalmente As duas moravam juntas em Minas antes de Ariele ir jogar em Barueri Imagem: Acervo Pessoal A intenção de Gattaz é que o tema seja visto com a maior naturalidade possível. E adianta que não tem como objetivo ser bandeira de nenhum movimento ou causa. “Levo isso na maior naturalidade como deve ser, tem de ser natural.

    Faço qualquer coisa que todo mundo faz, como qualquer casal. Ninguém precisa ficar levantando bandeira, a gente não quer levantar bandeira. Quer que seja natural. As pessoas querem que a gente fale porque existe muito preconceito. É uma coisa que a gente não precisa sair falando: ‘sou homossexual, hétero’.

    A gente se gosta, as pessoas têm de respeitar e tem de saber que o que importa é estar com quem a gente gosta. Eu faço isso mais pela minha vida. Queria apenas se tornasse natural” declarou.Ao contrário do que aconteceu com Michael, vítima de gritos homofóbicos em um jogo da Superliga de 2011, Carol fala que nunca teve de encarar situações de tipo.

    A central até elogia o carinho que ela e Ariele recebem do público. “Preconceito nunca temi, sabemos que pode haver preconceito, ainda bem que até hoje, todas as formas que as pessoas se relacionaram conosco foram as melhores.” Antes de ir para Barueri, Ariele era jogadora das categorias de base do Minas, mesmo clube de Carol, mas não teve seu contrato renovado.

    As duas jogadoras moravam juntas até o início do ano quando a atleta veio para o estado de São Paulo. Carol Gattaz conquistou cinco títulos de Grand Prix pela seleção brasileira e bateu na trave de uma Olimpíada, ao quase participar em 2008, sendo cortada antes da lista final.

    Quem é o namorado da Claudinha do vôlei?

    Amor de Praia ❤: campeã da Superliga, Claudinha se casa com Pixote, ala do futsal do time mineiro 1 de 8 Claudinha e Pixote se casaram em Uberlândia — Foto: Redes Sociais/Reprodução Claudinha e Pixote se casaram em Uberlândia — Foto: Redes Sociais/Reprodução Claudinha e Pixote podem dizer que vivem amor de praia,

    1. Ambos defendem o Praia Clube: ela campeã da Superliga e Sul-Americana como levantadora; ele, ala do time de futsal e um dos principais jogadores do time na Liga Nacional,
    2. Se conhecem há muito tempo, mas começaram a namorar no time mineiro.
    3. O amor engrenou em Uberlândia e terminou no altar,
    4. Os dois se casaram na cidade do Triângulo Mineiro, no último sábado, dia 22, e a cerimônia teve a presença de atletas dos dois times.

    No mesmo dia, outra jogadora do Praia Clube também subiu ao altar: a oposta Tainara se casou com o ponteiro Lucas Tcho Tcho, que disputou a última Superliga masculina pelo Guarulhos. A cerimônia foi em Teófilo Otoni, no nordeste de Minas Gerais. Claudinha e Tainara são duas das atletas do elenco campeão do Praia Clube que foram mantidas para a próxima temporada.

    Quem é a namorada de Paola Egonu?

    Beijo entre jogadoras de vôlei na final da Supercopa da Itália ganha destaque A final da Supercopa da Itália de vôlei, no sábado, ganhou repercussão nacional por causa de um beijo entre duas jogadoras na lateral da quadra. A equipe Agil de Novara tem como principal atleta a italiana Paola Egonu que, mesmo marcando 30 pontos, não ajudou o time a conquistar o título diante do Conegliano – o time perdeu por 3 sets a 1.

    Como consolo, ganhou um beijo carinhoso da namorada, a polonesa Katarzyna Skorupa. A cena foi captada pelo jornal “La Gazzetta dello Sport” e foi parar na capa da publicação, o que se tornou viral na Itália. As duas atletas jogaram juntas por duas temporadas no Agil de Novara, até o ano passado, quando Skorupa saiu.

    A diferença de idade entre as duas é grande, de 15 anos, já que a italiana tem apenas 19 anos e a polonesa 34. Em recente entrevista ao jornal “Corriere della Sera”, Paola Egonu revelou que era homossexual. A jovem, que é negra e filha de pais nigerianos, já enfrentra o preconceito por racial, mas se mostrou forte ao assumir sua opção sexual publicamente.

    Qual é o esporte mais praticado no Chile?

    O futebol é o principal desporto e mais praticado no país. Entretanto o desporto de maior sucesso internacional é o ténis. O rodeio chileno é um desporto nacional e o segundo mais praticado do país.

    Quantas vezes o Chile participou da Copa do Mundo?

    História – O primeiro jogo da história da “La Roja” foi em 1910, contra a Seleção Argentina, onde perdeu por 3 a 1. O time ficou dezessete anos sem vitórias, até a goleada de 7 a 1 contra a estreante Seleção Boliviana na Copa América,

    Copa do Mundo

    O Chile já participou de nove Copas, sendo a primeira em 1930, quando ficou em 2º lugar de seu grupo; como só o 1º se classificava, o Chile foi pra casa mais cedo. Voltou a participar em 1950 e novamente não passou da 1ª fase. Ficou algumas edições sem participar e voltou em 1962, quando sediou o torneio.

    • Foi a melhor participação da seleção em Copas do Mundo, terminando em 3º lugar, após vencer a Iugoslávia por 1 a 0 na disputa do 3º Lugar.
    • Em 1966 o Chile não passou da 1ª fase, assim como em 1974, quando o país voltou a Copa.
    • Em 1982 novamente não passou da 1ª fase.
    • Em 1986 não conquistou vaga.
    • Já entre 1990 e 1994, o Chile foi barrado de participar das disputas de Copa do Mundo pela FIFA.

    Foi resultado de um incidente durante um jogo das Eliminatórias para a Copa de 90 contra o Brasil, quando o goleiro chileno Roberto Rojas fingiu estar seriamente ferido por um rojão jogado pela torcida brasileira, para forçar um abandono da partida.

    O Brasil ganhava o jogo por 1 a 0 com 23 minutos restantes de jogo e uma derrota eliminaria o Chile da disputa. Esperando um novo jogo, os oficiais chilenos e a equipe médica escoltaram os jogadores para fora do campo. Após estudar o vídeo do jogo, a FIFA entendeu que o rojão não havia acertado Rojas e o evento todo foi uma encenação da equipe chilena.

    Rojas foi banido para sempre do futebol, o Brasil ficou com o resultado de 2 a 0 e a Seleção Chilena foi impedida de disputar partidas oficiais por cinco anos. Voltou em 1998, ficando pelas oitavas de final, após perder para o Brasil. Não se classificou para as Copas de 2002 e 2006 e voltou em 2010, ficando novamente nas oitavas, perdendo novamente para o Brasil.

    Copa América

    Na Copa América o Chile possui dois títulos, sendo que faturou o seu primeiro caneco em 2015 nos pênaltis, contra a Argentina; em 2016 venceu a Copa América Centenário novamente nos pênaltis diante da Argentina, conquistando o seu segundo título. Anteriormente seus melhores resultados haviam sido quatro vice campeonatos em 1955, 1956, 1979 e 1987,

    Copa das Confederações

    Devido ao título da Copa América conquistado em 2015, a Seleção Chilena classificou-se para disputar a Copa das Confederações de 2017, na Rússia, O Chile conseguiu chegar à final, mas perdeu para a Alemanha por 1 a 0.

    Olimpíadas

    O Chile participou pela primeira vez em 1984, sendo eliminado pela Itália nas quartas de final. Voltou em 2000, quando levou a medalha de bronze, batendo os Estados Unidos por 2 a 0. Em 2015, a Seleção Sub-20 disputou o Campeonato Sul-Americano e não conseguiu vaga para os Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil.

    Jogos Pan-Americanos

    Nos Jogos Pan-Americanos obteve uma medalha de prata em 1987 e duas medalhas de bronze em 1951 e 1963,

    Campeonato Mundial Sub-20

    No Campeonato Mundial Sub-20 de 1987 obteve o 4º lugar, enquanto no Campeonato Mundial Sub-20 de 2007 conseguiu uma inédita 3ª colocação. Outro feito foi em 2009, quando venceu pela primeira vez o Torneio Internacional de Toulon tendo sido, inclusive, campeão invicto.

    Qual o maior campeão chileno?

    O Colo-Colo também é o maior campeão do campeonato nacional, com 29 títulos. Os clubes que se seguem em número de títulos são a Universidad de Chile com 13 títulos, a Universidad Católica com dez, o Cobreloa com oito, a Unión Española com seis, além de outros nove clubes já campeões chilenos pelo menos uma vez.

    Porque o Chile não está na Copa?

    Fifa decidiu que jogador Byron Castillo não atuou de forma irregular e confirmou Equador na Copa do Qatar – O Equador está confirmado na Copa do Mundo 2022 ! Nesta sexta-feira (16), o Comitê de Apelações da Fifa comunicou que rejeitou o recurso da seleção do Chile e ratificou que os equatorianos disputarão o Mundial do Qatar – os chilenos entrarão com recurso na CAS (Corte Arbitral do Esporte) para tentar reverter,

    O Chile entrou com pedido de desclassificação da seleção sul-americana pela suposta atuação irregular do lateral Byron Castillo durante as eliminatórias. De acordo com a Roja, Castillo é colombiano de nascimento e teria jogado pela equipe tricolor usando um passaporte falso. Em sua investigação, porém, a Fifa considerou que não houve irregularidades.

    “Entre outras considerações, foi verificado que, com base nos documentos analisados, o jogador pode ser considerado como portador permanente de nacionalidade equatoriana”, escreveu a entidade que rege o futebol mundial. Com isso, a abertura da Copa-2022 segue sendo Qatar x Equador, no dia 20 de novembro.